Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O Serviço de Entregas da Kiki
    O Serviço de Entregas da Kiki
    27 de julho de 1990 / 1h 42min / Animação, Aventura, Família, Fantasia
    Direção: Hayao Miyazaki
    Elenco: Minami Takayama, Rei Sakuma, Kappei Yamaguchi
    Nacionalidade Japão
    Usuários
    4,2 85 notas e 61 críticas
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Kiki é uma jovem bruxa que acabou de completar 13 anos. Segundo a tradição, quando atingem essa idade, todas as bruxas devem sair de casa por um ano para aprender a viver por conta própria. Ela se muda para a cidade de Korico, junto com Jiji, seu gato falante. Lá ela aprende a seguir em frente com sua vida, apesar de todas as dificuldades que possam surgir. 

    Título original

    Majo no takkyubin

    Distribuidor -
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 1989
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 4 curiosidades
    Orçamento JPY 800.000.000
    Idiomas Japonês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Assista ao filme

    Pela web

    Comentários do leitor

    Jonas Furtado Bittencourt
    Jonas Furtado Bittencourt

    Segui-los 1237 seguidores Ler as 546 críticas deles

    5,0
    Enviada em 18 de março de 2020
    Aproveitando um terno, excêntrico, e divertido conto de uma menina bruxa tentando achar o seu lugar no mundo para fazer uma perspicaz e emocionalmente ressonante alegoria sobre a indelével necessidade que o ser humano tem de pertencer a um lugar e ser amado pelo que é, Miyazaki demonstra mais uma vez não só total domínio estético e criativo de sua obra, como também uma sensibilidade característica apenas dos grandes artistas. Kiki é uma ...
    Leia Mais
    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Segui-los 25681 seguidores Ler as 1 709 críticas deles

    5,0
    Enviada em 18 de outubro de 2019
    Mais uma obra prima dos estúdios Ghibli e do maior diretor de animações da história Hayao Miyazaki! Aqui temos uma história cativante de menina bruxa que sai de sua cidade para descobrir um novo "mundo" ela encontra adversidades e alegrias, O roteiro é espetacular e funciona bem desde o início. Uma animação eterna.
    Rodrigo o que?
    Rodrigo o que?

    Segui-los 5 seguidores Ler as 132 críticas deles

    4,5
    Enviada em 26 de junho de 2020
    A ghibli pega uns exteriotipos sobre bruxa (como gato preto e etc...) E entrega um conto doce sobre uma bruxinha que quer encontrar o seu lugar no mundo
    Artur Magnus
    Artur Magnus

    Segui-los Ler as 10 críticas deles

    5,0
    Enviada em 2 de fevereiro de 2020
    Uma obra prima com toda certeza, um dos meus favoritos dentre as produções do Studio Ghibli. Já havia assistido o filme alguns anos atrás, entretanto com a nova adição ao catálogo da Netflix resolvi dar uma segunda chance que valeu muito a pena. Sem comentários para a cenografia e ambientação, pois são perfeitos em todas as produções do estúdio, entretanto gostaria de destacar a cidade e as paisagens que podemos acompanhar junto de ...
    Leia Mais
    61 Comentários do leitor

    Fotos

    21 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Pesquisa

    Durante a fase de produção do filme, o diretor Hayao Miyazaki e sua equipe viajaram para a Suécia para pesquisar locações. As fotografias tiradas em Estocolmo e Visby serviram de base para a construção da cidade fictícia de Koriko. A cidade também contém traços de Lisboa, Paris, São Francisco e Milão. 

    Realidade alternativa

    A história se passa em 1950, numa Europa alternativa, onde a Primeira Guerra Mundial e a Segunda Guerra Mundial nunca aconteceram. O diretor disse que a cidade fictícia de Kokiro tem um lado as margens do Mediterrâneo, e o outro no Mar Báltico. 

    Troca

    Quando lançado nos Estados Unidos pela Disney, a cena em que é dado café para Kiki é modificada, trocando a bebida por chocolate quente. Isso foi feito porque a companhia não achou apropriado dar café para uma criança, embora dê para ouvir claramente a palavra "café" ser pronunciada em japonês. 
    4 curiosidades

    Últimas notícias

    Melhores animações que não são da Disney
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    domingo, 24 de novembro de 2019
    A história do Studio Ghibli, de O Castelo no Céu a As Memórias de Marnie
    NOTÍCIAS - Negócios
    terça-feira, 17 de novembro de 2015
    Conheça o histórico estúdio japonês de animação criado por Hayao Miyazaki.

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • J. Heleno Paiva
      Aproveitando um terno, excêntrico, e divertido conto de uma menina bruxa tentando achar o seu lugar no mundo para fazer uma perspicaz e emocionalmente ressonante alegoria sobre a indelével necessidade que o ser humano tem de pertencer a um lugar e ser amado pelo que é, Miyazaki demonstra mais uma vez não só total domínio estético e criativo de sua obra, como também uma sensibilidade característica apenas dos grandes artistas. Kiki é uma das personagens mais admiráveis e marcantes de todo o catálogo do Studio Ghibli, sendo o símbolo dos dilemas e anseios de toda uma geração de jovens meninas japonesas, retratando os inerentes conflitos e contradições entre a busca por independência e a dependência, causada pela insistente ansiedade e insegurança características da juventude. Considerando o fato de que esse filme foi lançado pouco mais de um ano depois de Meu Amigo Totoro, é simplesmente impressionante o salto de qualidade técnica que o estúdio deu em tão pouco tempo. Narrativamente, esse filme pode até não ser tão rico quanto o grande clássico, mas meu Deus, que filme lindamente animado! É uma satisfação imensa poder assistir um trabalho tão meticuloso e cheio de afeto como esse, cada frame é uma pintura, as cores são usadas de forma brilhante pelo sucinto roteiro na apresentação e desenvolvimento dos personagens, sendo a própria Kiki o óbvio destaque. Nós acompanhamos com maravilhamento cada passo de sua jornada de amadurecimento, nos importamos com ela, sonhamos seus sonhos, sentimos seus medos, rimos seus risos, e choramos suas lágrimas...Ao final, nós não conseguimos nos despedir daquela doce bruxinha do interior que foi se aventurar na cidade grande, queremos mais dela e do mundo fantástico em que vive. Se for pra ter que apontar um errinho aqui e ali, eu diria que o final foi um pouco apressado e o personagem do menino Tombo é meio irritante às vezes, não acho que era necessário um interesse amoroso. Mas enfim, coisas que você pode relevar facilmente, porque o conjunto da obra é esse : Mais um filme lindo e inesquecível do mestre japonês das animações. Excelente!
    • Senhor Ivan
      Kiki é uma das personagens mais adoráveis da carreira de Miyazaki.A aventura é inspiradora e cheia de bons momentos.Nos leva à infância rapidamente com o conteúdo nostálgico.-Especial Hayao Miyazaki-Dou nota 7/10
    Mostrar comentários
    Back to Top