Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O Poderoso Chefão 2
    Média
    4,7
    2536 notas e 338 críticas
    distribuição de 338 críticas por nota
    218 críticas
    93 críticas
    10 críticas
    8 críticas
    4 críticas
    5 críticas
    Você assistiu O Poderoso Chefão 2 ?

    338 críticas do leitor

    anônimo
    Um visitante
    5,0
    Enviada em 24 de fevereiro de 2020
    Francis Ford Coppola retorna dois anos após o fenômeno do primeiro filme nesta continuação que inclusive, ao meu ver, supera o original em vários pontos. Adaptando a obra de Mario Puzzo na ponta da linha, The Godfather Part II, em uma jogada narrativa genial, faz um paralelo entre as jornadas do patriarca da Cosa Nostra, Vito Corleone, e de seu filho, Michael (Al Pacino, na performance de sua carreira), durante sua ascensão no comando do crime organizado, bem como o estreitamento da rivalidade com seus concorrentes e a dissolução de sua família, em mais um jogo de intrigas, traição, e culpa. A escalada dramática dos acontecimentos é perfeitamente calibrada, a medida em que vamos acompanhando a consolidação do poder de Michael, vemos também o começo de tudo, acompanhando a jornada de Vito Andolini, desde sua infância em Corleone, Itália até imigrar para Nova York no início do SécXX. Embarcamos em uma mini odisseia pela vida destes dois homens, ultimamente alegorias para contar um pouco sobre a jornada do imigrante na América, em um enredo provocativo que leva ao máximo o conceito do "sonho americano", bem como patriotismo, família, e a visão míope da sociedade quanto aos verdadeiros criminosos, muitas vezes disfarçados de homens da lei, de autoridades políticas, etc...É muito mais fácil apontar e julgar uma classe de pessoas já estigmatizada, enquanto os verdadeiros causadores dos problemas continuam livres...O Poderoso Chefão 2 é um épico criminal que faz valer cada minuto de sua extensa duração que, um estorvo no filme anterior, cai como uma luva aqui. Não dá para não ficar com os vários temas abordados aqui na cabeça vários dias após assisti-lo. Robert DeNiro, como já era de se esperar, arrasa no papel do jovem Don Corleone, mesmo não se parecendo com Brando fisicamente, o ator compensa tudo no talento. Quem também tem sua chance de brilhar aqui é o grande John Cazale, ator que teve uma carreira tão breve quanto brilhante, e sua atuação como Fredo marca seu ponto alto definitivo, transformando um personagem tosco, em um multifacetado, de motivações e emoções complexas. Porém, ao meu ver, assim como seu antecessor, fica faltando algo mais no final, observando-o por inteiro, para ser efetivamente uma Obra-prima. Não me levem a mal, esta talvez seja a melhor continuação já feita, mas pessoalmente não me deixou com um impacto emocional e intelectual tão grande para ser uma "masterpiece". Eu entendo perfeitamente a importância e o amor que as pessoas tem por esses filmes, mas realmente não é o tipo de filme que atinge meu âmago. Carrega muitos defeitos do anterior, como o excesso de personagens descartáveis, e no núcleo principal, personagens femininas reduzidas à meros recursos do roteiro para fazer a trama andar, e na maioria das vezes nem isso, sendo Connie uma personagem que sumindo não faria a mínima diferença no filme... Sem falar em algumas sequências, como as cenas em Cuba durante a revolução de 59 que soam completamente deslocadas do resto da história, conferindo um tom de thriller político Internacional para denotar a influência da máfia na política que me pareceu um tanto didática demais para mim, as cenas das audiências públicas de Michael no senado inclusas também. Enfim, um filme muitíssimo bem feito com certos erros pontuais que não consegui deixar pra lá, mas obviamente uma obra respeitável, e certamente mais completa que a anterior.
    Anderson  G.
    Anderson G.

    Segui-los 732 seguidores Ler as 276 críticas deles

    5,0
    Enviada em 12 de setembro de 2016
    É muito difícil dá continuidade a uma obra perfeita, mas coppola conseguiu, “Poderoso chefão parte II” pode não ser a personificação perfeita do cinema como seu antecessor, mas é um filme espetacular, como fotografias sublimes, os elementos de tela dessa trilogia são perfeitos, todas as características dos personagens, os figurantes, até a mobília contrasta com a cena, e a trilha sonora desse filme é algo magnifico, eu já comentei na minha analise anterior da parte I sobre a parte técnica do filme, que continua impecável, juntamente com as atuações, que bom, se aqui não temos Marlon temos De niro, que embora são Supla a falta do padrinho, nos deixa preso em seus momentos de atuação, e Al Pacino, bom, nem se fala....o único pecado aqui é o roteiro, que embora seja muito bom, contrastando o inicio da família corleone ao seu momento máximo de crise, mas o roteiro não prende como o primeiro, e em certos momentos se torna confuso, e tem 20 minutos a mais de filmes, que de certa forma são bem aproveitados , e no final ele nos brinda com uma cena pôs credito, para ficar em nossas cabeças durante os I5 anos até a parte III, assistir essa trilogia é mais que ver um filme, é aprender sobre cinema.
    Francisco Russo
    Francisco Russo

