Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Pessoa é para o que Nasce
    A Pessoa é para o que Nasce
    27 de maio de 2005 / 1h 24min / Documentário
    Direção: Roberto Berliner, Leonardo Domingues
    Elenco: Gilberto Gil
    Nacionalidade brasileira
    Usuários
    3,3 6 notas e 1 crítica
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Três irmãs cegas. Unidas por esta incomum peripécia do destino, Regina, Maria e Conceição viveram toda sua vida cantando e tocando ganzá em troca de esmolas nas cidades e feiras do Nordeste do Brasil. O filme acompanha os afazeres cotidianos destas mulheres e revela suas curiosas estratégias de sobrevivência, das quais participam parentes e vizinhos. Acompanha também, numa reviravolta inesperada, o efeito do cinema na vida destas mulheres, transformando-as em celebridades.

    Título original

    A Pessoa é para o que nasce

    Distribuidor -
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2004
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 1 curiosidade
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -
    Pela web

    Elenco

    Ficha completa

    Crítica de usuários

    Jackson
    Jackson

    Segui-los Ler as 4 críticas deles

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    O documentário é maravilhoso. Mostra a realidade do povo nordestino e que mesmo com todo sofrimento não deixa de acreditar que pode ser feliz. Não deixem de assisti. Esses tipos de documentários faz com que possamos refletir e pensarmos um pouco mais no valor da vida.
    1 Crítica de usuários

    Foto

    Curiosidade das filmagens

    Vários

    - "A Pessoa é para o que Nasce" foi, inicialmente, um curta-metragem de 6 minutos que percorreu vários festivais do Brasil e do mundo. - Filme de estréia de Roberto Berliner como diretor de longa-metragens. - Em 1997, durante as filmagens da série de TV "Som da Rua", sobre músicos anônimos, o diretor Roberto Berliner conheceu as irmãs Regina, Maria e Conceição. Elas já não cantavam mais nas ruas nem possuíam mais os ganzás, sem os quais não se... Leia Mais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    Mostrar comentários
    Back to Top