Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Xeque-Mate
    Média
    4,3
    259 notas e 185 críticas
    distribuição de 185 críticas por nota
    53 críticas
    81 críticas
    29 críticas
    19 críticas
    1 crítica
    2 críticas
    Você assistiu Xeque-Mate ?

    185 críticas do leitor

    wesleyaxe
    wesleyaxe

    Segui-los 6152 seguidores Ler as 680 críticas deles

    3,5
    Enviada em 28 de fevereiro de 2012
    Achei um filme muito bom, só não ví esse filme perfeito a que muitos se referem, talvez pelo ritmo um pouco lento que ele segue, mais uma questão de gosto mesmo, mas é o tipo de filme que quando chega no final, vê que tudo valeu a pena, muito bem bolado!
    T-Kill
    T-Kill

    Segui-los 16 seguidores Ler as 3 críticas deles

    5,0
    Enviada em 27 de dezembro de 2014
    Trama simplesmente surpreendente. É um daqueles filmes dos quais você não pode se dispersar enquanto assiste, pois os detalhes são o mais importante. As atuações também colaboraram bastante com o enredo fantástico, deixando tudo ainda mais enigmático do que já é. Simplesmente uma joia para os cinéfilos que têm preferência por filmes cheios de fatos perfeitamente intrincados. Uma das obras mais inteligentes que já vi.
    Luis R.
    Luis R.

    Segui-los 12360 seguidores Ler as 759 críticas deles

    4,5
    Enviada em 18 de abril de 2015
    Ótimo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Carlos Henrique S.
    Carlos Henrique S.

    Segui-los 4735 seguidores Ler as 799 críticas deles

    4,5
    Enviada em 7 de outubro de 2020
    Jogada de mestre Quem joga ou já jogou alguma vez Xadrez,sabe que é um jogo que requer paciência,necessita de uma atenção a cada detalhe.É ideal que haja uma perspicácia e até uma maleabilidade para jogadas mais difíceis e cada erro pode custar o resultado da partida.Lucky Number Slevin é um filme que explora muito bem essa maleabilidade do Xadrez em forma de filme. O diretor Paul McGuigan desenvolve a idéia do filme de maneira extremamente acertada ao estruturar a obra em um formato muito próximo do que é o jogo de tabuleiro.Tudo no filme ocorre de maneira bastante inserida dentro da lógica do xadrez,os personagens são peões e reis dentro de um jogo de caça e caçador completamente instigante.Cada personagem assume muito bem um papel de uma determinada peça na partida,há os reis,as torres e os peões que andam pouco à pouco em rumo ao grande final,cada peça aos poucos vai sendo eliminada até o Xeque-Mate. Como eu havia falado,é um estilo de jogo que requer de uma grande agilidade manipuladora para mover suas peças sem que seu adversário perceba,e há um personagem - Não vou dar spoilers é claro - Que define bem o status de grande jogador.A decupagem e a montagem do filme é muito bem trabalhada principalmente nas cenas de flashes onde ele despretensiosamente mostra cenas de execução - Que mais uma vez faz parte do esquema da trama - Eu gosto demais também como o humor do filme é muito funcional,afinal de contas ele engloba também a duplicidade necessária para o jogador. A mise en scène do filme atende ainda mais à uma idéia de mundo estrategista.As instalações onde vivem os chefões rivais que ficam de frente uma para a outra representa bem as visões de oponentes,onde a cidade é o palco e os prédios de cada um são peças do grande tabuleiro.Note também à presença de Slevin no filme que em grande parte do filme se encontra preso em uma situação de difícil resolução.É um labirinto sem saída e grande parte do filme apresenta ele dentro de ambientes fechados ou acompanhado por alguém de uma das gangues ou policiais,as cenas nos corredores são outros excelentes exemplos de que há um caminho de difícil saída.Até mesmo a cerâmica do chão lembra um tabuleiro onde cada um dos que estão na sala são jogadores. As vezes o jogador que perde a partida num Xeque Mate tende a se surpreender com uma jogada despretensiosa e é exatamente o que acontece aqui.Os Twists sintetizam a sensação de surpresa dada as circunstâncias do jogo,o elemento surpresa do jogo é explorado muito bem no filme.Só acho que o filme na ânsia do Twist surpreendentes acaba tornando aquilo muito mais do que o necessário,como se fosse um elemento interessado mais em surpreender do que propriamente uma unidade do filme. Incrível como o Paul McGuigan dialoga bem a estrutura analítica e estrategista do Xadrez em forma de filme.Está tudo lá,uma montagem despretensiosa e uma trama também despretensiosa.O humor e a cilada em que Slevin está metido nos leva à um lado,um lado que é apenas uma parte do iceberg,que quando aparece é um verdadeiro Xeque-Mate.
    Elisangela M.
    Elisangela M.

