Meu AdoroCinema
  • Meus amigos
  • Meus cinemas
  • Notas Express
  • Minha coleção
  • Minha conta
  • Promoções
  • Desconectar
Alien 3
Média
3,7
214 notas e 20 críticas
5% (1 crítica)
20% (4 críticas)
40% (8 críticas)
15% (3 críticas)
15% (3 críticas)
5% (1 crítica)
Você assistiu Alien 3 ?

20 críticas do leitor

Lucas M
Lucas M

Segui-los 9 seguidores Ler as 63 críticas deles

1,5
Enviada em 19/10/15
enfraqueceu demais o terceiro alien, a Sigourney reaver atua bem. os efeitos usados no alien estão péssimos. da pra ver que é uma cena de computador muito mal feita.
Rommelzito
Rommelzito

Segui-los Ler as 2 críticas deles

3,0
Enviada em 14/09/11
...na minha visão desse filme ele retrata um grande terror psicológico como no primeiro, imaginem o terror de ficar em um planeta prisão com os piores foras da lei e um alien assassino. Realmente ele peca muito nos efeitos especiais, eu recomendo a versão do diretor que conta com 58min a mais de cenas inéditas e com um desenrolar surpreendente já que várias cenas foram mudadas do original.
Paolo De Corleone
Paolo De Corleone

Segui-los 4 seguidores Ler as 41 críticas deles

3,5
Enviada em 24/12/14
David Fincher! Para quem não sabia que esse era o primeiro filme do diretor, acaba levando um susto quando o seu nome aparece na tela de início. Ainda assim, é o primeiro, e talvez por isso que ele não se iguala a seus outros filmes futuros. "Alien 3" é nada mais, nada menos, do que uma forma de tentar encerrar a série com uma trilogia (o que infelizmente não deu certo, levando em conta que temos "Alien: A Ressurreição"). Para isso, a história tentou mudar, tentou inovar, mas nada de muito empolgante realmente acontece. E, com certeza, é a história o maior problema do filme. Não chega a ser ruim, e sem dúvida o seu conceito é muito interessante. De início, o filme já consegue ser mais pesado que todos os outros (e de certa maneira, o que mais o tornou-os inúteis). A história, então, tenta inovar, trazendo a protagonista Ripley (Sigourney Weaver) para uma espécie de cadeia, com estupradores e assassinos. Se isso não bastasse, a presença do Alien também marca presença (algo que já havíamos esperado desde o final do 2° filme). A partir daí, muitas semelhanças com relação ao primeiro filme serão mostradas, mas o único Alien (sim, voltamos a ter apenas 1 Alien, o que torna tudo um pouco mais assustador) não é tão marcante quanto do filme original. Provavelmente, essa característica se dá pelos péssimos (sim, péssimos) efeitos especiais do filme. Mesmo sendo de 1992, a CGI do Alien é bem ultrapassada para a época, tendo em vista que os efeitos do 2° filme eram superiores. As cenas dos corredores então, chega a doer os olhos... Em relação às atuações, o filme trás a mesma qualidade dos anteriores, ainda que os personagens sejam muito menos interessantes. Sigourney Weaver mostra, mais do que nunca, que é ícone feminino dos filmes de ação/aventura/sy-fy, pois está extremamente frenética. Charles Dance (o Tywin Lannister, de Game of Thrones) tem uma participação curta, mas talvez seja o personagem mais interessante depois de Ripley. No geral, "Alien 3" é um bom filme, mas inferior aos antecessores. Possuí uma história interessante, mas em que o desenrolar não é dos mais originais, sem contar na figura do Alien, surpreendentemente mau trabalhada tecnicamente. Ainda assim, trás boas atuações e um final bastante épico, que podia ter encerrado bem a trilogia.
Fernando S
Fernando S

