Meu AdoroCinema
Baronesa
Nota média
4,0
13 publicações
  • Almanaque Virtual
  • Ccine10
  • Estado de São Paulo
  • Papo de Cinema
  • Zero Hora
  • Carmattos
  • Cine Festivais
  • O Globo
  • Preview
  • Cineweb
  • Cineplayers
  • Folha de São Paulo
  • Veja

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

13 críticas da imprensa

Almanaque Virtual

por Filippo Pitanga

Muitos são os temas de conversa entre eles que flui naturalmente, com questões bastante caras à sociedade moderna, como virgindade, casamento, masturbação e moradia e etc, mas nunca tirando o protagonismo das mulheres.

A crítica completa está disponível no site Almanaque Virtual

Ccine10

por Kadu Silva

Juliana impressiona pela condução dos personagens que não se mostram em nenhum momento inibidos diante da câmera, a naturalidade que as cenas são apresentadas parecem saídas de um ensaio de meses de uma produção ficcional.

A crítica completa está disponível no site Ccine10

Estado de São Paulo

por Luiz Carlos Merten

Por mais graves que sejam as questões debatidas – estupros, assassinatos nas favelas –, o filme mantém certa leveza. Consegue ser divertido. O mais importante é o vínculo com o real. Em nenhum momento Juliana falsifica a realidade para dar sua versão do empoderamento feminino.

A crítica completa está disponível no site Estado de São Paulo

Papo de Cinema

por Marcelo Müller

"Baronesa" nos joga dentro de um espaço em que a violência é intrínseca ao dia a dia dos moradores, não fazendo dela ingrediente espetacular, nem procurando explicitar banalmente causas e efeitos, pois ambos surgem francamente nos colóquios.

A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

Zero Hora

por Daniel Feix

"Baronesa" é tão rico em sua construção que parece um filme modelar de diversos aspectos das relações contemporâneas, da desassistência social à sexualização precoce, da desordem urbanística à ausência da figura masculina nos lares brasileiros.

A crítica completa está disponível no site Zero Hora

Carmattos

por Carlos Alberto Mattos

O filme cativa pelo que traz de linguagem oral e de silêncios ressonantes; pelo que capta de intimidade e espontaneidade de suas protagonistas, bem como pela poesia aleatória, por exemplo, do olhar mudo e inquiridor de uma criança ao seu redor.

A crítica completa está disponível no site Carmattos

Cine Festivais

por Rodrigo Pinto

Por suposto, "Baronesa" é um destes filmes que não apelam para a catarse. Ou melhor, é um destes filmes que não terminam, mas que, como o crítico francês André Bazin dizia, “retornam ao tempo como os rios retornam ao mar”.

A crítica completa está disponível no site Cine Festivais

O Globo

por Daniel Schenker

A limitação ao olhar se impõe como uma das riquezas desse trabalho. Além de valorizar a dramaturgia dos espaços, a diretora prioriza as presenças das mulheres — sem deixar de realçar a constante interação com um homem.

A crítica completa está disponível no site O Globo

Preview

por Vitor Búrigo

"Baronesa" é um filme necessário e impactante porque mostra a vida como ela é na periferia, dá voz às mulheres e retrata a realidade de pessoas que buscam esperança num futuro próximo, ainda que envoltas em medo, violência e desigualdade.

A crítica completa está disponível no site Preview

Cineweb

por Alysson Oliveira

O que o documentário capta, com muita sensibilidade e sagacidade, é o movimento da roda história no presente imediato, quando uma camada da população quase sempre esquecida pelos governantes parece mais abandonada do que nunca.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

Cineplayers

por Daniel Dalpizzolo

De todo modo, ao que se espera de um filme capaz de remeter a cinemas de tamanha força, a experiência ainda é mais do que instigante e necessária enquanto exercício de olhar para o que geralmente se evita ver.

A crítica completa está disponível no site Cineplayers

Folha de São Paulo

por Andrea Ormond

Eis uma boa sacada: Negão convive com as duas, mas “Baronesa” mantém o foco nas mulheres. [...]No entanto, o discurso das personagens derrapa. Muitas vezes soa enfadonho, exaure. [...] A manicure Andreia fala excessivamente por minutos até concluir o raciocínio e impor alguma epifania.

A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

Veja

por Miguel Barbieri Jr.

"Baronesa" é o já manjado híbrido entre ficção e documentário — o docudrama. São personagens reais em situações muitas vezes encenadas. Embora a diretora consiga explorar com vivacidade a realidade brasileira, a fórmula do registro fake, se não há renovação, está com o prazo de validade vencido.

A crítica completa está disponível no site Veja
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top