Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Memórias de um homem invisível
    Memórias de um homem invisível
    Data de lançamento desconhecida / 1h 39min / Comédia , Romance, Ficção científica
    Direção: John Carpenter
    Elenco: Chevy Chase, Daryl Hannah, Sam Neill
    Nacionalidades França, EUA
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    O especialista da bolsa de valores Nick Halloway (Chevy Chase) vai participar de um seminário em um laboratório, só que como ele está numa terrível ressaca acaba adormecendo no banheiro, e sofrendo as consequências de um bizarro acidente nuclear. Ele e todo o prédio do laboratório ficam invisíveis. Enquanto tenta se adaptar a sua nova realidade, ele é perseguido por um agente traiçoeiro da CIA, que pretende usá-lo como arma de guerra. Para sua sorte, ele também conhece uma linda garota chamada Alice Monroe (Daryl Hannah), que vai tentar ajudá-lo.
    Título original

    Memoirs of an Invisible Man

    Distribuidor -
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 1992
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 5 curiosidades
    Orçamento US$ 40 000 000
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -
    Pela web

    Elenco

    Chevy Chase
    Personagem : Nick Halloway
    Daryl Hannah
    Personagem : Alice Monroe
    Sam Neill
    Personagem : Agent David Jenkins
    Stephen Tobolowsky
    Personagem : Warren Singleton
    Ficha completa

    Fotos

    Curiosidades das filmagens

    A escolha do compositor

    O compositor Jack Nitzsche, que já havia trabalhado com Carpenter em Starman - O Homem das Estrelas, foi a primeira escolha do diretor, mas ele não estava disponível. O produtor Chevy Chase se lembrou de ter visto Shirley Walker conduzir uma orquestra na época de Férias Frustradas de Natal, então ele sugeriu que Walker fosse a compositora do filme.

    Trilha sonora feminina

    Esse filme foi a primeira grande produção de Hollywood que teve toda sua trilha sonora escrita por uma mulher, pela compositora Shirley Walker.

    O primeiro roteirista

    William Goldman originalmente escreveu diversos rascunhos do roteiro, sendo que todos eles foram rejeitados, uma vez que William os escreveu como uma simples comédia. Os produtores queriam algo que "explorasse a solidão da invisibilidade". No final, ele deixou o projeto, mas ainda assim recebeu créditos pelo roteiro. Ele disse nunca ter visto o filme, e deste modo nunca declarou, ou nunca soube, quanto do seu material está ou não no filme.
    5 curiosidades

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top