Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Me Chame Pelo Seu Nome
     Me Chame Pelo Seu Nome
    18 de janeiro de 2018 / 2h 11min / Drama, Romance
    Direção: Luca Guadagnino
    Elenco: Armie Hammer, Timothée Chalamet, Michael Stuhlbarg
    Nacionalidades França, Itália, EUA, Brasil
    Ver o trailer
    Assista agora
    Imprensa
    4,5 19 críticas
    Usuários
    4,3 718 notas e 62 críticas
    Adorocinema
    4,0
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 14 anos
    O sensível e único filho da família americana com ascendência italiana e francesa Perlman, Elio (Timothée Chalamet), está enfrentando outro verão preguiçoso na casa de seus pais na bela e lânguida paisagem italiana. Mas tudo muda quando Oliver (Armie Hammer), um acadêmico que veio ajudar a pesquisa de seu pai, chega.
    Título original

    Call Me By Your Name

    Distribuidor SONY PICTURES
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2017
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 4 curiosidades
    Bilheteria no Brasil 148 035 entradas
    Orçamento -
    Idiomas Inglês, Francês, Italiano
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Assista ao filme

    Online
    Alugar
    Assista agora
    Veja todos os filmes online

    Críticas AdoroCinema

    4,0
    Muito bom
    Me Chame Pelo Seu Nome

    Beleza pura

    por Renato Hermsdorff
    A beleza é um tema caro a Me Chame Pelo Seu Nome, filme do diretor Luca Guadagnino (100 Escovadas Antes de Dormir). Da paisagem campestre das locações no interior da Itália à fotografia solar de Sayombhu Mukdeeprom (As Mil e uma Noites), passando pela escalação de Armie Hammer (tido mais como um “rostinho bonito” do que exatamente um “talento”), a experiência do prazer estético ocupa, com sucesso, um lugar central nesta produção, que, no entanto, tropeça no ritmo.Baseado no romance homônimo escrito pelo egípcio André Aciman, o filme narra os acontecimentos de uma temporada de férias na vida do adolescente Elio (Timothée Chalamet) na casa de campo da família intelectualizada em 1983 - um ambiente multicultural, onde se fala italiano, inglês e francês, por exemplo, sem nenhum titubeio. Lá, o pai dele (vivido por Michael Stuhlbarg), especialista em cultura grego-romana, recebe o acadêmico O...
    Ler a crítica

    Trailers

    Me Chame Pelo Seu Nome Trailer Legendado 2:00
    Me Chame Pelo Seu Nome Trailer Legendado
    101 471 visualizações
    Me Chame Pelo Seu Nome Trailer Original 2:09

    Entrevista, making-of e cena

    Me Chame Pelo Seu Nome Entrevista Luca Guadagnino (diretor) e Rodrigo Teixeira (produtor) 4:46
    Me Chame Pelo Seu Nome Entrevista Luca Guadagnino (diretor) e Rodrigo Teixeira (produtor)
    1 416 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Armie Hammer
    Personagem : Oliver
    Timothée Chalamet
    Personagem : Elio
    Michael Stuhlbarg
    Personagem : Sr. Perlman
    Amira Casar
    Personagem : Annella
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Carlos A.
    Carlos A.

    Segui-los 2 seguidores Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 20 de janeiro de 2018
    Os angulos escolhidos pela camera, a qualidade tecnica da imagem, que realmente nos transporta para os anos 80,a atençao aos detalhes e as belas paisagens transformam assistir o filme num deleite. Talvez haja um pequeno erro de ritmo durante o meio da narrativa, aspecto que não compromete. Alem do romance explicitado, existem varias outras pequenas estorias contadas pelas imagens, das quais destaco a cumplicidade e sintonia dos pais do ...
    Leia Mais
    Enilson S.
    Enilson S.

