Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Dr. Fantástico
    Média
    4,3
    337 notas e 77 críticas
    distribuição de 77 críticas por nota
    27 críticas
    33 críticas
    10 críticas
    5 críticas
    1 crítica
    1 crítica
    Você assistiu Dr. Fantástico ?

    77 críticas do leitor

    Mateus F.
    Mateus F.

    Segui-los 24 seguidores Ler as 77 críticas deles

    5,0
    Enviada em 21 de setembro de 2013
    Ahhh, o humor negro e inteligente.. Uma comédia em plena Guerra Fria sobre.. Guerra Fria. Um ex-nazista (praticamente) ajudando os americanos. Uma música sobre a morte no final do filme enquanto explode uma bomba atômica. Um general enlouquecido que achar que o Flúor contido na água está controlando os americanos. Uma cena de bombardeios, mortes, tiros e tudo o que não é moralmente possível enquanto uma placa mostra um aviso "PAZ É NOSSA PROFISSÃO." É isso mesmo? Sim, é isso mesmo. Uma das maiores comédias já produzidas e só poderia ser por quem? Peter Sellers e Stanley Kubrick. Que não era ainda um grande gênio, mas sabia fazer um grandioso, criativo e divertido filme. No mais, um filme muito antigo, mas tão atual. Aviso: Comédia inteligente demais. Então não reclame se não entender, não é Zorra Total ou filmes da Rede Globo às 3 e meia da tarde.
    Marcio S.
    Marcio S.

    Segui-los 51 seguidores Ler as 126 críticas deles

    5,0
    Enviada em 9 de junho de 2013
    Kubrick tem uma filmografia de filmes de gênero. Transitou por vários gêneros deixando em cada um sua contribuição. Em Dr. Fantástico temos um exemplo do gênero comédia em que você não ri de chorar, mas que no mínimo nos deixa com um sorriso no rosto o tempo todo. Ele aborda um tema sério com humor. Um tema que até condiz com uma realidade vivida hoje em que um único homem pode levar o mundo a uma guerra. Se pensarmos, que para termos uma guerra, basta um louco ser um dirigente de um país ou que o militarismo consiga convencer seu dirigente a entrar em guerra. Neste filme Kubrick, diga-se de passagem, um dos melhores cineastas de todos os tempos, realiza com muito humor, este filme em que um general louco chamado Jack D Ripper (Sterling Hayden), nome que lembra Jack o Estripador, na época da Guerra Fria aciona um esquadrão de aviões B-52 que sobrevoam vinte e quatro horas áreas próximas a União Soviética autorizando-os a atacar com armas nucleares. No elenco ainda temos George C. Scott como Gen. Tergnison um general que sabendo da iminência da guerra fica, digamos, um pouco empolgado. Ele junto com o alto escalão de militares se junta ao presidente Merkin Muffley (Peter Sellers) na sala de guerra do Pentágono para decidirem o que fazer. Paralelo a isso Kubrick nos mostra a preparação de um dos aviões para o ataque. Kubrick teve a idéia de adaptar o livro de ficção Alerta Vermelho de Peter George, porém preferiu pegar a premissa do livro e transformá-lo em algo mais cômico, deixando o tema mais leve. As interpretações aqui estão muito boas. A de Peter Sellers é sensacional. Ele da vida a três personagens e nos consegue mostrar cada um de forma brilhante. Ele é o presidente, ele da vida a um capitão que fica preso dentro de uma sala trancada com o general louco e ao Dr. Fantástico, um louco, aleijado, demente, nazista e que tem um problema no braço direito que é engraçadíssimo. Ele ainda ia interpretar o piloto do B-52, porém devido a ter quebrado o tornozelo não conseguiu. Ele rouba a cena e realiza umas das melhores interpretações que já vi. Kubrick injeta um teor sexual no filme. Logo no começo vemos duas aeronaves que parecem que estão realizando um ato sexual. O próprio subtítulo (Porque deixamos de nos preocupar e passamos a amar a bomba) tem a ver com a situação do desfecho do filme. Através de cenas consegue criticar, como no começo em que vemos cartazes que dizem “paz é nossa profissão” enquanto contraditoriamente estão realizando a guerra. Há cenas que é impossível não rirmos como a que o presidente diz para não brigarem, pois eles estão na Sala de Guerra. Outra cena é o presidente falando com o alcoolizado presidente russo. Gostaria de destacar também a trilha sonora. A música no desfecho do filme não poderia ser melhor. Enxergo uma semelhança desse filme com Glória Feita de Sangue que ele realizou, onde homens enfrentam a guerra em si e outros discutem ações a tomar em um lugar seguro. Só que neste, o diretor com um humor negro maravilhoso consegue abordar um possível fim de mundo de maneira bem humorada, porém sem deixar críticas de fora.
    anônimo
    Um visitante
    4,0
    Enviada em 31 de dezembro de 2016
    Stanley Kubrick,retornava as atividades,trazendo mais uma vez,o assunto da guerra em seus filmes.Veio com bastante humor negro em seu conteúdo,o que realmente valeu ainda mais a pena conferir aquela história.Os muitos personagens envolvidos em Dr.Fantástico são extremamente cativantes,e nos causa bons momentos de risadas.Indicados a quatro categorias no Oscar (Melhor Filme,Diretor,Ator e Roteiro Adaptado).Mais a mistura de comédia,ficção e guerra rendem um espetáculo a parte até o fim.★ ★ ★
    Carlos
    Carlos

