Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Lúcia e o Sexo
    Lúcia e o Sexo
    Data de lançamento desconhecida / 2h 11min / Comédia dramática, Erótico, Romance
    Direção: Julio Medem
    Elenco: Paz Vega, Tristán Ulloa, Elena Anaya
    Nacionalidades França, Espanha
    Usuários
    3,7 52 notas e 7 críticas
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Após o sumiço de seu noivo, o escritor Lorenzo (Tristán Ulloa), a bela e independente Lúcia (Paz Vega) decide ir até uma ilha do Mediterrâneo onde seu namorado nunca a quis levar, apesar de seus insistentes pedidos. Lá ela encontra detalhes sobre antigos relacionamentos dele, como se fossem passagens ocultas de seu passado que o autor, com sua ausência, agora a permitisse ler.

    Título original

    Lucía y el sexo

    Distribuidor -
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2001
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 2 curiosidades
    Orçamento -
    Idiomas Espanhol, Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -
    Pela web

    Elenco

    Paz Vega
    Personagem : Lucia
    Tristán Ulloa
    Personagem : Lorenzo
    Elena Anaya
    Personagem : Belén
    Najwa Nimri
    Personagem : Elena
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Fabio R.
    Fabio R.

    Segui-los 130 seguidores Ler a crítica deles

    1,5
    Enviada em 5 de março de 2014
    Tudo gira em torno de uma ilha que lembra a de Lost mas também a ilha do sol do Netinho. O filme tenta várias coisas. Tenta ser erótico, tenta ser pornô, depois tenta ser psi-enigmático, simbólico com a lua e o sol e os buracos, mas só consegue ser longo. Os atores sempre que se falam expressam desejo uns pelos outros e spoiler: o personagem que é escritor come realmente o filme inteiro . É tão ruim que assisti até o final, ...
    Leia Mais
    Bruno Campos
    Bruno Campos

    Segui-los 47 seguidores Ler as 251 críticas deles

    5,0
    Enviada em 16 de fevereiro de 2018
    Obra-prima do espanhol Julio Medem. O filme atinge uma tal complexidade q me motivou a vê-lo novamente (algo raro na minha história, geralmente prefiro deixar a impressão/afetação inicial), especialmente quanto à metáfora dos buracos, de onde se entra num lugar e sai noutro (em referência ao afundamento na melancolia pós perda de alguém muito amado. Destaque para a mais bela cena de sedução ativa por parte de uma mulher q já vi no ...
    Leia Mais
    Julli C.
    Julli C.

    Segui-los 8 seguidores Ler as 20 críticas deles

    2,0
    Enviada em 21 de janeiro de 2015
    O título sugestivo é incompatível com a sinopse... Daria um belo conto poético surreal se não houvessem os excessos, entre cenas descontextualizadas e o apelo erótico (que não funcionou). A raiz da história é bonita, mas o filme é fraco!
    Júlio César
    Júlio César

    Segui-los Ler as 35 críticas deles

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Um roteiro rocambolesco beirando o kitsch (como de costume nos filmes espanhois), mas com atuações maravilhosas e tendo o sexo, as aflições, as tristezas, encontros e desencontros da vida tratados com muita honestidade e crueza. Um filme que vale a pena ser visto."
    7 Comentários do leitor

    Fotos

    19 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Vários

    - É o 1º de dois filmes em que o diretor Julio Medem e a atriz Elena Anaya trabalharam juntos. O posterior foi Um Quarto em Roma (2010).

    Prêmios

    GOYAGanhouMelhor Revelação Feminina - Paz VegaMelhor Trilha SonoraIndicaçõesMelhor FilmeMelhor Diretor - Julio MedemMelhor Ator - Tristán UlloaMelhor Atriz Coadjuvante - Najwa NimriMelhor Atriz Coadjuvante - Elena AnayaMelhor Roteiro OriginalMelhor FotografiaMelhor SomMelhor EdiçãoFESTIVAL DE SEATTLEGanhouMelhor Diretor - Julio Medem

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Juliene Dos P.
      quando eu assistir eu falo
    Mostrar comentários
    Back to Top