    Segui-los 33 seguidores Ler as 135 críticas deles

    5,0
    Enviada em 9 de janeiro de 2018
    É um filme envolvente, tem ótimas paisagens e um roteiro incrível. Os atores não se tornam caricatos o que deixa o filme ainda melhor, com certeza merece todas as premiações desse ano.
    Carolina C
    Carolina C

    Segui-los 14 seguidores Ler as 11 críticas deles

    5,0
    Enviada em 7 de fevereiro de 2018
    "Masterpiece". Que filme, que película, que delicadeza, que sutileza, que docilidade! Um filme que retrata a homossexualidade da forma mais doce e amarga possível. E se tivéssemos tantos mais Senhores "Pelman" na vida real, teríamos com certeza lares bem menos destrutivos e destruídos por preconceitos estabelecidos por pessoas que nunca explicaram o porquê deles existirem. Apesar da história central girar em torno de Elio (Timothée ...
    Leia Mais
    Rodrigo Gomes
    Rodrigo Gomes

    Segui-los 1329 seguidores Ler as 507 críticas deles

    4,5
    Enviada em 24 de dezembro de 2017
    Um roteiro bem interessante. Se trata de amadurecimento. Mesmo com a descoberta, novas experiências, a sexualidade, o primeiro amor e um coração partido, temos as questões tratadas com a maturidade do personagem e de seu entorno, fugindo completamente do clichê de aceitação e preconceito. É sobre não ter certeza se fora correspondido, aceito, o frio na barriga, a raiva da recusa e o deleite do êxito. Com uma linda fotografia, diálogos ...
    Leia Mais
    62 Comentários do leitor

    Fotos

    23 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Mudanças pelo caminho

    Em 2015, James Ivory disse ao The New York Times que ele planejava dirigir um filme e que Shia LaBeouf e Greta Scacchi estariam no elenco. No entanto, em 2016, foi anunciado que ao invés disso, Luca Guadagnino iria dirigí-lo com um roteiro co-escrito por ele e Ivory, com Armie Hammer, Timothée Chalamet e Michael Stuhlbarg no elenco.

    Baseado em livro

    O filme "Call Me By Your Name" é inspirado no romance de André Aciman de mesmo nome.

    Lançamento em Festival

    O filme será lançado em 2017 no Festival de Sundance, nos Estados Unidos.
    4 curiosidades