    Segui-los 27 seguidores Ler as 117 críticas deles

    5,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    ...Filme muito inteligente como todos de Stanley Kubrick. Impressionante como esse diretor sempre faz obras que nos deixam a pensar e pensar, por horas depois de assistirmos, e às vezes por dias. Reflexões estas, que ele nos induz sobre a vida coletiva e social na terra e também íntimas e pessoais. E o mais interessante é que vemos as obras de Kubrick.....sempre há alguma idéia ou contexto que não entendemos na primeira vez que assistimos, demonstranto serem objetos de estudo permanente. Este filme Dr. Fantástico é um exemplo disso. E um filme muito corajoso, pois em pleno momento de tensão U.r.s.s. x Eua ele teve peito para filmar sobre o conflito de maneira explícita. E ao mesmo tempo, é uma obra que passa uma mensagem contra o ataque dos Eua. Pois se isso acontecesse, o mundo acabaria. É uma metáfora de medo. Quem começasse a guerra, destruiria o mundo, e certamente isso refletiu nas autoridades militares na época. Talvez até teria uma bomba como aquela, ou seria simples especulação..mas o certo é que podemos imaginar que supostamente, depois de analisar tais abstrações....Kubrick pode ter salvado a vida e a existência da Terra. Detalhe para a reunião com o membro do governo russo. Por certo Kubrick queria passar uma imagem de amizade entre Eua x U.r.s.s....coisa inimaginável e repudiada na época. Mas só com a união dos dois, a paz estaria sendo gerada, tanto que esta colaboração mútua quase resultou no fim dos ataques que estavam sendo articulados por parte dos Eua. Não fosse a sobrevivência dos tripulantes do avião que se salvou dos ataques. No fim o mundo se acaba, porém antes disso as nações inimigas por um momento alcançam um clímax de paz.
    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Segui-los 29221 seguidores Ler as 1 729 críticas deles

    4,0
    Enviada em 30 de maio de 2018
    Um grande clássico do gênero, mas não encheu meus olhos, faltou mas roteiro e mais emoção!!!! mas no olhar tecnico é incrível!!!
    Carlos Henrique S.
    Carlos Henrique S.

