Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Boy Erased: Uma Verdade Anulada
     Boy Erased: Uma Verdade Anulada
    17 de abril de 2019 para DVD / 1h 55min / Drama
    Direção: Joel Edgerton
    Elenco: Lucas Hedges, Nicole Kidman, Joel Edgerton
    Nacionalidade EUA
    Ver o trailer
    Assista agora
    Usuários
    3,9 90 notas e 12 críticas
    Adorocinema
    4,0
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    O jovem Garrard (Lucas Hedges) de apenas 19 anos mora numa pequena cidade conservadora do Arkansas. Ele é gay e filho de um pastor da igreja batista. Chega um momento em que ele é confrontado pela família, ou arrisca perder sua família e amigos ou entra num programa de terapia que busca a "cura" da homossexualidade.

    Classificação indicativa a definir por http://www.culturadigital.br/classind
    Título original

    Boy Erased

    Distribuidor UNIVERSAL PICTURES
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2018
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades -
    Orçamento -
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Assista ao filme

    Online
    Looke Alugar
    Veja todos os filmes online

    Críticas AdoroCinema

    4,0
    Muito bom
    Boy Erased: Uma Verdade Anulada

    Conservadorismo em família

    por Lucas Salgado
    Após estrear na direção com o bom suspense O Presente (2015), Joel Edgerton escolheu o drama Boy Erased como seu segundo projeto. Trata-se de um drama intimista que trata de temas fortes envolvendo religião e tratamento voltado para "curar" a homossexualidade. O principal mérito do cineasta está na abordagem realista, mas nunca melodramática. O longa choca, mas nunca grita com o espectador.Garrard (Lucas Hedges) é um jovem de apenas 19 anos que vive numa cidadezinha conservadora do Arkansas. O pai (Russell Crowe) é um pastor da igreja batista, enquanto que a mãe (Nicole Kidman) é a mulher tradicional, bela, recatada e do lar. Ao descobrirem que o filho é gay, eles decidem interná-lo em um programa de terapia que oferece a "cura" da homossexualidade.Edgerton, que inclusive interpreta o profissional responsável pelo tratamento, comanda a narrativa de forma elegante. E nada sensacionalista....
    Ler a crítica
    Boy Erased: Uma Verdade Anulada Trailer Legendado 2:11
    Boy Erased: Uma Verdade Anulada Trailer Legendado
    9073 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Lucas Hedges
    Personagem : Jared Eamons
    Nicole Kidman
    Personagem : Nancy Eamons
    Joel Edgerton
    Personagem : Victor Sykes
    Russell Crowe
    Personagem : Marshall Eamons
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Luiz Antônio N.
    Luiz Antônio N.

    Segui-los 13575 seguidores Ler as 1 247 críticas deles

    3,0
    Enviada em 29 de janeiro de 2019
    O jovem Garrard (Lucas Hedges) de apenas 19 anos mora numa pequena cidade conservadora do Arkansas. Ele é gay e filho de um pastor da igreja batista. Chega um momento em que ele é confrontado pela família, ou arrisca perder sua família e amigos ou entra num programa de terapia que busca a "cura" da homossexualidade. achei um filme bem forte principalmente por ser baseado em fatos reais e saber que existe muito disso dos pais não aceitarem ...
    Leia Mais
    Rodrigo Gomes
    Rodrigo Gomes

    Segui-los 2506 seguidores Ler as 529 críticas deles

    4,5
    Enviada em 19 de abril de 2019
    Forte, pesado, coerente e em momento algum perde a elegância em seu desenrolar. Um protagonista forte, que vem se destacando em grandes roteiros, acompanhado de duas lendas vivas, imprimem tudo que precisamos ver e receber nessa transmissão de socorro. Esse roteiro é atual e devia ser assistido por todos. Muito emocionante todo o tempo. Refletimos e analisamos...o que realmente importa? O que realmente vale a pena? E o amor? Quanto nós ...
    Leia Mais
    Phellype M
    Phellype M

    Segui-los 359 seguidores Ler as 340 críticas deles

    4,0
    Enviada em 4 de junho de 2019
    Mais uma vez, vemos aqui os exageros, e a ignorância da religiosidade da fé cristã! Quantas vida são perdidas por causa dela? Quem tem o direito de julgar oq é certo ou errado? Eu fico indignado com tantos pais, desinformados, e aonde está o amor? Enfim, em tempos vamos superar isso! Já vivemos abertamente hoje em 2019, temos leis, e a homofobia agora é crime no Brasil, uma vitória grande.
    Tarcísio Braga
    Tarcísio Braga

