Intocáveis conquista o público na abertura do Festival Varilux de Cinema Francês

De AdoroCinema ▪ sexta-feira, 17 de agosto de 2012 - 15h06

Filme é o segundo mais visto na história do cinema francês.

por Francisco Russo

A comunidade francesa no Rio de Janeiro esteve reunida na noite de ontem para celebrar a abertura do Festival Varilux de Cinema Francês. No palco, os agradecimentos dos organizadores e a palavra de patrocinadores e colaboradores. Na tela, um dos maiores sucessos na história do cinema francês: a comédia Intocáveis (foto abaixo).


Foto - FILM - Intouchables : 182745
Dirigido pela dupla Eric Toledano e Olivier Nakache, Intocáveis traz a insólita parceria formada pelo tetraplégico Philippe (François Cluzet) e Driss (Omar Sy), contratado para cuidá-lo. Sem qualquer preparo para a função, Driss acaba conquistando Philippe justamente por vir de um mundo completamente diferente e não tratá-lo como um pobre coitado. O filme foi visto por 17 milhões de espectadores na França, assumindo o posto de segundo maior público do cinema local (a liderança permanece com A Riviera Não É Aqui) e com uma refilmagem americana já encaminhada.

Com estreia no circuito nacional brasileiro para o próximo dia 31, Intocáveis foi selecionado para abrir o Festival Varilux de Cinema Francês justamente por seu retrospecto nas bilheterias francesas. Se depender da repercussão do público de ontem, o sucesso por aqui está bem encaminhado. Foram várias as gargalhadas provocadas pelo humor politicamente incorreto da dupla, cujos integrantes vivem provocando um ao outro e, é claro, aprendem bastante com este convívio.


O Festival Varilux de Cinema Francês começa hoje para o público em geral. Até o próximo dia 23 serão exibidos 17 filmes em mais de 30 cidades brasileiras. Confira abaixo a relação completa!

Quais filmes?

- Aqui Embaixo (Ici-bas), de Jean-Pierre Denis
- Americano (Americano), de Mathieu Demy
- O Monge (Le Mointe), de Dominik Moll
- Polissia (Polissia), de Maïwenn
- My Way, o Mito Além da Música (Cloclo), de Florent Emilio Siri
- Paris-Manhattan (Paris-Manhattan), de Sophie Lellouche
- O Barco da Esperança (La Pirogue), de Moussa Toure
- E Agora, Aonde Vamos? (Et Maintenant On Va Où?), de Nadine Labaki
- Titeuf (Titeuf, le Film), de Zep
- A Arte de Amar (L'Art d'Aimer), de Emmanuel Mouret
- Intocáveis (Intouchable), de Eric Toledano e Olivier Nakache
- Uma Garrafa no Mar de Gaza (Une Bouteille à la Mer), de Thierry Binisti
- Adeus Berthe ou O Enterro da Vovó (Adieu Berthe ou l'enterrement de mémé), de Denis Podalydès
- Aliyah (Aliyah), de Elie Wajeman
- A Filha do Pai (La Fille du Puisatier), de Daniel Auteuil
- A Vida Vai Melhorar (Une Vie Meilleure), de Cédric Kahn
- Um Evento Feliz (Un Heureux Événement), de Rémi Bezançon

Onde ver?

Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Belém, Blumenau, Brasília, Campinas, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Goiânia, Indaiatuba, João Pessoa, Juiz de Fora, Londrina, Macaé, Maceió, Maringá, Natal, Nova Friburgo, Palmas, Porto Alegre, Recife, Resende, Santa Maria, São Luís, Santos, Salvador, Sorocaba, Teresópolis, Tubarão e Vitória
. A programação de cada cidade pode ser conferida no site oficial do evento.

Ver comentários

Comentários