    Segui-los 4735 seguidores Ler as 799 críticas deles

    4,5
    Enviada em 13 de agosto de 2019
    Uma grande sátira dos tempos de guerra,mas ao olhar detalhista,sugestivo e gesticular do gênio Stanley Kubrick,Dr. Fantástico não é uma comédia tradicional,tem uma complexidade e um humor negro sutil e perspicaz que revolucionou o gênero.O longa é como de costume dos trabalhos do Kubrick,uma adaptação do livro "Alerta Vermelho" que conta a história de um general que perde a cabeça e ordena um ataque nuclear a União Soviética pois ele acredita que a água é sabotada pelos soldados vermelhos e assim quer que isso seja evitado,para parar o ataque o governo americano tem um problema,as comunicações são bloqueadas a não ser que tenham um código que só o general sabe e assim se instala um perigo de terceira guerra mundial e até a extinção da humanidade.O filme é escrito e dirigido pelo gênio Stanley Kubrick que conduz a história com maestria,o humor do filme não é escancarado e pode decepcionar os que esperam uma comédia de muitos risos.O trabalho a respeito dos vícios de guerra e até as críticas feitas ao governo são incrivelmente bem postas no enredo e se faz atual cada vez mais. Há de se destacar o elenco espetacular:Sterling Hayden tem umas teorias da conspiração sensacionais e as explica de maneira hilária e prova um lado psicótico de guerra,George C. Scott é o mais engraçado pelo menos nas gesticulações e tiques além de suas idéias e comentários de guerra mas o dono do filme é Peter Sellers que está perfeito,ele dá um show de versatilidade dos personagens e dá cara a cada um deles além da aula de atuação como personagem Dr Folamour.
    Alvaro S.
    Alvaro S.

    Segui-los 1132 seguidores Ler as 349 críticas deles

    4,0
    Enviada em 15 de outubro de 2015
    Uma sátira ácida sobre a indústria armamentista. Um general num momento de loucura ordena que caças ataquem a União Soviética com bombas atômicas, isolando todas as comunicações entre as aeronaves e o mundo exterior. O único que desconfia é o Capitão Lional (Peter Selles, indicado ao Oscar pelo papel), que vira seu prisioneiro. Utilizando a comédia como elemento narrativo, o filme toca em questões relevantes ainda nos dias de hoje, como os medos e as paranoias que uma possível guerra nuclear causaria no mundo. Tive a oportunidade de ver as maquetes da sala do pentágono, numa exposição dos filmes do Stanley Kubrick no MIS, onde boa parte da trama acontece e entender o gigantismo dos cenários construídos especialmente para a produção. Esse conhecimento elevou o nível de envolvimento com a história. É um filme obrigatório para amantes da sétima arte. Curiosidade. Indicado a 4 Oscars, Melhor Filme, Diretor, Ator e Roteiro Adaptado. Outra Curiosidade. Está em 49º lugar entre os 250 melhores filmes segundo o site IMDB. Nota do público: 8.5 (IMDB) Nota dos críticos: 99%(Rotten Tomatoes) Bilheterias EUA - $9,4 milhões Acesse o blog 365filmesem365dias.com.br para ler sobre outros filmes.
    cinetenisverde
    cinetenisverde

    Segui-los 15985 seguidores Ler as 1 122 críticas deles

    5,0
    Enviada em 16 de janeiro de 2017
    O absurdo das hierarquias e do sistema de proteção para decisões vitais para a paz mundial, junto como os militares são colocados no filme, irresponsáveis que parecem estar na corporação simplesmente pelo acaso da vida, parece ser a matéria-prima dessa excelente comédia de Stanley Kubrick (Laranja Mecânica, 2001). No entanto, não é por isso que o filme deixa de ser realista, e as cenas de combate, tanto no ar quanto na terra, são tão tensas quanto as conversas na cúpula do Pentágono.
    Kenny Smash
    Kenny Smash

    Segui-los 7 seguidores Ler as 100 críticas deles

    4,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Filmaço, acabei de ver e estou cada vez mais fã de Stanley Kubrick, o cara é Gênio e Corajoso por fazer esse filme na época que o medo da população por uma Guerra Nuclear era Grande, filme inteligente e Engraçado, Peter Sellers está ótimo e o George C. Scott também, Kubrick é mesmo gênio por fazer esse humor Negro, o cara cavalgando na bomba foi fantástico. :D Dou nota 9,5 pro filme, já está entre os meus favoritos como Godfather II e Laranja Mecanica.
    Luciano
    Luciano

    Segui-los Ler as 28 críticas deles

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Peter Sellers é o grande protagonista do filme. O papel do Dr. Fantástico foi muito bom, mas muito curso. Quem foi muito bem foi George C. Scott, fazendo o papel do general maluco. Seus diálogos pirados e paranóicos foram incríveis.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top