Meu AdoroCinema
Hiroshima, Meu Amor
facebookTweet
Sessões
Vídeos
Créditos
Críticas dos usuários
Críticas da imprensa
Críticas do AdoroCinema
Fotos
Filmes Online
Hiroshima, Meu Amor
Relançamento 9 de março de 2017
Data de lançamento 1959 (1h 32min)
Direção:
Elenco: Bernard Fresson, Stella Dassas, Emmanuelle Riva mais
Gênero Drama
Nacionalidades Japão, França
Ver o trailer Ver sessões (1)
Imprensa
4,8 4 críticas
Usuários
3,828 notas e 3 críticas

Sinopse e detalhes

Não recomendado para menores de 18 anos
Hiroshima, 1959. Uma atriz francesa casada (Emmanuelle Riva) veio de Paris para trabalhar num filme sobre a paz. Ela tem um affair com um arquiteto japonês (Eiji Okada) também casado, cuja esposa está viajando. Nos dois dias que passam juntos várias lembranças vêem à tona enquanto esperam, de forma aflita, a hora da partida dela. Ela conta que foi "tosquiada", pois se apaixonou por um alemão (Bernard Fresson) quando tinha apenas 18 anos e morava em Nevers, sendo libertada no dia em que seu amor foi morto, já no final da 2ª Guerra Mundial. Por ter amado um inimigo ela foi aprisionada por sua família numa fria e escura adega e agora, 14 anos depois, novamente sente o gosto de viver um amor quase impossível.
Título original

Hiroshima, mon amour

Distribuidor -
Ver detalhes técnicos
Ano de produção 1959
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 6 curiosidades
Orçamento -
Data de retorno 09/03/2017
Idiomas Francês, Inglês, Japonês
Formato de produção -
Cor Preto & Branco
Formato de áudio -
Formato de projeção -
Número Visa -

Sessões

Exibições por cidade
Veja mais cidades
Hiroshima, Meu Amor Trailer Original 2:55
Hiroshima, Meu Amor Trailer Original
2 775 visualizações
Pela web

Elenco

Bernard Fresson
Bernard Fresson
Personagem : Amaante Alemão
Stella Dassas
Stella Dassas
Personagem : Mãe
Emmanuelle Riva
Emmanuelle Riva
Personagem : Elle
Eiji Okada
Eiji Okada
Personagem : Lui
Ficha completa

Crítica da imprensa

  • Cinemação
  • Cineweb
  • Folha de São Paulo
  • Papo de Cinema
4 Artigos de imprensa

Críticas de usuários

Leo Thomas D.
Crítica positiva mais útil

por Leo Thomas D., em 10/03/2016

3,5Bom

Pelo uso inovador do flashback nas cenas, voz over, o ator Eiji que não sabia francês e memorizou palavras para interpretar... Leia mais

Todas as críticas de usuários
67% (2 críticas)
0% (0 crítica)
33% (1 crítica)
0% (0 crítica)
0% (0 crítica)
0% (0 crítica)
3 Críticas de usuários

Fotos

Curiosidades das filmagens

Filme pioneiro

Foi pioneiro no uso de cortes para mostrar cenas em flashback, mesclando com cenas da atualidade.

Luz, câmera, ação!

As filmagens ocorreram entre 1º de setembro e 24 de dezembro de 1958.

Falando francês

O ator Eiji Okada não sabia falar francês e, com isso, teve que memorizar foneticamente cada palavra dita em cena.
6 curiosidades

Últimas notícias

Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

Mais filmes similares

Comentários

Mostrar comentários
Back to Top