Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Retrato de uma Jovem em Chamas
     Retrato de uma Jovem em Chamas
    9 de janeiro de 2020 / 2h 02min / Drama, Histórico
    Direção: Céline Sciamma
    Elenco: Noémie Merlant, Adèle Haenel, Luàna Bajrami
    Nacionalidade França
    Ver o trailer
    Assista agora
    Imprensa
    4,1 13 críticas
    Usuários
    4,1 72 notas e 8 críticas
    Adorocinema
    2,5
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 14 anos
    Na França do século XVIII, Marianne (Noémie Merlant) é uma jovem pintora que recebe a tarefa de pintar um retrato de Héloïse (Adèle Haenel) para seu casamento sem que ela saiba. Passando seus dias observando Héloïse e as noites pintando, Marianne se vê cada vez mais próxima de sua modelo conforme os últimos dias de liberdade dela antes do iminente casamento se veem prestes a acabar.
    Título original

    Portrait de la jeune fille en feu

    Distribuidor Supo Mungam Films
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2019
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 2 curiosidades
    Bilheteria no Brasil 29 019 entradas
    Orçamento -
    Idiomas Francês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Assista ao filme

    Online
    Assista agora
    Veja todos os filmes online

    Críticas AdoroCinema

    2,5
    Regular
    Retrato de uma Jovem em Chamas

    Desejos transparentes

    por Bruno Carmelo
    O ponto de partida deste drama é particularmente interessante: acostumada às narrativas contemporâneas sobre sexualidade e identidade de gênero, a diretora Céline Sciamma volta ao século XVIII para investigar a manifestação da homossexualidade nas sociedades anteriores à liberação feminina. Existe um claro esforço para retirar da produção a atmosfera pomposa típicas dos filmes históricos: desta vez, as atrizes falam com a entonação e o traquejo das garotas do século XXI, enquanto as altas esferas do poder (os homens, por consequência) estão convenientemente ausentes. As mulheres são as únicas convocadas a esta reunião.   O olhar se torna a porta de entrada para a manifestação do desejo. “Tomem o tempo de me observar. Observem as minhas mãos, a minha silhueta”, solicita a pintora e professora de artes plásticas Marianne (Noémie Merlant) quando posa de modelo às alunas. Em seguida, ela r...
    Ler a crítica

    Trailer

    Retrato de uma Jovem em Chamas Trailer Legendado 2:15
    Retrato de uma Jovem em Chamas Trailer Legendado
    6 917 visualizações

    Entrevista, making-of e cena

    Festival de Cannes 2019 Destaques 4:10
    Festival de Cannes 2019 Destaques
    3 216 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Noémie Merlant
    Personagem : Marianne
    Adèle Haenel
    Personagem : Héloïse
    Luàna Bajrami
    Personagem : Sophie
    Valeria Golino
    Personagem : La Comtesse
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Leonardo G. Wild
    Leonardo G. Wild

    Segui-los Ler as 39 críticas deles

    3,5
    Enviada em 24 de janeiro de 2020
    VOCE CERTAMENTE NAO VIVEU ATE VER ESSE FILME - Um daqueles filmes que rodam em 50rpm, que te convida a diminuir o ritmo, que te convoca a entrar em um romance incrível - Como um peça de teatro, se você se entregar a lógica lenta e constante do filme, poderá se ver no meio daquele romance, em um lugar distante (que poderia ser qualquer campo) entre duas mulheres revolucionarias (que poderiam ser qualquer mulher) em uma casa que não importa, ...
    Leia Mais
    Maisa Vilanova
    Maisa Vilanova

    Segui-los Ler as 4 críticas deles

    5,0
    Enviada em 28 de janeiro de 2020
    Filme com cenas sensuais, sem ser vulgar. Uma obra que nos faz sentir vontade de estar na história. Uma fotografia linda. O cinema francês tem o poder de nos mostrar qual a finalidade do cinema: nas fazer mergulhar em toda a obra. Destaque para as lindas atrizes que foram convincentes nos seus personagens.
    Thaís Fernandes
    Thaís Fernandes

    Segui-los Ler as 3 críticas deles

    5,0
    Enviada em 13 de janeiro de 2020
    O filme é intenso e maravilhoso. A imagem, a história e o elenco se unem e deixam tudo em uma perfeita sincronia. Vale muito a pena assistir
    João.
    João.

    Segui-los Ler a crítica deles

    4,0
    Enviada em 14 de janeiro de 2020
    Fotografia incrível, assim como a sensibilidade que o filme transmite. Transparece emoções e sensações de uma forma leve e intensa, com demonstrações de amor e sentimentos a flor da pele. Não mostra preocupações em economizar tempo, pois o permite demonstrar mais, podendo ser taxado de alongado por aqueles que não sintam a emoção transmitida. Desenvolve muito bem a trama, é claro e mantém a narrativa interessante ao longo de sua ...
    Leia Mais
    8 Comentários do leitor

    Fotos

    14 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Festival

    Selecionado no Festival de San Sebastian, em 2019, na mostra "Perlak".

