Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Cidade de Deus
    Média
    4,6
    2434 notas e 290 críticas
    distribuição de 290 críticas por nota
    119 críticas
    108 críticas
    30 críticas
    27 críticas
    2 críticas
    4 críticas
    Você assistiu Cidade de Deus ?

    290 críticas do leitor

    Carlos P.
    Carlos P.

    Segui-los 86 seguidores Ler as 168 críticas deles

    5,0
    Enviada em 18 de junho de 2017
    Algumas listas de filmes estrangeiros colocam Cidade de Deus como um dos grandes filmes das últimas décadas. Todas as críticas e o relativo sucesso internacional o credenciam como o maior filme brasileiro de todos os tempos. E tudo isso é justificável. Uma obra-prima, uma história contada como poucas. Lembra muito, inclusive, da série The Wire, incrivelmente aclamada pela crítica americana, pela proximidade com a realidade. Os personagens são marcantes e únicos. Quando terminar de ver vai querer assistir de novo, vai querer comentar sobre o filme, vai querer elogiar. Volto ao inicio: é o maior filme brasileiro de todos os tempos.
    Harley Coqueiro
    Harley Coqueiro

    Segui-los 9 seguidores Ler as 13 críticas deles

    5,0
    Enviada em 6 de junho de 2014
    Em um dos becos da comunidade Cidade de Deus, o jovem aspirante a fotógrafo Buscapé é constrangido pelo perigoso traficante Zé Pequeno e seu bando, armados até nos dentes, a pegar uma galinha para uma festa que o bandido está financiando. Ocorre que, nesse momento, a polícia surge no outro lado do beco e é aí que o jovem fotógrafo se dá conta de que está na linha de fogo entre a polícia e o grupo de traficantes procurados pela polícia. Espetacular filme de Fernando Meirelles e Kátia Lund, que retrata de forma crua e realista, duas décadas de violência na favela carioca que dá nome à película. Nesse filme tudo é perfeito: direção de arte primorosa, retratando muito bem as décadas de 60 e 70; roteiro ágil; fotografia, edição e montagem soberbas, que ao estilo de Quentin Tarantino, tem um ritmo de história em quadrinhos. Também salta aos olhos a brilhante direção dos jovens atores (em sua maioria, amadores), em que se destacam Douglas Silva (a psicótica criança Cadinho, que depois de passar em um terreiro de macumba, mudaria o seu nome para Zé Pequeno), Jonathan Haagensen (o Cabeleira) e Leandro Firmino da Hora, que interpretou o Zé Pequeno, de forma magistral, assustadora! Tem também a participação de Seu Jorge, antes da fama como cantor, na pele de Mané Galinha. Obra-prima consagrada pelo público e pela crítica do mundo inteiro, em que pode se afirmar, sem exagero, que o Cinema Brasileiro encontrou o seu ápice!
    Vagne L
    Vagne L

    Segui-los 26 seguidores Ler as 63 críticas deles

    5,0
    Enviada em 28 de agosto de 2018
    Uma obra prima do Cinema Nacional. Sem mais.....................................................................
    Felipe F.
    Felipe F.

    Segui-los 1540 seguidores Ler as 514 críticas deles

    5,0
    Enviada em 4 de janeiro de 2020
    Filmaço brasileiro, um dos melhores de todos os tempos, grandes atuações, roteiro inteligente, linda trilha sonora, bela montagem, tudo muito bem feito. Ótimo filme.
    wesleyaxe
    wesleyaxe

    Segui-los 7140 seguidores Ler as 680 críticas deles

    3,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Filmaço, um dos primeiros filmes brasileiros que eu assisti e creio que muita gente começou a dar mais credibilidade ao nosso cinema depois desse sucesso.
    Anderson  G.
    Anderson G.

