Meu AdoroCinema
  • Meus amigos
  • Meus cinemas
  • Notas Express
  • Minha coleção
  • Minha conta
  • Promoções
  • Desconectar
Efeito Borboleta
Média
4,5
2282 notas e 108 críticas
49% (53 críticas)
28% (30 críticas)
4% (4 críticas)
18% (19 críticas)
1% (1 crítica)
1% (1 crítica)
Você assistiu Efeito Borboleta ?

108 críticas do leitor

Edson R.
Edson R.

Segui-los 3 seguidores Ler as 18 críticas deles

5,0
Enviada em 03/03/14
Filme excelente, mas não é aquele tipo de filme para quem quer assistir por Borboleta é um filme que a atenção é primordial, pois um momento que você perde o foco pode atrapalhar sua compreensão.
Quézia S.
Quézia S.

Segui-los Ler a crítica deles

5,0
Enviada em 14/01/16
“Você não pode mudar quem as pessoas são sem destruir o que elas eram.” – pai de Evan. “Se eu entender como funciona a memória de uma simples minhoca, isso me ajudaria a entender a complexidade do cérebro humano” – citação de Evan Efeito borboleta, um filme que relata a história de Evan, um garoto que em boa parte da infância teve a memória apagada em momentos marcantes que para ele gerou uma intrigante dúvida sobre o porquê e trazendo à sua mãe preocupação do filho ter herdado o mesmo problema do pai, – que não conseguia mais controlar sua memória por estar sobrecarregado de lembranças. Alguns anos depois, Evan descobre que tem sobrenaturalmente a chance de voltar ao seu passado e poder mudar a trajetória não só de sua vida, como também de seus amigos próximos até sua idade atual, e que seus possíveis apagões no passado teriam ligação com o futuro. Logo assim que começa o filme, podemos nos deparar com uma frase. Frase que forma a Teoria do Caos, que cuja diz: “Algo tão pequeno como o voo de uma borboleta pode causar um tufão do outro lado do mundo." E, achando tão interessante, tanto a frase quanto o filme em si tive vontade de me aprofundar mais no assunto. Eu já havia assistido antes na tv, quando criança, mas naquela época por ter um nível intelectual baixo, não compreendi a história vendo-o apenas como mais um filme que não tinha nada demais para ser passado. Agora, até então procurando entender os acontecimentos e causas que se passa na vida de Evan, notei que não poderia entendê-lo se não tivesse ao menos um conhecimento básico sobre a Teoria do Caos. Entretanto, ao me aprofundar no assunto, posso dizer que, meu conhecimento e visão agora se tornaram claro a respeito do que o tema da ficção esclarece. Resumidamente a teoria do caos, por Edward Lorenz através de uma pesquisa, descobriu que algumas pequenas situações têm uma atuação caótica, tão quanto a vida em seu todo. Sua teoria é fundamentada na tese de que, uma minúscula coisa que acontece em nossas vidas pode causar resultados grandes. E se talvez tivéssemos deixado de fazer esse algo, ou se tivéssemos feito de forma distinta, isso resultaria numa situação talvez melhor ou pior que a que vivemos. E é isso que acontece no filme, cada vez que Evan volta ao seu passado, e altera pelo menos uma pequena parte, aquele pequeno ato traz consequências, às vezes para ele e outras vezes, para outras pessoas, tornando tudo o que passou antes inexistente. Um bom exemplo dessa teoria é que em uma estrada, com ruas molhadas de muita chuva um motorista reduziu a velocidade de seu carro, e não tentou ultrapassar o caminhão à sua frente e por fim chegou pacientemente em seu destino. Porém, se este mesmo estivesse apressado, infringindo as leis de trânsito tentando ultrapassar o caminhão à sua frente mantendo uma velocidade de alto risco para aquela situação, evidentemente causaria na maior das hipóteses um grave acidente que custaria sua vida. Nos resultados dos exemplos acima é explícito notar como a teoria do caos está presente em nossas vidas e em como ela é explicada; enquanto a paciência do motorista na primeira situação resultaria em sua vida, a impaciência dele na segunda possível situação, como consequência, o deixaria entre a vida e a morte, pois pequenos atos resultam em efeitos imprevisíveis para nosso futuro.
Henrique S.
Henrique S.

