Meu AdoroCinema
Chicago
Média
4,2
240 notas e 22 críticas
27% (6 críticas)
41% (9 críticas)
0% (0 crítica)
18% (4 críticas)
5% (1 crítica)
9% (2 críticas)
Você assistiu Chicago ?

22 críticas do leitor

Roger G.
Roger G.

Segui-los 5 seguidores Ler as 27 críticas deles

4,5
Enviada em 26/04/13
Sexy, provocante e ousado: essas são as palavras que definem o filme. Chicago é um verdadeiro show de competência e qualidade, começando pela direção que é extremamente talentosa, cuidadosa e pode se dizer também elegante. As atuações também dão um show a parte, principalmente o trio principal. Sem dúvida todas as estatuetas arrebatadas foram merecidas, pois Chicago é um filme empolgante, elegante e vai muito além de um musical, ele consegue ser um verdeiro espetáculo.
Arthur
Arthur

Segui-los Ler as 16 críticas deles

0,5
Enviada em 19/02/02
Podre!!!! A crítica de cinema e os membros da "Academia" estão cada vez mais desqualificados e insensatos. Não existe um motivo se quer para um filme como esse ganhar um Oscar, muito menos cinco!!! Mas o que podemos fazer não é? Este fato foi consequência da falta de opção, afinal não existiu um filme bom sequer neste ano."
Robson
Robson

Segui-los Ler as 23 críticas deles

0,5
Enviada em 17/02/02
Uma história boa perdida em um texto e uma edição duvidosa, o filme é um fiasco que só se salva pelas ótimas atuações de Zeta Jones e Renée Zellweger pois até o galã Richard Gere passa a sua antipatia pessoal para seu personagem canastrão. Não sei como um filme tão sem graça conseguiu tantas indicações a prêmios tão bem conceituados.... quem realmente quer ver um bom musical é melhor rever o “Moulin Rouge” que ainda consegue ser o melhor musical da atualidade. Não perca tempo vendo “Chicago” o máximo que você vai conseguir dar bons cochilos durante o filme. Não recomendo!"
Leomagno S.
Leomagno S.

Segui-los 1 seguidor Ler as 16 críticas deles

4,5
Enviada em 20/02/16
Filme muito bom. São duas horas que passam de repente, nem sentimos o tempo passar. Musicais muito bons. Mereceu o Oscar.
Senhor Ivan
Senhor Ivan

Segui-los 489 seguidores Ler as 2 819 críticas deles

5,0
Enviada em 30/12/15
Que início fantástico de carreira do diretor Rob Marshall.Conduz com a máxima perfeição,esse que é um dos melhores musicais já realizados. "Chicago" lembra bastante alguns clássicos do passado.A performance de Catherine Zeta-Jones e Renée Zellweger é lindíssima.Uma pena só uma ter ganhado o Oscar. Direção de Arte impecável,trilha sonora marcante. -Filme assistido em 30 de Dezembro de 2015 -Nota 10/10
Luana M.
Luana M.

