Meu AdoroCinema
Moça com Brinco de Pérola
Média
4,0
160 notas e 11 críticas
0% (0 crítica)
27% (3 críticas)
27% (3 críticas)
36% (4 críticas)
0% (0 crítica)
9% (1 crítica)
Você assistiu Moça com Brinco de Pérola ?

11 críticas do leitor

frgil
frgil

Segui-los 8 seguidores Ler as 19 críticas deles

3,5
Enviada em 05/04/12
Um belo cenario com uma atuação brilhante de scarlett johansson, além de mostrar em detalhes uma das belas obras de Vermer!
Karina Ariolli
Karina Ariolli

Segui-los 14 seguidores Ler as 47 críticas deles

4,0
Enviada em 28/10/11
Filme com uma bela fotografia que reproduz muito bem a iluminação que Vermeer ultilizava em suas fotos. Além da fotografia a relação de Griet e Vermeet é algo sensual que nos deixa querendo ver mais.
PedroConrado
PedroConrado

Segui-los 15 seguidores Ler as 99 críticas deles

2,5
Enviada em 24/01/03
O filme é simplesmente MARAVILHOSO!!! Tem simplesmente CONTEÚDO, FOTOGRAFIA, ELENCO, ETC. PS.: Quer mais emoção da atriz? VÁ AO TEATRO pq cinema é assim!
SERGIO LUIZ DOS SANTOS PRIOR
SERGIO LUIZ DOS SANTOS PRIOR

Segui-los 39 seguidores Ler as 293 críticas deles

2,0
Enviada em 09/01/03
O maior mérito do diretor neste filme foi o de fotografá-lo com uma textura semelhante aos quadros do pintor holandês que é homenageado: Johannes Vermeer (Colin Firth). O roteiro baseado no livro de Tracy Chevalier é simplório. Uma jovem e bela empregada, Griet (Scarlett Johansson) vai ser a musa inspiradora de uma das pinturas mais famosas de Vermeer. A sua família não era o que se poderia considerar um "poço de normalidade". A sogra controlava as finanças da família a punhos de aço. A família de Vermeer abusava nos gastos financeiros no período que se seguia à conclusão de um quadro. Van Ruijven (Tom Wilkinson), o mecenas da cidade de Delft, comprava a obra de Vermeer. A ostentação da família se prolongava até o momento em que o dinheiro escasseava. A matrona entrava em ação pressionando a produção do pintor holandês. Griet intuitivamente entende a importância da luz na criação dos quadros do seu patrão. Este, por sua vez, torna-se uma espécie de professor. Ensina a sua bela funcionária que acaba lhe servindo de modelo na pintura que leva o título do filme. A esposa de Vermeer é retratada como uma mulher insegura, ciumenta, que vivia grávida o tempo todo. Ela que outrora havia sido a musa inspiradora do marido temia perder o espaço para uma outra mulher. A paixão entre Vermeer e Griet pode ser acompanhada através de certas sutilezas: tremores nas mãos e a languidez nos olhares. A coisa nunca chega às vias de fato. Porém, após ter posado por horas a fio, Griet sai correndo do ateliê para os braços do seu namorado, o açougueiro, para realizar as suas fantasias sexuais. Peter Webber fez um filme para ser contemplado como uma pintura. E teve êxito na sua empreitada.
Gustavo
Gustavo

Segui-los 1 seguidor Ler as 65 críticas deles

0,5
Enviada em 01/02/03
Eu achei o filme muito parado.. monótono... e todos os autores não conseguirão se expressar como eu esperava.. eu achei q seria algo q eu me lembraria como um filme bom e legal.. mais foi uma total decepção e eu achei q se eu tivesse comprado filme eu queria ter o meu dinheiro de vota!
Alvaro S.
Alvaro S.

Segui-los 42 seguidores Ler as 339 críticas deles

3,5
Enviada em 09/04/16
O filme conta a história da jovem Griet, doméstica na casa do renomado pintor holandês Johannes Vermeer e musa inspiradora do famoso quadro Moça com Brinco de Pérolas. Eu gosto de filme de época, se eles são biografias então, mais ainda. Aqui o roteiro investiga quem era a moça que inspirou esta famosa pintura. Scarlett Johansson dá vida a jovem, e Colin Firth ao pintor. Assim como a bela fotografia, a atriz está lindíssima, e a todo o momento as imagens remetem a pinturas vivas, muito bem enquadradas pelo diretor. Um exercício estético que vai além da luz e sombra. As cores aqui são bem importantes. Elas insinuam sentimentos. Curiosidade. Foi indicado a 3 Oscar, Melhor Direção de Arte, Figurino e Fotografia. Nota do público: 7.0 (IMDB) Nota dos críticos: 72%(Rotten Tomatoes) Bilheterias EUA - $11 milhões Mundo - $31 milhões Acesse o blog 365filmesem365dias.com.br para ler sobre outros filmes.
MarisTela Z.
MarisTela Z.

Segui-los 14 seguidores Ler as 3 críticas deles

4,5
Enviada em 26/01/14
Maravilhoso, descritivo em detalhes, a imagem do filme todo é uma pintura! Detalhes de época surpreendentes, muitos silêncios expressivos.
Adriano C.
Adriano C.

Segui-los 3 seguidores Ler as 10 críticas deles

4,0
Enviada em 17/11/13
Best-seller com adaptação para o cinema. o Filme é muito bom. apesar de ser parado, não dá para perder um só momento do filme. com algumas belas fotografias Nostaugica de subúrbios da época.
Jacqueline
Jacqueline

Segui-los 1 seguidor Ler as 51 críticas deles

3,5
Enviada em 12/04/12
O filme é muito bonito. Colin Firth continua o mesmo.Ele não me agrada,porque sempre tem a mesma cara nos filmes,em todo trabalho que faz,tem esse estilo blasê.Gosto de atores e atrizes que mudam,que se tornam irreconhecíveis em cada filme. O figurino pecou pela falta de variedade.A personagem da mulher do pintor aparece com o mesmo vestido umas quatro vezes.Até a mãe dela,mesmo só se vestindo de preto,mudava a gola da roupa. Scarlett Johansson está perfeita como sempre. A personagem da sogra do pintor está excelente.É quem mandava na casa.
marcelo
marcelo

Segui-los 2 seguidores Ler as 181 críticas deles

2,0
Enviada em 16/01/03
Eu gostei do filme. Tem uma fotografia muito bonita, trilha sonora coincidindo com o filme e tem uma historia boa. Mas nao sei o q houve, mas creio que se estivece lendo o livro, acharia a historia bem melhor. Acho q o filme nao foi bem reproduzido, talvez pela atuaçao dos atores, nao sei explicar. Mas achei a historia boa. Mas lendo o livro seria mais intereçante.
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top