    Segui-los 744 seguidores Ler as 276 críticas deles

    4,5
    Enviada em 26 de dezembro de 2019
    "Cidade de Deus" é um ícone do cinema brasileiro, um filme que quebra os padrões e limites de sua cultura e atinge um patamar de poucos na cultura brasileira, "Cidade de Deus" é um filme de altíssima qualidade visual, técnica e artística , um filme espetacular. Com roteiro de Braulio Mantovani o longa conta, no primeiro plano, a história do buscapé, um garoto morador de um dos bairros mais violentos do rio de janeiro que sonha em ser fotografado por temor de virar bandido, mas com o decorrer da obra percebemos que o enredo é maior que isso, pois a nós é contada a história do bairro em si, da "Cidade de Deus", sua história é contada em diversas linhas narrativas que circulam entre os anos 60 e 80, mas sempre em uma ordem cronológica, a apresentação de diversos personagens pode ser confusa , mas seu roteiro tem um sentido próprio, que é acima de tudo desenvolver realidade, bandidos, inocentes, policiais, corrupção, trabalhadores e pessoas de classe alta que circulam e vivem no circuito da cidade de deus, temos um narrador central que nos conduz por todo esse meandro, no melhor estilo "scorsese", um fio condutor importante que amarra tudo. A sensação de insegurança e incerteza é constante, onde o luto precisa ser rápido e a vingança suprimida, o ódio é silencioso e a população é oprimida, diversos são os conceitos abordados pela obra de Fernando Meirelles que dirige de forma neutra e ao mesmo tempo cheio de sentimentalismo que transporta o telespectador por uma sensação ruim graças a sua direção impecável. "Cidade de Deus" tem uma técnica primorosa, o diretor Fernando Meireles, não cria nada novo, usa uma série de técnicas visuais já consagradas com perfeição, tal feito já foi reconhecido por diretores como Spielberg e Scorsese, esse último o qual o seu filme bebe de muitas inspirações, Fernando usa sua câmera quase como um personagem, o diretor brasileiro roda sua câmera, faz plongée e contra plongée, filma ângulos abertos, fechados, não tem uma linearidade direcional, mas o que é feito em tela é executado com muita qualidade, tal qual sua fotografia lindíssima que muda de tonalidade com o avançar dos anos e sua lista de reprodução musical que combina e conversa com o filme absolutamente em todas as cenas, outros pontos, como figurino e composição de cenários também merecem ser enaltecidos. O elenco de atores é fenomenal, apesar da grande maioria dos atores em si terem pouca experiência, isso contribui para uma performance mais emocional e vivida pelos mesmos, que encaram com pouca técnica mas com muita vontade seus personagens.. "Cidade de Deus", por um filme espetacular que flerta com uma perfeição visual e técnica, com conceitos artísticos e de visuais visuais aliados a um roteiro bruto e cruel, que é o mesmo ritmo complexo e simples, filme de Fernando Meirelles é um marco do cinema nacional e continua vivo e encantando. NOTA: 9.5 / 10
    Francisco F.
    Francisco F.

    Segui-los 41 seguidores Ler as 173 críticas deles

    4,5
    Enviada em 12 de outubro de 2018
    Um dos melhores filmes brasileiros de todos os tempos. Excelente crítica política e social sobre drogas, favela e violência. Porém, o excesso de violência (ou realidade) pode desagradar algumas pessoas.
    Pedro F.
    Pedro F.

    Segui-los 40 seguidores Ler as 184 críticas deles

    4,0
    Enviada em 22 de dezembro de 2020
    Muito bom! Cidade de Deus é certamente um dos nossos filmes mais famosos e não é atoa. É uma representação muito fiel e realista da realidade das comunidades, tem cenas e atuações muito fortes e é muito bem feito. Apesar de ter gostado do filme achei que faltou algo mais, porque às vezes o ultrarrealismo faz parecer que estamos apenas vendo as notícias, mas nada que atrapalhou minha experiência significativamente. Definitivamente um filme muito importante na nossa história e sempre vai continuar sendo. Recomendo!
    Vinipassos
    Vinipassos

    Segui-los 153 seguidores Ler as 178 críticas deles

    5,0
    Enviada em 5 de abril de 2014
    Ótimo filme. Apesar de eu não gostar mt de filmes ambientados em favelas, Cidade de Deus preza por contar histórias, origens, mudanças, transições, conquistas e por ai vai. Personagens bem construídos e atuações ótimas. Cidade de Deus tbm consegue mostrar a religião afro, a natureza com o bom e velho mangue, de águas mansas, a MPB e samba. Mas o grande diferencial está com Fernando Meirelles, com ótima direção, fotografia excelente, e a edição de Daniel Rezende.
    Jóckisan A.
    Jóckisan A.

    Segui-los 139 seguidores Ler as 194 críticas deles

    4,0
    Enviada em 15 de setembro de 2016
    Cidade de Deus é um filme forte de se ver por retratar tão bem a realidade das favelas controladas por bandidos. É um filme com ótima direção, roteiro e atuações. Leiam a minha resenha completa no link abaixo:
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top