    Segui-los 16 seguidores Ler as 15 críticas deles

    3,0
    Enviada em 18 de janeiro de 2015
    A trama é piegas! Vale pelos excelentes atores e fotografia.
    William
    William

    Segui-los 62 seguidores Ler as 173 críticas deles

    3,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Muito bom, trama bem desenrolada e um final surpreendente. Willis representa um tipo de personagem que ele sabe fazer muito bem, e como sempre fomidável.
    Sidney
    Sidney

    Segui-los 5226 seguidores Ler as 636 críticas deles

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    O inicío é chato e um pouco confuso, mas com o decorrer o filme muda de uma forma espetacular que deixa você boquiaberto. Fantástica trama sobre vingança, muito bem elaborada e pensada. A atuação de  Josh Harnett é perfeita. FILMAÇO! RECOMENDO.
    Dead Lucas
    Dead Lucas

    Segui-los 53 seguidores Ler as 147 críticas deles

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Que puta filme!!! Reviravoltas a todo momento e a questão da vingança foi excelente, o cara teve sangue frio de esperar todos aqueles anos para se vingar. Todos do elenco estão ótimos até Harnett.
    SERGIO LUIZ DOS SANTOS PRIOR
    SERGIO LUIZ DOS SANTOS PRIOR

    Segui-los 824 seguidores Ler as 293 críticas deles

    2,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    "XEQUE-MATE" é um híbrido dos filmes de Quentin Tarantino ("KILL BILL", "PULP FICTION") com filmes noir das décadas de 40 e 50 do século passado. Por sinal, a lembrança de "AMNÉSIA" (filme em que a trama é contada de trás para a frente; um roteiro espetacular) foi imediata. O diretor escocês Paul McGuigan e o roteirista Jason Slimovic fizeram um grande trabalho que foi apresentado pela primeira no Sundance Festival de 2005. Quanto à trama é necessário se dizer que Slevin (Josh Hartnett) perde o emprego, testemunha sua mulher o traindo, é roubado e tem o nariz fraturado no mesmo dia. O título do filme em inglês é "LUCKY NUMBER SLEVIN". Bem, você deve estar pensando, como é que um indivíduo deste pode ser chamado de sortudo. Ainda mais quando ele é tomado como sendo outra pessoa (Nick Fisher), seu amigo repleto de dívidas de jogo, que permitiu que Slevin morasse no seu apartamento enquanto estivesse em Nova Iorque. Como Fisher devia dinheiro para dois gângsters rivais, Rabino (Ben Kingsley) e o Chefe (Morgan Freeman), o nosso "sortudo" Slevin se vê em apuros: num único dia é pressionado a pagar $ 30 mil para o Rabino e matar o filho do mesmo Rabino, pois o seu gangster arqui-rival, "O chefe", o exigiu como forma de pagamento dos $ 96 mil de dívida. A trama é cheia de reviravoltas e assassinatos. Não há economia de sangue. Não vale a pena estragar as surpresas finais. Elenco de primeira: Morgan Freeman, Bruce Willis, Ben Kingsley, Danny Ayelo, Lucy Liu, além do supreendentemente ótimo Josh Hartnett). Eu recomendo àqueles que possuem estômago e cérebro fortes.
    Johann S.
    Johann S.

    Segui-los 6 seguidores Ler as 7 críticas deles

    5,0
    Enviada em 7 de julho de 2014
    Muito bom! Trama excelente e inteligente! Ótimas atuações!
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top