Segui-los 38 seguidores Ler as 389 críticas deles

3,5
Enviada em 20/01/12
Um bom filme, sem dúvidas! O filme começa algumas semanas após o fim do segundo filme, com a tenente Ripley indo parar em um planeta que na verdade se tratava de uma colônia penal de segurança máxima que abrigava assassinos, molestadores, enfim, a escória da humanidade. Ripley e os demais tripulantes que sobreviveram no filme anterior ficaram vagando no espaço depois que o módulo em que estavam havia se desprendido da nave-mãe. Assim que pousam neste novo país, temos o primeiro choque: descobrimos que o Alien havia matado a todos os sobreviventes da nave, exceto Ripley por um motivo revelado posteriormente no filme. Já lá dentro complexo prisional, o Alien começa a matar todo mundo que entra em seu caminho e Ripley se alia aos prisioneiros para combater o monstro. Em relação aos demais filmes da franquia, este traz uma novidade em especial: diferentemente dos anteriores, o desafio aqui é matar o Alien sem o uso de armas tão utilizadas anteriormente. Porém o clima de suspense está lá, assim como o terror, mas em menor intensidade, com menos força. Para nós que acompanhamos o fantástico filme anterior de James Cameron, como já foi dito, ficamos tristes ao saber das mortes logo no início do filme dos demais tripulantes, especialmente a da garotinha Newt que havia encontrado na tenente Ripley uma mãe substituta e cativou a todos os espectadores anteriormente. Ripley mais uma vez está sozinha à princípio e passa novamente pelo medo de um novo confrontamento com a criatura. Nessa estréia em longas do diretor David Fincher, a quem sou fá incondicional, o filme traz novamente um visual sombrio, escuro e Fincher sabe criar um bom clima de suspense que aliado à boa trilha sonora, consegue prender a atenção. Ele não consegue o mesmo êxito na criação do mistério, no isolamento e no terror causado pelo primeiro filme e também não atinge o nível de suspense e cenas antológicas de ação em meio ao caos presentes no segundo filme de James Cameron. Apesar disso, é um bom filme em que ficamos sabendo o destino dos personagens do filme anterior e apesar de em menor escala, traz suspense, ação e um final até surpreendente e inesperado. Apesar de não manter o mesmo nível dos anteriores, está longe de ser um filme ruim. Na questão técnica, o roteiro é o ponto mais fraco do longa pois não apresenta reviravoltas e menos ainda cenas espetaculares e sequências clássicas como vimos nos anteriores da franquia. O que vemos é uma excelente maquiagem, boa direção de arte e fotografia e ótimois efeitos especias, não é à toa que recebeu uma indicação ao Oscar. O filme mantém as características da franquia e consegue desenvolver uma boa história, mas fica difícil superar o original que é um clássico do cinema, assim como o também clássico, espetacular e praticamente insuperável filme da série realizado por James Cameron. De qualquer maneira merece ser visto, era o início da brilhante carreita de David Fincher que já dava sinais de genialidade com suas movimentações de câmera e enquadramentos diferenciados. Não percam!
Arthur
Arthur

Segui-los Ler as 62 críticas deles

4,0
Enviada em 09/02/11
Olha não tão bom quanto os anteriores, porem consegue ser muito gostoso de ver e rever, pois, leva o filme a uma sequência em quê lembra algo do primeiro, como por exemplo, um Alien somente na trama e climas sombrios. Vale sim, ver esse filme e mais digo a direção é muito boa tambem e o roteiro ajuda bastante.
Luciano Maia
Luciano Maia

Segui-los 1 seguidor Ler as 8 críticas deles

1,5
Enviada em 12/07/10
Primeiramente gostaria de saber que escreveu essa sinopse. Terrível!!! Quanto ao filme os produtores tentaram resgatar a idéia do primeiro quando um único Alien detona a galera. Nao deixa de ser um bom filme, mas nem se compara com os outros.
Alexandre C.
Alexandre C.

Segui-los 3 seguidores Ler as 503 críticas deles

3,5
Enviada em 11/05/19
Realmente nesse 3° filme não ficou tao bom quanto os anteriores, os efeitos ficaram bem abaixo, mas ainda é um bom filme, afinal temos a tenente Ripley e os Aliens no elenco.
Carlos Henrique S.
Carlos Henrique S.

Segui-los 3 seguidores Ler as 316 críticas deles

2,5
Enviada em 30/03/19
Desde sempre temos diversos exemplos que provam que não adianta ter bons filmes e sim que lucrem as empresas,assim pensam as produtoras que pouco se lixam para bons filmes e na maioria dos casos não tem o mínimo interesse em entregar um bom produto,e após o enorme sucesso de Alien 1 e 2 ambos dirigidos por ótimos diretores enfim 4 anos depois teríamos o fim de uma trilogia e a empresa optou por chamar um novato,David Fincher assumiu a direção e ao longo do tempo se mostrou um bom diretor mas seu inicio não foi dos melhores pois em Alien 3 o que vemos é apenas uma tentativa fracassada de terminar uma trilogia sem muito a dizer.O maior problemas não são só os pífios efeitos visuais que são dignos de risos e sim o roteiro que muitas vezes colocam a protagonista perdida em um clarão sem idéias que põe-se a mostrar a personagem em um planeta distópico e que só existe presença de homens que não convence em momento algum.Em um ou outro momento o diretor tenta sim fazer um filme bastante violento mas a censura da época cortou bastante e meio que até ficou violento mas nitidamente picotado,outro fator negativo é o uso de efeitos digitais que são horrorosos e dignos de riso mas quando tem o uso dos robôs funcionam bem.E mesmo no meio de tudo isso a Sigourney Weaver ainda se esforça para entregar algo que no roteiro é totalmente perdido em ideias.
Vini S.
Vini S.

Segui-los 3 seguidores Ler as 93 críticas deles

3,5
Enviada em 07/12/17
nao da pra dizer q esse eh o pior q seus antecessores, eh bom, so nao eh tão bom quanto os filmes anteriores, vale lembrar q na epoca qse ridley scott desistiu de faze-lo, mas eh estranho como fizeram da ripley como um pedaço de carne a colocando em um ambiente desagradavel, no meio de tais pessoas com mente criminosa e interesses, mas do mesmo modo, outro bom filme
Drih S.
Drih S.

