Meu AdoroCinema
King Kong
Curiosidades, bastidores, novidades, e até segredos escondidos de "King Kong" e da sua filmagem!

Vários

- Peter Jackson recebeu o cachê de US$ 20 milhões para dirigir
King Kong
. Trata-se do mais alto salário já pago até então a um diretor.
- Inicialmente Peter Jackson planejava rodar
King Kong
logo após Os Espíritos (1996), mas devido a dificuldades em obter os direitos de adaptação terminou por dirigir antes O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel (2001).
- Adrien Brody foi a 1ª e única escolha dos produtores para interpretar Jack Driscoll.
- A atriz Fay Wray, que estrelou a versão original de
King Kong
, esteve em negociações para participar desta nova versão em uma ponta, mas faleceu antes que pudesse gravá-la. A intenção de Peter Jackson era que ela repetisse a famosa frase final do filme original, "Oh no, it wasn't the airplanes. It was beauty killed the beast".
- O ator Alex Norton chegou a receber uma proposta para interpretar um personagem em
King Kong
, mas teve que recusá-la devido a conflitos de agenda com um trabalho na TV que possuía.
- Andy Serkis estudou gorilas na África como forma de se preparar para interpretar o personagem King Kong neste filme. O método usado para capturar sua interpretação foi o mesmo utilizado pelo próprio Serkis como o personagem Gollum, em O Senhor dos Anéis - As Duas Torres (2002) e O Senhor dos Anéis - O Retorno do Rei (2003).
- A história de
King Kong
se passa em 1933, o mesmo ano em que a versão original foi lançada nos cinemas.
- Os dois modelos originais de brontossauro usados na versão original de
King Kong
foram usados como referência para que uma criatura similar fosse criada para esta nova versão.
- O tiranossauro exibido em
King Kong
possui três dedos em cada pata com forma de homenagem à versão original de 1933. Na verdade os tiranossauros tinham apenas dois dedos, mas na versão original foram colocados três dedos como referência à uma evolução sofrida pelos animais da Ilha da Caveira.
- O diretor de fotografia Andrew Lesnie chegou a sugerir que
King Kong
fosse rodado em preto e branco, mas sua idéia não foi aceita.
- Inicialmente seria Howard Shore o responsável pela trilha sonora de
King Kong
. Shore chegou a gravar bastante material para o filme, mas deixou o projeto devido a diferenças criativas com o diretor Peter Jackson. Em seu lugar foi contratado James Newton Howard, que teve menos de 2 meses para criar e gravar toda a trilha sonora do filme.
- Durante a produção o diretor Peter Jackson protagonizou um diário em vídeo, que era atualizado a cada 2 ou 3 dias no site
.
- Refilmagem de King Kong (1933) e King Kong (1976).
- O orçamento de
King Kong
foi de US$ 207 milhões.

Projeto que ficou para depois

Inicialmente Peter Jackson planejava rodar King Kong logo após Os Espíritos (1996), mas devido a dificuldades em obter os direitos de adaptação ele decidiu dirigir primeiro a trilogia O Senhor dos Anéis.

Se aproximando do publico

Durante a produção o diretor Peter Jackson protagonizou um diário em vídeo, que era atualizado a cada 2 ou 3 dias no site.

Regravando tudo

Inicialmente seria Howard Shore o responsável pela trilha sonora de King Kong. Shore chegou a gravar bastante material para o filme, mas deixou o projeto devido a diferenças criativas com o diretor Peter Jackson. Em seu lugar foi contratado James Newton Howard, que teve menos de 2 meses para criar e gravar toda a trilha sonora do filme

Sem cores?

O diretor de fotografia Andrew Lesnie chegou a sugerir que
King Kong
fosse rodado em preto e branco, mas sua idéia não foi aceita.

Fiel ao original

Os dois modelos originais de brontossauro usados na versão original de King Kong foram usados como referência para que uma criatura similar fosse criada para esta nova versão.

Quantos dedos você vê?

O tiranossauro exibido em King Kong possui três dedos em cada pata com forma de homenagem à versão original de 1933. Na verdade os tiranossauros tinham apenas dois dedos, mas na versão original foram colocados três dedos como referência à uma evolução sofrida pelos animais da Ilha da Caveira.

1933

A história de King Kong se passa em 1933, o mesmo ano em que a versão original foi lançada nos cinemas.

A tecnologia à serviço dos atores

Andy Serkis estudou gorilas na África como forma de se preparar para interpretar o personagem King Kong neste filme. O método usado para capturar sua interpretação foi o mesmo utilizado pelo próprio Serkis como o personagem Gollum, da franquia O Senhor dos Anéis.

Teve que negar

O ator Alex Norton chegou a receber uma proposta para interpretar um personagem em King Kong, mas teve que recusá-la devido a conflitos de agenda com um trabalho na TV que possuía.

Foi por pouco

A atriz Fay Wray, que estrelou a versão original de King Kong, esteve em negociações para participar desta nova versão em uma ponta, mas faleceu antes que pudesse gravá-la. A intenção de Peter Jackson era que ela repetisse a famosa frase final do filme original, "Oh no, it wasn't the airplanes. It was beauty killed the beast".

Determinados

Adrien Brody foi a primeira e única escolha dos produtores para interpretar Jack Driscoll.

Diretor bem remunerado!

Peter Jackson recebeu o cachê de US$ 20 milhões para dirigir King Kong. Trata-se do mais alto salário já pago até então a um diretor.
Curiosidades de filmes mais lidas dos últimos 30 dias
  • Relatos Selvagens (2014)
  • Liga da Justiça (2017)
  • Thor: Ragnarok (2017)
  • Depois Daquela Montanha (2017)
  • Os Últimos na Terra (2015)
  • Jogos Mortais: Jigsaw (2017)
  • Pai em Dose Dupla 2 (2017)
  • Pokémon - O Filme: Eu Escolho Você! (2017)
  • It - A Coisa (2017)
  • Cinquenta Tons Mais Escuros (2017)
  • Como Eu Era Antes de Você (2016)
  • Vingadores 3: Guerra Infinita (2018)
  • Cinquenta Tons de Cinza (2015)
  • Boneco de Neve (2017)
  • Pica-Pau: O Filme (2017)
  • Estrelas Além do Tempo (2016)
  • Uma Razão para Viver (2017)
  • Tempestade: Planeta em Fúria (2017)
  • A Cabana (2016)
  • Gosto Se Discute (2017)
Back to Top