Meu AdoroCinema
Ladrão de Diamantes
Média
3,6
96 notas e 3 críticas
0% (0 crítica)
0% (0 crítica)
33% (1 crítica)
33% (1 crítica)
33% (1 crítica)
0% (0 crítica)
Você assistiu Ladrão de Diamantes ?

3 críticas do leitor

Senhor Ivan
Senhor Ivan

Segui-los 493 seguidores Ler as 2 819 críticas deles

2,5
Enviada em 21/07/14
Todos envolvido no elenco,estão meio que familiarizados com cada ro,Pierce Brosnam,que reencarna seus bons personagens,quando estrelava James o,Brett Ratner,que mas uma vez dirige um filme mas do como ele já mostrou na trilogia A Hora do Rush,uma mistura louca de ação com comédia.A história é sim previsível,tentado emplacar com aquele velho jeito de apostar na inteligência artificial dos personagens principais.E nisso tudo,ainda sobra espaço pra Salma Hayek,mostrar todo o seu potencial na beleza,e Woody Harrelson,mostrar um personagem bobo,que não combina em nada com ele.
Bruno Galli
Bruno Galli

Segui-los Ler as 21 críticas deles

3,0
Enviada em 01/04/13
Famoso filme "não cheira nem fede". Dá pra assistir para passar o tempo.
SERGIO LUIZ DOS SANTOS PRIOR
SERGIO LUIZ DOS SANTOS PRIOR

Segui-los 39 seguidores Ler as 293 críticas deles

1,0
Enviada em 01/01/04
LADRÃO DE DIAMANTES, de Brett Ratner, está em cartaz no Cine Roxy e nos complexos Cinemark da região. Max (Pierce Brosnan) e Lola (Salma Hayek) são dois vigaristas especializados em furtar jóias de grande valor, nas condições mais difíceis possíveis. No início do filme já vemos os protagonistas fazendo um assalto, deixando boquiaberta toda a polícia de Los Angeles e o FBI. Após tal furto a dupla foge para um paraíso fiscal e geográfico, as Bahamas, onde vão usufruir da sua aposentadoria precoce. Certo? Errado. Alguns meses após a dupla ter se instalado nas Bahamas um navio de passageiros traz para exposição ao público uma jóia de valor ímpar. Antes do navio aportar, o agente Stanley (Woody Harrelson), do FBI, que foi ludibriado pela dupla diversas vezes, veio, por assim dizer, estimular Max a voltar a ativa. Dessa forma, Stanley poderia se reabilitar, fisgando dois dos criminosos mais procurados dos EUA. O filme é um amontoado de retalhos, no mau sentido do termo. As piadas são "deja vù", a direção de atores é péssima. Por sinal, Pierce Brosnan interpreta a si mesmo, ou James Bond; Salma Hayek, frágil como sempre. Quem se salva é Woody Harrelson no papel do agente idiota do FBI, cuja grande obsessão é capturar a dupla que sempre o enganou. Don Cheadle, que concorreu ao Oscar de melhor ator por "Hotel Rwanda", tem um pequeno papel como o "poderoso chefão" da ilha. Uma comédia com pitadas de ação, muito abaixo do que se poderia esperar de um diretor que tem no currículo "A hora do rush 1 e 2", com Jackie Chan e Chris Tucker e "Dragão vermelho", com Anthony Hopkins. Se Brett Ratner fizesse um documentário sobre as ilhas Bahamas teria feito que valeria a pena ser visto. Nem com muita pipoca e coca-cola é fácil engolir este filme insosso e previsível.
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top