Segui-los 1 seguidor Ler as 2 críticas deles

5,0
Enviada em 16/03/15
O que é essa arma na sua cabeça? Resenha do filme Chicago (2002) por Luana Morena O que você faria se uma injustiça, ou melhor, duas injustiças fossem cometidas diante de seus olhos e de toda a Chicago no ano de 1924? A jornalista Maurine Dallas Watkins esteve lá e acompanhou o julgamento das acusadas por assassinato Beulah Annan e Belva Gaertner, e, decepcionada, as viu serem absolvidas por todo o membro masculino do júri, apesar da inconsistência das versões dos crimes apresentadas por elas. Inconformada, Watkins foi para casa e escreveu uma peça. É isso mesmo, Chicago surgiu de uma denúncia baseada em fatos reais. Mas então para que as plumas, o glamour, a beleza, a sensualidade? Bem, para criticar não é necessário estar ralhando, acusando, sendo desagradável. A ironia pode ser mais letal que uma dose de arsênico. Quanta diversão, lembra da festa do Oscar quando da premiação deste filme? A alegria ganhou! Que meda... A verdade é que o tempo trás distanciamento, e poucos não encontrariam ali motivos para rir compulsivamente. Eu já o assisti para mais de vinte vezes, rindo sempre. Estou escutando a trilha neste momento. Doença?! Devoção. Poucos conseguiram ser tão satiricamente profundos ao apontar o que a sociedade criou e oferece como sendo justiça e verdade, amparada pelas relações de poder. As protagonistas são as assassinas Roxie Hart (Renée Zellweger) e Velma Kelly (Catherine Zeta-Jones) e o advogado delas, Billy Flynn (Richard Gere). A inversão de papéis, com a valorização do feio, do imoral é o principal trunfo deste musical, que não apresenta nenhum mocinho ou mocinha para quem o espectador possa torcer, no auge da sua falsidade. O roteiro, que sofreu alterações desde a sua primeira versão, de 1926, estreou na Broodway como musical em 1975, já com as ótimas músicas utilizadas por Marshall em 2002, compostas pela dupla Kander e Ebb. O resultado final foi uma história enxuta, onde as personagens manipulam o quanto podem a situação para alcançarem seus objetivos. Dissecando mais a crítica escondida entre paetês, Chicago dispara contra a manipulação da mídia, a corrupção de advogados, a celebração de criminosos, os julgamentos transformados em espetáculo circense, a crueldade e o egoísmo humano. O filme mostra como o mal prevaleceu e prevalece conforme a habilidade do criminoso ou a manipulação da circunstância em uma sociedade cheia de possibilidades, frestas e interesses. E isso não é triste, não mais, pois já o sabemos há tempos e o aceitamos. Tecnicamente falando, o filme também é impecável. Rob Marshall, Catherine Zeta-Jones, Renée Zellweger e John C. Reilly em suas melhores performances no cinema. A película conta ainda com edições muito bem feitas, onde nada sobra, tudo se encaixa para trazer de volta os anos 20 e dar o tom frenético das casas de Jazz do início do século passado. Excelentes dançarinos, ótima fotografia, no melhor estilo Cabaret, e a presença de Queen Latifah e Lucy Liu completam o elenco brilhante da obra que se tornou uma janela aberta no ano de 2002. Muito do que somos pode ser visto através desta incrível criação cinematográfica, que pinta com tintas coloridas a tão desbotada justiça humana.
Leonardo d.
Leonardo d.

Segui-los 2 seguidores Ler as 73 críticas deles

4,0
Enviada em 23/02/15
A montagem estonteante e o roteiro irônico enobrecem essa fábula moderna sobre os artifícios da fama e os métodos amorais de uma mídia histérica, que ajuda no processo de distorção dos fatos e transforma em celebridade quem merece a repulsa da sociedade. Os números musicais não se passam no universo real dos personagens, mas no palco ou no tablado. Em outras circunstâncias, isso poderia tornar a obra excessivamente teatral; aqui, no entanto, o recurso funciona muito bem, seja porque tais cenas retratam o universo psicológico dos indivíduos, seja porque elas se prestam a sublinhar a farsa das subcelebridades, que veem a vida como um grande show de cabaré.
Ariane Posi P.
Ariane Posi P.

Segui-los 1 seguidor Ler as 6 críticas deles

4,5
Enviada em 05/01/15
Um perfeito musical com um toque de classe e muito mais
Regiane B.
Regiane B.

Segui-los 11 seguidores Ler as 182 críticas deles

5,0
Enviada em 14/05/14
Boa tarde! Chicago foi um musical da Broadway e tornou-se um ótimo filme, ambientado nos anos 20, conta a história de Roxie Hart, que usa um assassinato para buscar a fama! Eu adorei o filme Chicago, realmente é sensacional e gostei muito do sapateado do Richard Gere! Bom, acho que não só eu gostei, porquê o Richard Gere ganhou o Oscar! Se você ainda não assistiu, veja, porquê é um musical maravilhoso!
Pati V.
Pati V.

Segui-los 3 seguidores Ler as 3 críticas deles

5,0
Enviada em 06/02/14
MA-RA-VI-LHO-SO! Essa é a palavra que melhor descreve este filme. Atuações incríveis, cenários incríveis, figurinos incríveis, músicas incríveis, imagens incríveis e uma história super bem amarrada garantem um verdadeiro espetáculo. Para mim, não deixou a desejar em absolutamente nada. Sou publicitária e adorei ver a paródia que fizeram sobre o jogo de imagens (públicas) construídas através da mídia, com a ajudinha de um advogado um tanto inescrupuloso, que fez as vezes de um genial relações públicas.
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top