    Mix Brasil

    Selecionado na 27ª edição do Festival Mix Brasil, em 2019, na categoria "Panorama Internacional".

    Últimas notícias

    César 2020: Roman Polanski ganha prêmio de Melhor Diretor sob protestos; Os Miseráveis leva Melhor Filme
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
    5 Filmes de época protagonizado por casais lésbicos
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sábado, 11 de janeiro de 2020
    Retrato de uma Jovem em Chamas já chegou aos cinemas e está na hora de prestigiar esse subgênero do cinema!
    Ameaça Profunda é a maior estreia da semana
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quinta-feira, 9 de janeiro de 2020
    Adoráveis Mulheres também é destaque.
    13 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Thiago Soares Mota
      - 185º filme de 2.020! Visto em 06/05...- Nota: 8,0/10 - Bom...- Um bom filme no geral: ambientação, direção, direção de arte, fotografia, montagem, roteiro e trilha sonora caprichados, além de boas atuações do trio Adèle Haenel,Luàna Bajrami e Noémie Merlant! A dupla de protagonistas tem muita química e a atração e o desejo entre as personagens é intenso e latente, se revelando nos pequenos detalhes! Porém, o ritmo é um pouco lento e a duração um pouco exagerada! Poderia ter uns quinze minutos a menos! Mas, mesmo assim, vale uma sessão...
    • Iury Rezende
      Realmente uma obra-prima. Assisti no último dia do ano e foi uma grata surpresa. Filme maravilhoso em todos os sentidos. esta entre as grandes obras que tem como um retrato como personagem, assim como O Retrato Oval de Poe, O Retrato de Dorian Gray de Oscar Wilde, Vertigo de Hitchcock, Laura de Preminger, O Retrato de Jennie de Willian Dieterle. O retrato, neste filmes, são como a busca do eterno, a captura da alma, do belo, da essência, que atravessa os tempos e desafia a morte. Revela algo mais que o olhar que não consegue ver, só apenas com o conhecimento, o convívio e os segredos revelados, assim como em Blow Up de Antonioni, ou mesmo os signos semióticos do retrato de Carlotta em Vertigo. Este filme tem o fascínio, como nestes outros clássicos, porque o público e o artista busca esta essência, esta beleza, esta imortalidade.O filme também esta entre as grandes obras clássicas do amor proibido, onde a paixão foi sempre condenado, desde Eros e Psique, Orfeu e Eurídice (obra chave nesta película), Tristão e Isolda, Abelardo e Heloísa (nome também da personagem do retrato) e diversas outras obras, principalmente as do século XIX, no auge do romantismo, como nos livros das irmas Brontë, Jane Eyre e O Morro dos Ventos Uivantes. Realmente não faltam elementos românticos do século XIX, como a Mansão pouco habitada e a luz de velas, praias belas e com ondas tempestuosas, lindas moças com seus vestidos longos e expressões tristes.A paixão maldita ganha mais peso ainda por ser uma paixão homo-sexual, de duas mulheres, uma libertária, mas tendo que se submeter as normas patriarcais até mesmo no meio artístico, e uma jovem prometida em casamento por convenção da mãe, Valério Golino(ainda belíssima) que quer casar a filha para satisfazer seus próprios interesses. Esta maldição ganha a área do trágico, não do Melodrama novecentista, ou da tragédia grega, apesar de estar simbolicamente vinculada ao mito de Orfeu e Eurídice, comentado e pontuado em algumas cenas, mas do trágico íntimo, secreto, doloroso, que não desafiou as convenções ou ousou se mostrar a público, do amor que durou apenas cinco dias, mas também na eternidade (no retrato). O desfecho é uma das cenas mais belas do cinema, ao som de uma das composições mais magníficas, o Inverno de Vivaldi.Nota 10. Esta entre os cinco melhores deste ano, atrás de Joker, Parasita, O Farol e Bacurau.
    • Senhor Ivan
      Um filme comum em boa parte do tempo.Traz algumas sequências animadoras sobre as descobertas das belas personagens e seus segredos particulares.A diretora Céline Sciamma,novamente,realiza um filme sensível,daqueles que não queremos que não acabe nunca.Esse aqui,é um dos mais lindos de sua filmografia,com certeza.Tanto no belíssimo figurino,passando pela ótima fotografia e chegando até o elenco com bela maquiagem e penteado.>Assistido em 19 de Janeiro de 2020-Dou nota 7/10
    Mostrar comentários
    Back to Top