Meu AdoroCinema
  • Meus amigos
  • Meus cinemas
  • Notas Express
  • Minha coleção
  • Minha conta
  • Promoções
  • Desconectar
Verão
Nota média
3,2
11 publicações
  • Télérama
  • Cineweb
  • Estado de São Paulo
  • Folha de São Paulo
  • O Globo
  • Papo de Cinema
  • Screen International
  • The Guardian
  • The Hollywood Reporter
  • Critikat.com
  • Variety

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

11 críticas da imprensa

Télérama

por Jacques Morice

Leve, barroco e criativo, "Verão" nos faz descobrir uma nova onda do rock prestes a emergir. Uma formidável corrente de energia, de ebulição criativa que carrega consigo a premissa de uma mudança política.

A crítica completa está disponível no site Télérama

Cineweb

por Neusa Barbosa

Essa liberdade de reimaginar, visualmente, passagens de uma história calcada em fatos reais afasta o trabalho de Serebrennikov de uma proposta muito documental, sintonizando mais na liberdade sensorial, sensual, de atitude e pensamento que caracteriza a própria juventude.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

Estado de São Paulo

por Luiz Carlos Merten

"Verão" é deslumbrante, e se baseia numa história real. Reconstitui os anos do rock, durante a perestroika, quando Mikhail Gorbachev começou a abrir a (antiga) URSS, e o regime comunista entrou em colapso.

A crítica completa está disponível no site Estado de São Paulo

Folha de São Paulo

por Cássio Starling Carlos

Com uma estética de videoclipe dos anos 1980, intervalos musicais interrompem o fluxo narrativo. [...] Um dos personagens faz comentários irônicos que tornam o filme uma reflexão sobre a rebeldia, identificando seu alcance e seus limites.

A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

O Globo

por André Miranda

O interessante da produção é sua interpretação visual do momento, com uma série de interferências gráficas e criativas passagens oníricas. O rock, afinal, é mais do que uma história. É um sentimento.

A crítica completa está disponível no site O Globo

Papo de Cinema

por Marcelo Müller

A produção de Kirill Serebrennikov exala uma nostalgia festiva, conservando traços agridoces ao remontar a um passado em que a arte e a jovialidade faziam frente, mesmo que veladamente, ao regime em vigor. É uma ode ao próprio rock and roll.

A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

Screen International

por Jonathan Romney

Muito repetitivo e auto-indulgente para justificar seu longo tempo de execução, “Verão” faz algumas afirmações sobre nossas emoções no final, como legendas discretas mostram que estamos assistindo uma geração condenada. A energia e a paixão do filme não podem ser criticadas.

A crítica completa está disponível no site Screen International

The Guardian

por Peter Bradshaw

Apesar do título, é um filme distintamente invernal, com algumas mudanças de humor para lugar nenhum [...] “Verão” é principalmente sobre falar, fumar e sair. É um filme com alguns momentos maravilhosos e alguns trechos levemente esquecíveis.

A crítica completa está disponível no site The Guardian

The Hollywood Reporter

por Leslie Felperin

É um trabalho leve sobre jovens soviéticos desalinhados em 1980 [...] Realmente não acontece muito em “Verão”. Há algumas sequências maravilhosamente fluidas e muitas cenas do conjunto fervendo. No fundo, está mais preocupado em captar a sensação do início dos anos 80, a paranóia.

A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

Critikat.com

por Thomas Choury

Mais pretexto divertido para uma proeza técnica do que um verdadeiro aprofundamento, isso acaba tornando o filme quase inexistente. [...] Devorado por seus subterfúgios diante do verdadeiro tema, resta apenas um belo objeto decorativo e sofisticado, esvaziado de conteúdo.

A crítica completa está disponível no site Critikat.com

Variety

por Guy Lodge

Em um filme cuja trilha sonora inclui Bowie e T-Rex, é de se esperar alguma medida, mesmo necessária. “Verão” é mais tocante em seus interlúdios mais simples e despojados, entregues por Yoo com magnetismo.

A crítica completa está disponível no site Variety
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top