Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O Manto Sagrado
     O Manto Sagrado
    1953 / 2h 15min / Drama, Histórico
    Relançamento 1981
    Direção: Henry Koster
    Elenco: Richard Burton, Jean Simmons, Victor Mature
    Nacionalidade EUA
    Ver o trailer
    Usuários
    3,5 15 notas e 4 críticas
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 12 anos

    Nos últimos anos do reinado de Tibério (Ernest Thesiger), quando Roma era a "dona do mundo", Marcellus Gallio (Richard Burton) é um tribuno que está sempre envolvido com jogos ou mulheres. Além disto tem uma rixa pessoal com Calígula (Jay Robinson), o herdeiro do trono. A situação se complica quando Marcellus oferece, em um leilão de escravos, a absurda quantia de três mil moedas de ouro por Demétrio (Victor Mature), que também estava sendo disputado por Calígula. Ao se ver derrotado por Marcellus, Calígula encara isto como uma afronta pessoal e então manda o tribuno ir servir imediatamente em Jerusalém, na Palestina, considerado o pior lugar do império. Entretanto, devido a motivos políticos, após pouco tempo em Jerusalém o tribuno é chamado de volta por Tibério. Mas, antes de partir, recebe a missão de supervisionar a execução de uma sentença: a crucificação de Jesus Cristo. Finda a tarefa, ele e outros soldados disputam em um jogo de dados próximo à cruz a posse do manto vermelho usado pelo mártir. Marcellus vence mas o manto fica com Demetrius, pois quando Gallio tentou usar o manto algo o afligiu de forma indescritível. Demétrio, que já tinha se tornado um cristão, lhe tirou o manto e disse que jamais o serviria novamente, pois ele tinha crucificado seu mestre. Em seu retorno Gallio fala frases sem sentido, como se algo muito forte o atormentasse. Já em Capri, onde estava o imperador e Diana (Jean Simmons), que Gallio ama e é correspondido, alguns membros da corte e o próprio Tibério, vendo que Gallio se portava de modo estranho, ouvem por horas o que aconteceu com o tribuno em Jerusalém. Tibério acha que o tribuno pode ter perdido a razão, mas quando Gallio atribui que a aflição que sente só aconteceu após se cobrir com o manto de Jesus, então o adivinho da corte conclui que o manto estava enfeitiçado e precisa ser destruído. Isto parece lógico tanto para Tibério como para Marcellus, então o tribuno irá retornar à Palestina para destruir o manto e descobrir os nomes dos cristãos, mas esta viagem irá afetar profundamente sua vida.

    Título original

    The Robe

    Distribuidor Fox Film do Brasil
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 1953
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 5 curiosidades
    Orçamento 5 000 000 $
    Data de retorno 01/01/1981
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Trailer

    O Manto Sagrado Trailer Original 0:00
    O Manto Sagrado Trailer Original
    4 111 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Richard Burton
    Personagem : Marcellus Gallio
    Jean Simmons
    Personagem : Diana
    Victor Mature
    Personagem : Demetrius
    Michael Rennie
    Personagem : Peter
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    José Aloísio
    José Aloísio

    Segui-los 3 seguidores Ler as 47 críticas deles

    4,5
    Enviada em 26 de abril de 2015
    Excelente. Estória fictícia... Um dos melhores filmes épicos bíblicos de todos os tempos. Trilha sonora de altíssima qualidade. Ótimo roteiro. A película teve como pano de fundo o manto que Jesus trajava até ao Calvário. O centurião romano Marcellus Gallio teve sentimento de culpa por ter participado da crucificação de Jesus Cristo; em consequência sofreu violento quadro depressivo; uma situação dramática... O autor teve a ...
    Leia Mais
    Edlaine P.
    Edlaine P.

    Segui-los 2 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 25 de outubro de 2014
    Exelente,Amei se pudesse assistiria muitas vezes pq é um filme de exemplo de coragem de fé e confiança em Deus...nota pra lá 10.000...
    sheila c.
    sheila c.

