Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Alita: Anjo de Combate
    Nota média
    3,2
    12 publicações
    • Cinepop
    • ScreenCrush
    • Cineplayers
    • Collider
    • Screen Rant
    • CineClick
    • Omelete
    • Screen International
    • The Guardian
    • The Hollywood Reporter
    • Papo de Cinema
    • Variety

    Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

    12 críticas da imprensa

    Cinepop

    por Pedro Sobreiro

    Com ação de primeira e um visual deslumbrante, 'Alita: Anjo de Combate' é ideal para quem gosta de distopias, cyberpunk e muita ação.

    A crítica completa está disponível no site Cinepop

    ScreenCrush

    por Matt Singer

    "Alita: Anjo de Combate" combina temas e ideias que Cameron explorou em quase todos os seus filmes, desde "O Exterminador do  Futuro" até "Avatar". Além disso, o diálogo é ocasionalmente desajeitado, e o romance é totalmente sincero.

    A crítica completa está disponível no site ScreenCrush

    Cineplayers

    por Francisco Carbone

    Com pitadas de filosofia e um encaminhamento pendendo para o operístico, o filme poderia ser mais simples e acertaria seu alvo com igual precisão.

    A crítica completa está disponível no site Cineplayers

    Collider

    por Vinnie Mancuso

    Você nunca fica entediado, porque cada detalhe colocado em Alita: a construção do mundo do filme é uma festa para os olhos [...] É cheio de engrenagens, faíscas e robôs imponentes equipados com armas complexas. Mas a ação é tão coerente, e isso faz com que seja consistentemente emocionante.

    A crítica completa está disponível no site Collider

    Screen Rant

    por Molly Freeman

    "Alita: Anjo de Combate" é uma façanha hipnotizante de cinema - e impressionante em 3D - que se sai bem sob o peso de adaptar um material tão rico.

    A crítica completa está disponível no site Screen Rant

    CineClick

    por Daniel Reininger

    "Alita: Anjo De Combate" não atinge o nível de excelência do mangá, mas ainda assim é uma boa tentativa de levar a obra de Yukito Kishiro para o cinema.

    A crítica completa está disponível no site CineClick

    Omelete

    por Mariana Canhisares

    A intenção de continuar a história de Alita e construir uma franquia é óbvia. Porém, mantendo alguns desses moldes, talvez poucos queiram acompanhar um segundo capítulo.

    A crítica completa está disponível no site Omelete

    Screen International

    por Tim Grierson

    A avançada tecnologia de captura de desempenho nos dá uma Alita incrivelmente realista, mas embora Robert Rodriguez claramente goste desse gênero, esse afeto raramente se traduz em algo mais do que uma impressionante demonstração de poder técnico.

    A crítica completa está disponível no site Screen International

    The Guardian

    por Peter Bradshaw

    "Alita: Anjo de Combate" é um espetáculo Imax com grandes efeitos. Mas, em toda a sua escala, pode acabar sendo usado para crianças de 13 anos como um entretenimento para a festa do pijama. Não tem as ideias complicadas, desafiadoras e adultas de "A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell".

    A crítica completa está disponível no site The Guardian

    The Hollywood Reporter

    por Stephen Dalton

    Roteiro irregular, um enredo confuso e tropas de gênero cansadas podem amortecer seu potencial [...] Sua ousadia é admirável, mas talvez, nesta ocasião, esteja um pouco deslocado.

    A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

    Papo de Cinema

    por Robledo Milani

    "Alita: Anjo de Combate" se confirma frenético em sua narrativa e capaz de provocar arrepios em algumas de suas passagens, mas nada que consiga evitar a sensação de que há algo maior a se desenvolver.

    A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

    Variety

    por Guy Lodge

    A história de origem baseada em mangá é uma vitrine de efeitos bem atrapalhada [...] "Alita: Anjo de Combate” pode parecer, para melhor e pior, como uma propriedade criativa de Cameron, mas também não pode escapar do ar rarefeito e sem espírito de sua tarefa delegada.

    A crítica completa está disponível no site Variety
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top