Meu AdoroCinema
  • Meus amigos
  • Meus cinemas
  • Notas Express
  • Minha coleção
  • Minha conta
  • Promoções
  • Desconectar
Bicho de Sete Cabeças
Média
4,1
190 notas e 15 críticas
13% (2 críticas)
20% (3 críticas)
33% (5 críticas)
13% (2 críticas)
13% (2 críticas)
7% (1 crítica)
Você assistiu Bicho de Sete Cabeças ?

15 críticas do leitor

Fernando S
Fernando S

Segui-los 38 seguidores Ler as 389 críticas deles

1,5
Enviada em 13/03/10
Um bom filme, mas confesso que esperava bem mais dele. O que se salva é a ótima atuação de Rodrigo Santoro.Mas não deixa de ser um bom filme de Lais Bodanzky, que mostra o que atitudes radicais podem transformar completamente a vida de que nos circunda. O apelo emocional do filme é enorme e algumas cenas fortes compõem este bom filme sobre loucura e realidade. Não está entre meus preferidos, mas deve ser visto!
ricardo
ricardo

Segui-los 1 seguidor Ler as 73 críticas deles

1,0
Enviada em 20/01/01
Esperava muito mais. Muita estereotipado os internados na clinica psiquiatrica, nao diz o ano em que foi aquilo tudo. Ruim a qualidade do som, muita poesia que quebra o andamento do filme, trilha sonora alternando excelentes momentos (instrumentais) e momentos ruins...Final do filme deixa a impressao de....e depois, o que aconteceu?
Adriano Côrtes Santos
Adriano Côrtes Santos

Segui-los Ler as 271 críticas deles

5,0
Enviada em 18/05/19
Dirigido por Laís Bodanzky e com roteiro de Luiz Bolognesi baseado no livro autobiográfico de Austregésilo Carrano Bueno, Canto dos Malditos. Neto (Rodrigo Santoro) gosta de desafiar o perigo e comete pequenas rebeldias incompreendidas pelos pais, como pichar muros da cidade com amigos, usar brinco e fumar um baseado de vez em quando. Seus pais Seu Wilson (Othon Bastos) e Meire (Cássia Kiss) levam as experiências do filho muito a sério e sentindo que estão perdendo o controle, resolvem trancafiá-lo num hospital psiquiátrico. No manicômio, Neto conhece uma realidade desumana e vive emoções e horrores que ele nunca imaginou que pudessem existir. A premiada trilha sonora do filme mistura Arnaldo Antunes, André Abujamra, ‘rap’ e ‘punk’ ‘rock’ nacional. Filme denso, muito pesado. Ganhou inúmeras premiações tanto no Brasil como no exterior.
Erika
Erika

Segui-los 8 seguidores Ler as 109 críticas deles

3,0
Enviada em 03/12/17
Assisti esse filme por motivos acadêmicos, e foi bem esclarecedor sobre a realidade vivida do mundo da loucura.Acredito que não há coincidência entre o ano do filme com o ano em que a Lei 10.216 sobre a desinstitucionalização foi aprovada. Tudo que é trazido para a sociedade e sai dos muros institucionais acaba de alguma forma impactando na realidade e trazendo mudanças na forma de tratar o ser humano.
Nelson M
Nelson M

Segui-los 90 seguidores Ler as 925 críticas deles

3,5
Enviada em 27/02/17
Filme sobre jovem problemático que se envolve com drogas e más companhias, mas acaba internado no manicômio pelos pais, como solução para seu caso, mas ele só piora depois de muitos remédios, violência, loucura dos internos e choques. Um dia conseguirá sair e se tornará militante contra a institucionalização.
Robson M.
Robson M.

Segui-los Ler as 20 críticas deles

4,5
Enviada em 29/12/15
Filme muito intenso e muito forte. É de ficar agoniado depois de assistir e coloca um sentimento de culpa no telespectador forçando-o a pensar naqueles que padecem nas clinicas de tratamento psiquiátrico. O filme beira a perfeição.
Senhor Ivan
Senhor Ivan

Segui-los 493 seguidores Ler as 2 819 críticas deles

3,5
Enviada em 19/10/15
Eu já sabia que se tratava de algo tão comum em nossa sociedade,mas não imaginava que seria tão intenso do jeito que foi.O filme tenta nos mostrar com facilidade como nos enganamos as vezes,ou quase sempre.Temos o jovem Neto (Rodrigo Santoro) que descobre um mundo que ainda não havia experimentado.Mesmo não entrando de cabeça nos mundos das drogas,o pai não se ver convencido sobre as atitudes do filho.Um dos momentos mais intensos são as cenas dentro da clínica de reabilitação,muito bem interpretada,é algo que nos enche de aflição. Rodrigo Santoro está em uma de suas melhores performances.Consegue manter sua qualidade em todo o filme,protagoniza com perfeição.Não deixando de destacar Othon Bastos e Cassia Kiss,o pouco que aparecem,fazem bons personagens. -Filme assistido em 19 de Outubro de 2015 -Nota 7/10
Jéssica P.
Jéssica P.

Segui-los Ler a crítica deles

4,0
Enviada em 01/11/14
Um filme maravilhoso, faz refletir situações na vida que deixamos passar ,que parecem sem importância. E como uma simples falta de dialogo pode estragar toda um vida!
Regiane C.
Regiane C.

Segui-los 4 seguidores Ler a crítica deles

5,0
Enviada em 14/09/14
Filme duro, cruel e comovente. O assisti a primeira vez quando trabalhava em uma Ong com menores infratores, e hoje o assisto como parte de um projeto de intervencao escolar do meu quinto semestre de psicologia. Sempre atual. Imperdivel
Elvira A.
Elvira A.

Segui-los 17 seguidores Ler as 266 críticas deles

4,0
Enviada em 20/09/13
Rodrigo Santoro conquistou merecidamente público e crítica pela sua composição do personagem Neto. Othon Bastos e Cássia Kiss estiveram ótimos como sempre. O enredo é bom, as imagens, fortes, e o resultado, compensador.
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top