    Segui-los 23 seguidores Ler as 61 críticas deles

    4,0
    Enviada em 28 de janeiro de 2019
    O filme é muito interessante e logo de inicio deixa claro que é uma história real, a abordagem dura e critica sobre as famílias que não aceitam como as pessoas são, mostrando os dramas no dia a dia, uma tentativa de mudança e o caos que isso pode gerar. O filme tem um roteiro fluido com diálogos fortes e duros, uma direção segura sem medo do que está fazendo, faltou um melhor audiovisual. O filme é bem interpretado e o resultado final ...
    Leia Mais
    12 Comentários do leitor

    Fotos

    26 Fotos

    Curiosidade das filmagens

    Últimas notícias

    Jon Bernthal, Kaitlyn Dever e Lucas Hedges vão estrelar comédia da FX
    NOTÍCIAS - Produção
    terça-feira, 30 de julho de 2019
    Dicas do Dia: Boy Erased – Uma Verdade Anulada e Shaft são os destaques de hoje
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    sexta-feira, 28 de junho de 2019
    O Mau Exemplo de Cameron Post também está na programação.
    Representação LGBT em filmes cresce em 2018, mas estúdios ainda pecam com personagens transgênero e negros
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sexta-feira, 24 de maio de 2019
    O relatório do GLAAD apontou que, entre os sete grandes estúdios, subiu o número de personagens LGBT nos principais lançamentos...
    21 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Thiago Soares Mota
      - 124º filme de 2.019 - Visto em 21/04...- O grande mérito desse filme são as atuações do quarteto Joel Edgerton, Lucas Hedges, Nicole Kidman e Russell Crowe! Lucas Hedges tem mais uma excelente atuação depois de Manchester à Beira-Mar (2.016) e a onipresente Nicole Kidman (quantos filmes ela faz por ano?) tem uma atuação muito melhor do que a média que ela vem apresentando atualmente! Também é mais um bom trabalho de Joel Edgerton atrás das câmeras! Pena que a opção pela narrativa entrecortada prejudique o andamento do filme! Porém, o que mais me chamou a atenção, o que provoca dor e raiva ao assistir esse filme é a conduta e a reação do pai (Russell Crowe) frente ao trauma sofrido pelo filho (Lucas Hedges)! Não posso dizer que trauma é esse para não entregar spoiler, mas causa revolta, assim como o fato de saber que ainda existam países onde a cura gay é legalizada em pleno ano de 2.019! Este filme tem a mesma temática do recente O Mau Exemplo de Cameron Post (2.018), que eu assisti no dia 26/01/2.019 (26º filme do ano), sendo um pouco inferior! Mas a resenha que eu fiz sobre ele também se aplica aqui! É claro que antes do final desse filme, se você for um pouco atencioso, vai matar a charada sobre o personagem do Joel Edgerton! Recomendo...- Nota: 7,0/10 (bom)...
    • Mari Maria Mariana
      Por curiosidade eu assisti esse filme. Que filme horroroso! É lento, chato, desgastante... quer tirar drama de onde não tem. E ainda tentou ter alguma visibilidade no Brasil à partir de uma polêmica! Certamente seria uma fiasco por aqui porque ninguém consegue ficar quase duas horas vendo um dramalhão arrastado desse. Horrível!
    • Luiz Ant?nio N.
      O jovem Garrard (Lucas Hedges) de apenas 19 anos mora numa pequena cidade conservadora do Arkansas. Ele é gay e filho de um pastor da igreja batista. Chega um momento em que ele é confrontado pela família, ou arrisca perder sua família e amigos ou entra num programa de terapia que busca a cura da homossexualidade.achei um filme bem forte principalmente por ser baseado em fatos reais e saber que existe muito disso dos pais não aceitarem a opção sexual dos filhos e querer de qualquer jeito fazer com que eles mudem como se fosse uma doença, realmente um filme muito bom com grandes atuações⭐⭐⭐
    • Senhor Ivan
      Se Joel Edgerton continuar nessa pegada,irá ser um dos melhores diretores de sua geração.Sabe comandar bem o drama,usa bem todo o elenco e consegue emocionar nos momentos certos.A história é repleta de momentos pesados e reflexivos.O elenco é muito bem escolhido.A semelhança de cada um deles com a família verdadeira,é incrível.Russel Crowe e Nicole Kidman vivem bons personagens.Mas não é exagero falar que Lucas Hedges é o melhor em cena.>Assistido em 28 de Janeiro de 2019-Dou nota 7/10
    Mostrar comentários
    Back to Top