Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Ana e Vitória
     Ana e Vitória
    2 de agosto de 2018 / 1h 55min / Comédia Musical, Romance, Comédia
    Direção: Matheus Souza
    Elenco: Ana Caetano, Vitória Falcão, Victor Lamoglia
    Nacionalidade Brasil
    Ver o trailer
    Imprensa
    3,0 6 críticas
    Usuários
    3,7 172 notas e 22 críticas
    Adorocinema
    3,5
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 12 anos
    Rio de Janeiro. Ana (Ana Caetano) e Vitória (Vitória Falcão) já haviam até mesmo estudado juntas, mas apenas se aproximam de fato em uma festa realizada muito longe de sua cidade natal, a pequena Araguaína, no Tocantins. Após se apresentar na festa, Ana fica impressionanda com a informal cantoria de Vitória, em uma rodinha de violão. Logo surge a ideia de gravarem algo juntos, que rapidamente explode na internet e chama a atenção do produtor Felipe Simas (Bruce Gomlevsky). A fama repentina as traz de volta ao Rio de Janeiro, para um show transmitido pela internet e a produção de seu primeiro CD.
    Distribuidor Galeria Distribuidora
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2018
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 1 curiosidade
    Bilheteria no Brasil 63 292 entradas
    Orçamento -
    Idiomas Português
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Críticas AdoroCinema

    3,5
    Bom
    Ana e Vitória

    Um conto moderno

    por Francisco Russo
    Não é de hoje que ídolos da música transitam pelo cinema, muitas vezes tratado como mero veículo publicitário. À primeira vista, Ana e Vitória não foge à regra: a ideia é contar um pouco da origem do duo Anavitória, nascido no interior do Tocantins rumo ao sucesso através da internet, a partir do tom bem-humorado e espirituoso de suas protagonistas. Só que, muito habilmente, o diretor Matheus Souza vai além do convencional ao entregar um contundente painel dos relacionamentos modernos em uma geração que faz absolutamente tudo diante do celular. Bem-vindo aos millennials!Tal transição é feita de forma tão suave que, em vários momentos, o espectador é até mesmo capaz de esquecer que está diante de uma cinebiografia. A abertura em plano sequência em busca de Vitória logo leva ao encontro de Ana, que, com o violão em punho, se apresenta em uma festa no Rio de Janeiro. Distantes de sua cidade...
    Ler a crítica

    Trailer

    Ana e Vitória Trailer Oficial 2:29
    Ana e Vitória Trailer Oficial
    17 395 visualizações

    Entrevista, making-of e cena

    Ana e Vitória: Entrevista com Ana Caetano e Vitória Falcão 4:02
    Ana e Vitória: Entrevista com Ana Caetano e Vitória Falcão
    669 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Ana Caetano
    Personagem : Ana
    Vitória Falcão
    Personagem : Vitória
    Victor Lamoglia
    Personagem : Ricardo
    Thati Lopes
    Personagem : Iza
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Angélica S.
    Angélica S.

    Segui-los 6 seguidores Ler a crítica deles

    1,5
    Enviada em 9 de agosto de 2018
    Achei com um tanto de promiscuidade. História muito pobre da vida das artistas. Ficou focado mais na suas vidas amorosas, o que deu a entender que trocavam de parceiras e parceiros com muita facilidade de futilidade. Gostei apenas do humor das cantoras.
    Maria X
    Maria X

    Segui-los Ler a crítica deles

    1,5
    Enviada em 22 de novembro de 2018
    Acompanho a dupla desde 2013 e sou fã dessa duas tão queridas, mas confesso que me decepcionei com o filme. Achei desnecessária a maneira que foi exposta a vida amorosa da dupla, mostrando a troca de parceiros e parcerias com muita futilidade. Essas meninas arrastam uma legiao de jovens e são formadoras de opinião, deveriam saber que o mundo fora dos holofotes não é tão simples como mostrado no filme. Uma lástima, achei que fosse ...
    Leia Mais
    Otavio W.
    Otavio W.

    Segui-los 125 seguidores Ler as 227 críticas deles

    4,0
    Enviada em 8 de agosto de 2018
    Hoje dia de assistir um filme de uma dupla que ganhou fama muito recentemente e de forma muito rápida, que poderia já ser uma cinebiografia, mas que na verdade é um pouco isso e um pouco de muitas aventuras amorosas regadas a muita comédia. O começo do filme é a parte mais complicada de gostar, o filme começa com músicas e já largado numa situação que deveria apresentar como as duas se conheceram, mas que na verdade mais parece uma ...
    Leia Mais
    Amanda F.
    Amanda F.

    Segui-los 6 seguidores Ler a crítica deles

    4,0
    Enviada em 16 de outubro de 2018
    Assim, é um filme muito bom! Porém como fã, eu queria ver mais das duas, e não dos casos delas. Como as duas se reencontraram, a conexão que elas tem, eu estava esperando que fossem explorar mais isso. Porém, eu amei de qualquer jeito, sendo delas é sucesso!
    22 Comentários do leitor

    Fotos

    Curiosidade das filmagens

    Parece, mas não é

    Apesar da história ser sobre duas amigas que formam um duo musical, o filme não é uma cinebiografia da dupla Anavitória; é apenas baseado na trajetória das cantoras.