    Segui-los 12501 seguidores Ler as 687 críticas deles

    2,5
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Esta sequência em nada fica a dever aooriginal. Não é a toa que é até hoje a única sequência a levar o Oscar de MelhorFilme. A divisão entre a história no passado e no presente é perfeita, semcomplicações nem confusões por parte do expectador. Al Pacino, mais uma vez, mostratodo o seu talento como Michael Corleone, bem como Robert Duvall novamente se destaca nopapel de seu irmão Tom Halen. Quem também está muito bem é Robert DeNiro, como ojovem Vito Corleone, e Talia Shire, como Connie. Nota 10 com louvor.
    anônimo
    Um visitante
    4,0
    Enviada em 1 de setembro de 2015
    Essa segunda parte,eu achei bem mais forte,pelo menos em relação ao primeiro filme.Depois de saber tudo que se passa na "Família Corleone",e o que é responsável,adentramos na história sobre a infância de Don Vito.Uma surpresa de ter visto isso,já que pensei que o filme partiria de onde tinha acabado no primeiro filme.E temos razões para favoritar esse,já que contém Al Pacino novamente,só que bem mais intenso.E Robert DeNiro.Ambos comandam a narrativa,e mostram uma dinâmica excelente.Diane Keaton e Robert Duvall também fazem parte do espetáculo.O interessante é que assistimos um filme com duração de 3:20 e não perceber que o filme passa tão depressa.
    Lucas S.
    Lucas S.

    Segui-los 163 seguidores Ler as 204 críticas deles

    4,0
    Enviada em 5 de junho de 2017
    O clássico Poderoso Chefão em sua parte 2, nos apresenta um enredo melhorado em relação ao primeiro. Este filme aborda a história das famílias italianas que se radicaram no EUA. Contudo, alguma dessas se tornando parte de uma máfia, a tão famosa máfia italiana com seus trejeitos e peculiaridades da cultura italiana. Precisamente a família Corleone que é apresentada em duas fases, intercalando entre o tempo presente com Michel e o passado com Vito, este desde sua infância até atingir o ápice. Enquanto a história de Michel é em relação a seus conflitos, ameaças, inimigos, mortes, promessas, dinheiro... E tudo mais que pode se pensar. O filme é longo, mas sem criar monotonias sendo prazeroso de assistir.
    Fernando Schiavi
    Fernando Schiavi

    Segui-los 1546 seguidores Ler as 389 críticas deles

    5,0
    Enviada em 9 de fevereiro de 2012
    Excelente continuação para o grande sucesso da parte I. Neste filme acompanhamos Vito Corleone desde os tempos de criança quando fugiu da Itália após ter sua família toda morta por um mafioso local. Chegando na América, adotou o sobrenome Corleone referente à cidade natal e cresceu sempre lutando para sobreviver juntamente com suaesposa e filhos que ianm nascendo no decorrer dos anos. Depois de matar um mafioso que exigia porcentagem dos ganhos aos comerciantes locias, o seu poder, influência e riqueza começa acrescer cada vez mais, conquistando assim o respeito de todos. Paralelamente, já nos anos 50, o caçula Michael tenta expandir os negócios da família buscando novos investimentos em Havana eLas Vegas e se depara cada vez mais com traições, interesses e se vê em uma situação delicada no casamento e com membros da família, além de ter que se confronatr com uma investigação geral contra a máfia e consequentemente contra sua família e negócios. Destaco o ótimo elenco niovamente, infelizmente sem Marlon Brando, mas trazendo Al Pacino com um atuação soberba, além do sempre perfeito Robert De Niro. Ninguém melhor do que ele para interpretar Don Vito mais jovem. A entonação de voz e movimentos corporais estão iguais de Marlon Brando, é de fato um grande trabalho de De Niro. O filme mantém a mesma qualidade do anterior em todos os aspectos e aprofunda ainda mais as relações entre os familiares e aliados. O filme conta com outro grande roteiro, uma competente edição, além do figurino, direção de arte, a excepcional fotografia e é claro, a mais uma vez genial e firme direção de Coppola. O filme é uam aula de como fazer cinema e de como uma sequência pode manter o nível do original. A única coisa que peca é que o filme tem quase 3 horas e meia, e em alguns pontos ele se torna arrastado, mas o grande mérito da edição em deixar o filme mais ágil e intercalando bem o passado de Vito e o presente da família Corleone, é ainda mais evidente neste filme. Mas vale a pena no quesito fidelidade ao livro de Mario Puzzo. Imperdível!
    Felipe F.
    Felipe F.

    Segui-los 1506 seguidores Ler as 510 críticas deles

    5,0
    Enviada em 26 de fevereiro de 2019
    Coppola consegue fazer mais um filme perfeito, a parte 2 é impecável, fotografia espetacular, trilha sonora magnífica, atuações fantásticas e um roteiro sensacional, mais uma obra-prima, que consegue manter o mesmo nível do primeiro filme. Excelente.
    Guilherme M.
    Guilherme M.

    Segui-los 107 seguidores Ler as 163 críticas deles

    5,0
    Enviada em 7 de agosto de 2014
    Mantendo o mesmo tom do primeiro filme O Poderoso Chefão 2 e uma das melhores continuações já feita no cinema mostrando-se uma obra-prima !!
    Antonio A.
    Antonio A.

    Segui-los 16 seguidores Ler as 37 críticas deles

    5,0
    Enviada em 29 de novembro de 2014
    Sai uma gera e entra um monstro! Manteve o padrão, o que muitas vezes não se consegue em continuações!
    Vinícius d
    Vinícius d

    Segui-los 45 seguidores Ler as 240 críticas deles

    4,5
    Enviada em 29 de dezembro de 2018
    Continuação de Poderoso Chefão filme passa no entorno do herdeiro, filho do padrinho. Traição no seio familiar e o que tenta rolar no filme, negocios mirabolantes da mafia Corleone tambem aparecem. Al Pacino salva bem o filme e a ideia de traçar um paralelo (com Vito Corleone jovem) foi bem genial por parte do Coppola. Nada mais nada menos que Robert de Niro no papel do Vito jovem, para quem gosta do ator. A ideia salvou o filme. Não repetiu o sucesso do primeiro mas esta de parabens. O resto so assistindo.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top