Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Rosa Púrpura do Cairo
     A Rosa Púrpura do Cairo
    / 1h 25min / Comédia
    Direção: Woody Allen
    Elenco: Mia Farrow, Jeff Daniels, Danny Aiello
    Nacionalidade EUA
    Ver o trailer
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Em área pobre de Nova Jersey, durante a Depressão, uma garçonete (Mia Farrow) que sustenta o marido bêbado e desempregado, que só sabe ser violento e grosseiro, foge da sua triste realidade assistindo filmes. Mas ao ver pela quinta vez "A Rosa Púrpura do Cairo" acontece o impossível! Quando o herói da fita sai da tela para declarar seu amor por ela, isto provoca um tumulto nos outros atores do filme e logo o ator que encarna o herói viaja para lá, tentando contornar a situação. Assim, ela se divide entre o ator e o personagem.

    Título original

    The Purple Rose of Cairo

    Distribuidor Fox Film do Brasil
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 1985
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 6 curiosidades
    Orçamento 15 000 000 $
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido e Preto & Branco
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Trailer

    A Rosa Púrpura do Cairo Trailer Original 1:30
    A Rosa Púrpura do Cairo Trailer Original
    2 687 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Mia Farrow
    Personagem : Cecilia
    Jeff Daniels
    Personagem : Tom Baxter, Gil Shepherd
    Danny Aiello
    Personagem : Monk
    Dianne Wiest
    Personagem : Emma
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Segui-los 19900 seguidores Ler as 1 652 críticas deles

    4,0
    Enviada em 18 de outubro de 2019
    Woody Allen em ação! Filme na pegada que só Allen tem, num ritmo pausado, mas com a eficiência que é necessária. O roteiro é seu ponto alto com diálogos excepcionais e com um elenco de primeira, excelente atuação de Jeff Daniels, Danny Aiello e Mia Farrow, todos mereciam uma indicação ao óscar, mas formas esquecidos! A rosa púrpura do Cairo é Allen.
    anônimo
    Um visitante
    4,0
    Enviada em 15 de março de 2015
    É tão sublime,a forma em que Woody Allen manipula a vida da personagem principal,Cecilia (Mia Farrow),que fica difícil não ter certos sentimentos durante o filme.Sentimento sim,de raiva e muita das vezes,compaixão.Pois,é tão triste a história de vida de Cecilia,que acabamos interagindo com ela.E pra completar,temos uma fotografia que ajuda no cotidiano triste da história.E não esquecendo de nenhuma forma o final.Talvez seja um dos mais ...
    Leia Mais
    Ferris Bueller N.
    Ferris Bueller N.

    Segui-los 15 seguidores Ler as 94 críticas deles

    3,5
    Enviada em 7 de setembro de 2015
    Considerado por Allen sua obra-prima, sem dúvida A Rosa Púrpura do Cairo é uma carta de amor ao cinema e seu poder na vida das pessoas. O roteiro muito bem escrito traz metalinguagem, personagens bem desenvolvidos e belos questionamentos sobre o ser humano. Um filme de sentimentos.
    Elvira A.
    Elvira A.

    Segui-los 302 seguidores Ler as 266 críticas deles

    4,5
    Enviada em 15 de setembro de 2013
    Um filme delicado, que agrada sobretudo às mulheres que preferem o mundo da fantasia à triste realidade. Mia Farrow, excelente, e Jeff Daniels formam um bonito casal. Woody Allen estava inspirado ao dirigir esta fita.
    10 Comentários do leitor

    Fotos

    37 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    O queridinho do diretor

    O diretor Woody Allen já declarou por diversas vezes que A Rosa Púrpura do Cairo é, entre os filmes que fez, o que mais gosta.

    Mudança no elenco

    Originalmente, seria Michael Keaton quem interpretaria os personagens Tom Baxter e Gil Sheperd. O ator chegou a gravar algumas cenas como o personagem, mas como o diretor Woody Allen não gostou do resultado, resolveu substituí-lo por Jeff Daniels.

    Parcerias

    A Rosa Púrpura do Cairo é o 4º de 13 filmes em que Woody Allen e Mia Farrow trabalharam juntos. Os demais foram Sonhos Eróticos numa Noite de Verão (1982), Zelig (1982), Broadway Danny Rose (1984), Hannah e Suas Irmãs (1986), Setembro (1987), A Era do Rádio (1987), A Outra (1988), Crimes e Pecados (1989), Contos de Nova York (1989), Simplesmente Alice (1990), Neblina e Sombras (1991) e Maridos e Esposas (1992)Este é o 1º de cinco filmes em que Wo... Leia Mais
    6 curiosidades

    Últimas notícias

    Woody Allen não acha que Noivo Neurótico, Noiva Nervosa seja seu melhor filme
    NOTÍCIAS - Personalidades
    quinta-feira, 18 de maio de 2017
    15 grandes atores que nunca foram indicados ao Oscar
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sábado, 4 de fevereiro de 2017
    Como assim?!
    30 grandes filmes sobre o cinema
    NOTÍCIAS - Pré-Produção
    terça-feira, 26 de janeiro de 2016
    Quando a sétima arte descortina os artistas, os bastidores, a criação, as possibilidades, enfim, a própria sétima arte.

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Ivan Sousa...(O Sincero!)
      É tão sublime,a forma em que Woody Allen manipula a vida da personagem principal,Cecilia (Mia Farrow),que fica difícil não ter certos sentimentos durante o filme.Sentimento sim,de raiva e muita das vezes,compaixão.Pois,é tão triste a história de vida de Cecilia,que acabamos interagindo com ela.E pra completar,temos uma fotografia que ajuda no cotidiano triste da história.E não esquecendo de nenhuma forma o final.Talvez seja um dos mais perfeitos,mesmo sendo aquilo que agente não queria ver.★★★★
    Mostrar comentários
    Back to Top