Segui-los 22 seguidores Ler as 281 críticas deles

4,0
Enviada em 06/08/17
Alien 3 foi lançado em 1992, 6 anos após O Resgate. Os dois primeiros filmes da franquia foram muito bem dirigido por Ridley Scott e James Cameron, dessa vez o terceiro capítulo da saga estava nas mãos do estreante (na época) David Fincher. Não vou dizer que Alien 3 é ruim, ou o pior da franquia, mas é notável a grande diferença dos dois filmes anteriores, até porque na minha opinião: Alien - o Oitavo Passageiro e Aliens - O Resgate são pérolas, verdadeiras obras-primas. É difícil dizer qual foram os verdadeiros motivos que deixaram Alien 3 tão abaixo dos seus antecessores. Grande parte da culpa estão nos roteiristas, que não escreveram bem os personagens, a própria FOX, o próprio David Fincher, que começava a galgar na cinematografia....enfim, podem ter sido vários motivos. Quando eu assisti Alien - o Oitavo Passageiro de 1979 e Aliens - O Resgate de 1986, eu fiquei totalmente impressionado e impactado na época (principalmente por ser uma criança), agora resolvi fazer a maratona Alien e assistir novamente um por um. Hoje com uma visão mais ampla, posso observar como foi a criação e continuidade dessa franquia, na qual sou fã até os dias atuais. Alien 3 é um bom filme, nada comparado as duas primeiras maravilhas cinematográficas, o longa tem seus defeitos, mas consegue agradar. Acho que Alien 3 peca muito no roteiro, meio forçado demais, com alguns furos. Não traz nenhuma inovação, pelo contrário, se retrocede e meio que parece um remake do Oitavo Passageiro, onde tínhamos o despertar do Xenomorfo e a fuga pela sobrevivência. Me parece um filme preguiçoso, onde não buscaram à fundo um enredo coeso, uma história impactante (como foi nos primeiros), decidiram não inovar e contar a mesma história, mas com um ambiente e personagens diferentes (mesmo com os acontecimentos envolvendo a Tenente Ripley). Até os efeitos especiais não me pareceu tão convincente (como no próprio Alien), e olha que estamos falando de um filme de 1992, quando à evolução de 1979 e 1986 deveria ser bem notada. Ainda assim o longa conseguiu indicações ao OSCAR e ao BAFTA de 1993 na categoria Efeitos Especias. Porém, o longa consegue agradar nos quesitos atípicos de um filme do Alien, como o ambiente que se cria com a presença da criatura, o clima sombrio envolto no medo e na agonia. É onde o filme consegue acertar e prender à atenção do espectador, demostrando o terror e o pânico por parte dos presentes ao local, e nisso o filme é magnífico, como no último ato, onde somos confrontados com a luta contra o Alien e a corrida pela sobrevivência. Gostei das mortes causadas pelo Xenomorfo, achei bem sangrentas e bem violentas, com muito sangue escorrendo pela tela, digno de um filme da proporção do Alien. A toda poderosa Sigourney Weaver é a melhor parte do filme e que definitivamente salva Alien 3. A Tenente Ellen Ripley ficou apagada após o embate com a Rainha ao final do Aliens - O Resgate, sendo despertada em um planeta que serve de segurança máxima e seus habitantes são assassinos que estão cumprindo pena. No local não existem armas, ficando ainda mais interessante o embate com a criatura. Sigourney é a grande destaque desse terceiro filme, mais uma vez com uma grande atuação, não chega ser tão grandiosa como foi em Aliens - O Resgate, onde ela conseguiu uma indicação a Melhor Atriz, mas se tratando de Ellen Ripley e Alien, Sigourney sempre reina com maestria. A cena clássica da encarada do Alien na Tenente Ripley lado a lado é histórica (digna de uma tatuagem.....rsrsrsrsrsrs). Tivemos alguns destaques por parte dos coadjuvantes, com foi o caso de Charles Dance, que interpretou o personagem Clemens, um ser enigmático que conseguiu conquistar a atenção de Ripley. Charles S. Dutton esteve muito bem como Dillon, conseguindo uma atenção maior nas cenas finais. Tivemos a volta de Bishop, vivido por Lance Henriksen, uma grata surpresa. Paul McGann teve uma boa atuação como Golic, um personagem doentio e desprezível, que se mostrou muito interessante na trama. No mais: Alien 3 conseguiu dar continuidade a franquia, com erros e acertos, mas resultou em um bom filme. spoiler: Assisti a versão estendida, e no que me consta, Alien 3 possui dois finais alternativos (ou um que usaram e outro que decidiram cortar). Um que mostra a Tenente Ripley se sacrificando ao final, se jogando dentro da caldeira e caindo lentamente. Outro que também mostra a mesma cena, porém com o Alien estourando a barriga de Ripley e ela o segurando e juntos caindo na caldeira. Duas versões muito interessante e impactante pra época!!!
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top