Segui-los 6 seguidores Ler as 10 críticas deles

3,5
Enviada em 09/06/13
Apesar de ter Ashton Kutcher, espere mais de "Efeito Borboleta". Assim que terminei de revê-lo, lembrei na hora de outros dois filmes que vi há pouco tempo: "Corra, Lola, Corra" e "Magnólia". Os três tratam de coisas que poderiam ser, fatos que poderaim ter acontecido, a infinidade de rumos que nossa vida pode tomar, mas principalmente: como afetamos a vida de outras pessoas. Evan descobre que tem a capacidade de voltar em acontecimento passados em sua vida e alterá-los e o faz, o que causa consequências no futuro que cada vez mais exigem uma correção. Esses acontecimentos que Evan tenta corrigir giram em torno dele e de seu grupo de amigos, durante a infância e adolescência, que é composto por Kayleigh, Tommy e Lenny. Ou seja, os três exercem influência na vida um do outro, e as alterações que Evan faz no passado influenciam o futuro dessas três pessoas. Para tratar de tal tema, Eric Bress e J. Mackye Gruber tiveram que fazer extremas simplificações de como a lei de ação-reação funciona. Por exemplo, os fatos que Evan pode alterar são sempre os mesmos e mesmo assim, uma sutil mudança torna o futuro dos personagens totalmente diferentes, ignorando o restante de suas vidas que não se resume a tais fatos. Isso não é uma crítica, pois acredito que escrever um roteiro mais bem feito sobre esse assunto seja desnecessário, tendo em vista que o desse filme já é muitíssimo interessante. Além de tudo, a singularidade da história de "Efeito Borboleta" supera expectativas e vai te surpreender.
Ricardo T.
Ricardo T.

Segui-los 60 seguidores Ler as 8 críticas deles

5,0
Enviada em 28/09/12
Show de bola, um dos melhores filmes que eu já vi, esse filme tem uma história que te "prende" do começo ao fim, não é uma história chata tampouco enjoativa. Gostei muito.
Italo Fernando R.
Italo Fernando R.

Segui-los Ler as 2 críticas deles

5,0
Enviada em 21/02/16
Não posso falar nada se não for elogios,um filme inteligente muito bem escrito e que te prende do começo ao fim
Pablo H.
Pablo H.

Segui-los 28 seguidores Ler a crítica deles

4,0
Enviada em 30/11/15
filme com um thriller psicológico, expressa realidade com ficção, um garoto que tem a capacidade de voltar no passado e modificar o futuro, dentre os dois filmes da franquia, esse é o melhor!!
Gustavo P.
Gustavo P.

Segui-los 5 seguidores Ler a crítica deles

5,0
Enviada em 16/07/15
Este filme é maravilhoso, ja vi incontaveis vezes e cada vez que assisti consegui capitar uma mensagem diferente sobre esse filme, dependendo o aue estava se passando na minha vida. Nunca na minha vida inteira assisti um filme tao bom quanto esse, simplesmente animal
Grace G.
Grace G.

Segui-los Ler as 3 críticas deles

4,0
Enviada em 09/06/15
Filme que vai do aspecto científico ao romance. A historia ganha nuances de amor quando, das inumeras tentativas de voltar ao passado, o personagem de Ashton se sacrifica para simplesmente melhorar o futuro dos "amados". .Ashton Kutcher faz uma das melhores performances de sua carreira ate aqui. A cena final com a musica do Oasis é o ponto alto do filme. Recomendo aos sentimentalistas.
Ligia
Ligia

Segui-los Ler as 10 críticas deles

2,5
Enviada em 28/10/10
ANO ESSE FILME ,UM FILME DIFERENTE E SUPREENDENTE O FINAL,JA A SEQUENCIA NAO POSSO DIZER O MEMSO!
Sidney
Sidney

Segui-los 6 seguidores Ler as 636 críticas deles

2,5
Enviada em 31/08/10
George Lucas, se não viu nem veja, pq a sequencia estragou totalmente o primeiro. PÉSSIMO!!!
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top