    Últimas notícias

    Retrospectiva 2018: As 20 maiores bilheterias do cinema brasileiro
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 4 de janeiro de 2019
    Retrospectiva 2018: As melhores entrevistas nacionais do AdoroCinema
    NOTÍCIAS - Entrevistas
    sexta-feira, 28 de dezembro de 2018
    We speak portuguese.
    Awesome Mix Vol. 2018:  As canções mais marcantes do cinema
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 14 de dezembro de 2018
    Chegou a hora da retrospectiva 2018 relembrar os hits das telonas. Aperta o play!
    10 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Senhor Ivan
      Se junta aos filmes inúteis que o cinema nacional já produziu.Não há nada que possa animar em duas horas de filme.Algumas aventuras românticas bem ruins,algumas canções cantadas para tapar furos em um roteiro ruim (as canções também são ruins),e um elenco com muita gente ruim tentando viver bons personagens.>Assistido em 24 de Janeiro de 2020-Dou nota 3/10
    • Thiago Soares Mota
      - 93º filme de 2.019 (o décimo na Netflix) - Visto em pela segunda vez em 25/03 (visto anteriormente em 10/11/2.018)...- Eu tenho que confessar que sou apaixonado no duo Anavitória, então é provável que eu não consiga ser imparcial nessa resenha! Sou uma espécie de Hamilton (menos empolgado, menos careca e sem pochete), mas não tive a oportunidade de conhecê-las pessoalmente nem ir a um show delas ainda! Também não me considero um grande fã, mas gosto muito da música que elas fazem! Elas são o que de melhor surgiu na música brasileira nos últimos vinte ou trinta anos! A qualidade e o frescor do som que elas produzem são um alívio musical e uma constatação que a música brasileira ainda não chegou ao fundo do poço, mesmo com tanta coisa ruim surgindo a cada dia e sendo amplamente divulgado! Esta não é uma cinebiografia que segue a risca a trajetória do duo Anavitória, mas sim uma mescla de comédia, musical e romance que conta um pouco da história das duas através das músicas e de muito romance (mas não conheço a história de ambas a fundo para dizer se esses romances aconteceram ou não)! A pluralidade das relações e dos relacionamentos podem não agradar a todos, mas quem não tem preconceito em relação a sexualidade vai curtir numa boa! O filme em si é uma delícia de ver, a abertura é muito criativa e as músicas são inseridas de acordo com o momento e o contexto, o que é uma evolução muito grande na carreira do diretor Matheus Souza, que dirigiu o pior filme da história do cinema nacional, o horrendo Tamo Junto (2.016)! Momentos de humor inteligente com os nomes Ricardo Guilherme e Sérgio, coxinhas, o apetite da Ana e as hipérboles nos diálogos da dupla trazem um frescor a comédia nacional e prova que não é preciso ser histriônico pra (tentar) fazer rir (fica a dica Fábio Porchato, Leandro Mala Hassum, Marcelo Maladnet e Paulo Gralha Gustavo, entre outros)! Apesar de não serem atrizes, Ana Caetano e Vitória Falcão estão seguras e não comprometem, ambas são amáveis, carismáticas, divertidas, lindas, sensuais, talentosas (dá vontade de abraçar e não soltar nunca mais), o mesmo acontecendo com os coadjuvantes! Vale ressaltar a atuação da estreante Clarissa Muller, muito, mas muito sensual, apesar da personagem ser um pouco chatinha em algumas cenas! Não é um filme perfeito, mas é aquela sessão que termina com o espectador com um sorriso de satisfação no rosto! Bom cinema e música de qualidade! Recomendo...- Nota: 9,0/10 (ótimo)...(Obs.: o 94º filme de 2.019, também visto no dia 25/03 na Netflix, foi o documentário Anavitória: Araguaína - Las Vegas, que meio que complementa o filme Ana e Vitória, sem registro aqui no site, portanto, sem resenha)...
    • andclay
      filme muito bonitinho. bem feito. parabéns
    • Maur?cio G.
      Uma graça de filme. As músicas são melhores ainda.
    • Edson
      Assista o filme agora, acesse aqui: >>> WWW.FILMESONLINEX.IO <<<
    • Paulo Cesar
      2 motivos me faz ter muita vontade de assisti esse filme. Matheus Souza que já me surpreendeu muito com sues roteiros, o cara é jovem e tem um baita talento e é muito criativo e busca as fontes certas de inspiração para seus roteiros. E Ana e vitória que são 2 cantoras encantadoras com músicas que possuem letras lindas, melódia suave e gostosa de ouvir, e harmonia muito boa com o timbre delas que combinam perfeitamente. Na verdade são 3 motivos, porque eu conhecia apenas 1 ou 2 música delas antes de ter visto o trailer, que provavelmente eu tinha escutado em algum lugar. Mas o trailer serviu de prato cheio para eu conhecer as músicas dela e ir buscar pela internet mais sobre elas, e me viciei completamente em todas músicas delas. Que bom que está sendo bem recebido pelo público.
    • Vi L.
      vcs vão lançar Ana e Vitória em stm
    Mostrar comentários
    Back to Top