Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    A Princesa e o Plebeu
    Curiosidades, bastidores, novidades, e até segredos escondidos de "A Princesa e o Plebeu" e da sua filmagem!

    O projeto inicial

    O projeto de levar às telas de cinema A Princesa e o Plebeu inicialmente era do diretor Frank Capra, que tinha a intenção de colocar nos papéis principais do filme os atores Cary Grant e Elizabeth Taylor.

    Quase que o filme não acontece

    O diretor William Wyler inicialmente queria que a atriz Jean Simmons interpretasse a Princesa Ann. Quando ele soube que Simmons não poderia atuar em A Princesa e o Plebeu, Wyler chegou inclusive a cancelar temporariamente a produção do filme.

    Emotividade: da atuação à realidade

    Quando a cena em que a princesa se despede de Joe foi rodada, a atriz Audrey Hepburn não conseguia de maneira alguma derramar as lágrimas necessárias na atuação. Após várias tomadas desperdiçadas, o diretor William Wyler reclamou com ela e fez com que Hepburn começasse a chorar. Somente após isto ocorrer a cena pôde ser rodada com sucesso.

    Caminho ao estrelato

    Após o término das filmagens, o ator Gregory Peck disse aos produtores que, como era bem provável que Audrey Hepburn fosse indicada ao Oscar por seu papel em A Princesa e o Plebeu, seria melhor que o nome dela aparecesse logo após o título do filme.

    Continuação...

    Na década de 70 chegou a ser proposta uma sequência para A Princesa e o Plebeu, que reuniria mais uma vez Audrey Hepburn e Gregory Peck. No filme, Ann já seria uma rainha e Joe Bradley um romancista de sucesso, com a história central se passando entre seus filhos, que se apaixonariam. Porém, tal filme nunca chegou a sair do papel.

    Refilmagem

    A Princesa e o Plebeu foi refilmado para a TV americana em 1987, com Tom Conti e Catherine Oxenberg nos papéis principais.

    Premiações

    Oscar 1954

    Premiado: Melhor Atriz (Audrey Hepburn), Melhor Figurino - preto e branco, e Melhor História Original.
    Indicação: Melhor Filme, Melhor Diretor, Melhor Ator Coadjuvante (Eddie Albert), Melhor Edição, Melhor Direção de Arte - preto e branco, e Melhor Fotografia - preto e branco.

    Globo de Ouro 1954

    Premiado: Melhor Atriz de filme dramático (Audrey Hepburn).

    BAFTA 1954

    Premiado: Melhor Atriz Britânica (Audrey Hepburn).
    Indicação: Melhor Filme e Melhor Ator Estrangeiro (Gregory Peck e Eddie Albert).

    NYFCC Award 1953 (New York Film Critics Circle Awards)

    Premiado: Melhor Atriz (Audrey Hepburn).

    Curiosidades de filmes mais lidas dos últimos 30 dias
    • Extraordinário (2017)
    • Cinquenta Tons de Cinza (2015)
    • Tenet (2020)
    • After - Depois da Verdade (2020)
    • Nasce uma Estrela (2018)
    • Harry Potter e a Pedra Filosofal (2001)
    • Mulher-Maravilha (2017)
    • Superação - O Milagre da Fé (2019)
    • 365 DNI (2020)
    • Vingadores: Ultimato (2019)
    • O Juiz (2014)
    • Podres de Ricos (2018)
    • A Voz Suprema do Blues (2020)
    • A Centopéia Humana (2009)
    • Sol da Meia-noite (2018)
    • Cinquenta Tons Mais Escuros (2017)
    • Mandy: Sede de Vingança (2018)
    • Até o Último Homem (2016)
    • Sob o Mesmo Céu (2015)
    • O Livro de Eli (2010)
    Back to Top