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 6 de abril de 2015
    Adorei.... Um filme que ensina muito,sobre fé,amor ...Se passar de novo vou assistir.
    Edna DBee
    Edna DBee

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 22 de dezembro de 2019
    Filme maravilhoso. Um tributo à amizade e à coragem, tanto quanto a fé. E a capacidade de mudança. Gosto tanto do filme que dei o nome ao meu blog com uma das frases dele. A do tribuno Gallio, quando está perturbado "Tu também estavas lá?" . Reparem também na excelente cena de luta de espadas de Richard Burton. E também ao belíssimo discurso do Tribuno a Calígula.
    4 Comentários do leitor

    Fotos

    15 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Se não quer, tem quem queira!

    Inicialmente os direitos da adaptação do livro de Lloyd C. Douglas para o cinema pertenciam à RKO Pictures, tendo sido comprados na década de 40. Como o estúdio nunca levou o filme às telas, decidiu posteriormente por revender os direitos para a 20th Century Fox.

    Recusa

    O produtor Darryl F. Zanuck ofereceu o personagem Marcellus Gallio a Tyrone Power, como forma de conseguir a renovação de seu contrato junto a Fox. Power não aceitou a proposta.

    Pioneirismo

    Foi o segundo filme rodado em Cinemascope, mas o primeiro a ser lançado comercialmente nos cinemas americanos. O primeiro filme rodado neste formato foi Como Agarrar um Milionário (1953).
    5 curiosidades

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Senhor Ivan
      Interessante poder ver a história do outro lado,paralela a que todos já conhecem.Emociona na reta final,mesmo com a longa duração,o filme se torna agradável pelo ritmo que é apresentado.A grandiosidade do cinema clássico pode ser apreciado aqui:Figurino,cenários e locações sem o mínimo de efeitos nem tecnologia.>Assistido em 21 de Fevereiro de 2019-Dou nota 7/10
    • Adelaido A.
      Como  é bom  ver  um  filme  que  nos   faz   reflerir   sobre     DEUS!!!
    • Fred Albano P.
      filme maravilhoso
    • Santista iratiense
      Manto Sagrado, filme que conta com mitos do cinema como Richard Burton, Jean Simmons e Victor Mature é referência quando se trata de drama épico-histórico. Assistir hoje a este filme, alguém poderia tachá-lo de politicamente correto, principalmente com a metamorfose que sofre " Marcellus Gallio". Hoje em dia, filme bom é aquele que alfineta alguém ou alguma coisa, ou retrata e enfatiza comportamentos não convencionais. Manto Sagrado é uma produção que jamais será esquecida. OBS: Evidente que o superclássico Cidadão Kane foge à regra, pois é um filme crítico numa época conturbada dos Estados Unidos e Orson Welles despensa comentários.
    • Juliano Aar?o.
      UM FILME IMPERDÍVEL PARA QUEM CURTE E QUEM ESTUDA CINEMA ! UM CLÁSSICO QUE SURPREENDE COM CENAS DE UMA ÉPOCA EM QUE O CINEMA ERA COMO UM "TEATRO FILMADO" ! HISTÓRIA É MUITO BEM ESCRITA, RICHARD BURTON, NO AUGE DOS SEUS 28 ANOS ATUA MARAVILHOSAMENTE BEM COMO GENERAL ROMANO E JEAN SIMMONS ESTÁ LINDA COMO SEMPRE SERÁ ! NÃO DEIXEM DE ASSISTIR ! JULGO QUE TRATA-SE DE UM FILME QUE MERECIA UM REMAKE ! CASO SE INTERESSEM, NO ANO SEGUINTE AO LANÇAMENTO DE "O MANTO SAGRADO" - 1954, FOI LANÇADO UMA CONTINUAÇÃO CHAMADA "DEMÉTRIUS E OS GLADIADORES" COM OS MESMOS ATORES E TÃO BOM QUANTO O PRIMIERO! INDICO À TODOS! JULIANO AARÃO - GOIÂNIA - GO
    Mostrar comentários
    Back to Top