    Últimas notícias

    10 músicas de trilhas sonoras que poderiam ser sua valsa de casamento
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    quinta-feira, 9 de abril de 2020
    Me Chame Pelo Seu Nome: Diretor já tem roteirista em mente para sequência
    NOTÍCIAS - Pré-Produção
    quinta-feira, 2 de abril de 2020
    Com James Ivory fora do projeto, Luca Guadagnino está à procura de um nome para assumir o roteiro.
    5 canções originais indicadas ao Oscar que você precisa ouvir agora
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    sábado, 22 de fevereiro de 2020
    Qual dessas músicas mais tocou o seu coração?
    111 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Fabricio Menezes
      Até aqui temos que ler coisas homofóbicas? Vergonha alheia vcs. Pensamentos atrasados! Com ctz o Senhor não concorda. Deus é amor!
    • Fabricio Menezes
      Que filme lindo! Mostra um romance quase que proibido, de forma sutil. Tudo colocado de forma perfeita. Maravilhoso!
    • Fabricio Menezes
      Ele nao é superstimado. Ele mostra as emoções e sentimentos da mais sutil forma. Se vc não se conectou aí já é outra história.
    • Fábio
      Concordo 100%. Filme bom. Mas superestimado. Não é isso tudo que a militância prega.
    • Guilherme M.
      Um filme ok e superestimado, e antes que algum idiota venha falar que eu sou homofóbico, eu gostei de Moonlight, porém esse filme não tem nada extraordinário a não ser a trilha sonora, as paisagens e a fotografia, se substituir o romance Gay por um romance hétero, o filme se torna comum, logo percebe-se que ele se sustenta apenas pela premissa LGBT, na minha opinião muito atropelado romance nada introdutório, quer assistir um filme que passe a sensação de estar sendo construído um romance, assista O Segredo de Brokeback Mountain, este aqui é só mais um filme europeu do padrão Óscar que já premiou e indicou tantos filmes que não foram merecedores de tanto holofote, assim como este. Nota: 5,5/10.
    • Bruno G
      você parece ser uma pessoa reprimida, se liberte
    • Bruno G
      te garanto que muitos que convivem com vc pensam o mesmo
    • Massi M.
      Não mesmo!
    • Eisenberg
      Drexler, trago péssimas notícias.O futuro que se molda, a lentos movimentos, forma uma diferente espécie de moralidade, nunca antes vista. Baseada muito mais em lógica do que qualquer outra, e por mais que isso possa te soar absurdo, faz sentido.É um lugar onde as ideias que o senhor carrega, os bons direitos/costumes, não serão tão adotadas pelas pessoas, pois acreditara-se que ele pode ferir o direito de escolha de alguns indivíduos. E como uma sociedade que busca tornar-se cada vez mais eficiente, o estado mental de cada pessoa que participa disso é fundamental para o progresso.Eu sei, é um futuro que pode assustar, principalmente se pensares que pela ordem natural, não estarás mais nele, e teus filhos estarão.Mas sejamos otimistas, se todas as relações, independente do sexo de seus parceiros, seguirem o tratamento em que Elio e Oliver tinham entre si, será um mundo muito tolerante e pouco agressivo. E que pai não gostaria de um mundo assim para seus filhos?Acho que eu estava errado Drexler. Trago ótimas notícias.
    • Priscila F.
      20/11/2018 - Bela interpretação de Timothée Chalamet
    • Armando Ribeiro
      Entrou tudo???
    • Armando Ribeiro
      Cinismo e voce apoiando um filme sobre pedofilia!!!!
    • Armando Ribeiro
      Sim dar o cu hoje eh modinha..., Eh bonito e automaticamente voce passa a ser incluido como minoria oprimidinha....
    • Armando Ribeiro
      Sai pra la pedofilo.. vai curtir teu consolo GG...
    • Armando Ribeiro
      victorsc - Ahhh.. seu FDP..... Na Tailandia fazer sexo com criancas de 12 anos nao eh crime...entao vamos pra Tailandia ( turismo sexual eh o que pervertidos como voce chamam isso) comer gurizinhos ( dar pra eles no seu caso!!).... Eh por isso que tanta gente esta votando no maluco do Bolsonaro... Num pais serio a justica estaria batendo na tua porta seu pedofilo assumido.. mas aqui voce coloca a maozinha no meio das pernas tem um chiliquinho e ainda passa por minoria... excroto....Compra um consolo GG e saboreia vendo essa merda de filme seu cu arrombado... nos proximos 4 anos nao tem pra ti....
    • victorsc
      O personagem Elio tem 17 anos e com essa idade ninguém é mais criança.
    • Paulo Cesar
      O filme é realmente bem diferente, ele tem um contexto que é apresentado de forma sutil sem a necessidade de ser dramático. Não sei si sensual seria a palavra certa, mas o filme não deixa nada explicito, é tudo sobre as entrelinhas, até mesmo a relação deles 2, que inicialmente é demonstrada por gestos e olhares bem sutis. O filme tem um ritmo bem leve, com efeitos sonoros bem suaves, com sons da natureza, da água, da bicicleta, trazendo uma imersão bem realista com uma fotografia muito bonita. A conversa dele com o pai foi realmente muito significativa, o filme é feito de bons diálogos. Com uma ambientação bem fiel aos anos 80, o visual dos personagens é algo marcante e chamativo. A atuação de Timothée é realmente muito boa, ele consegue transpor todas emoções do personagens de uma forma super natural, ele realmente se entregou para fazer esse personagem. Por fim, é um filme que expressa um amor intenso e passageiro de uma forma espontânea.
    • Vin?cius de Carvalho ..
      Belo filme. Possui além de uma carga erótica totalmente realista e humana, uma naturalidade tão grande que a gente se sente realmente envolvido com os personagens. É docemente nostálgico e de uma sensibilidade que ultrapassa barreiras. A fotografia é muito bonita. A trilha, o cenário e o figurino oitentista cai como uma luva. Até os trejeitos ali são anos 80. Os personagens são muito peculiares. É como a vida real. Tem vários momentos que faz a gente pensar que de alguma forma já passamos por aquela situação ou algo bem parecido. Dá gosto de ver como todos os elementos da pós puberdade estão presentes. Tem a família de olho, tem o sentimento guardado, tem os hormônios explodindo, tem a paquera insignificante da balada, tem a canalhice, tem o ciúme natural e tem a paixonite aguda e proibida. A atuação de Timothée Chalamet como Élio é maravilhosa. Ele é o Platão de Juventude Transviada dos novos tempos. Vale a pena só pela atuação dele. É um filme sobre o amor. Só isso. Nota 7/10
    • Giovanna
      O filme tinha muito pontecial para ser ótimo, casal combinava, fotografia boa, ótimos atores, otima causa e tem um ótimo incentivo dos pais para o filho se assumir. Porem, MUITO parado o filme, final um lixo. Pior filme da minha vida. Se assistirem, se preparem, não tem sentido algum.
    • Armando Ribeiro
      Nossa... depois dessa declaracão voce ganhou um broche da maria do rosario...
    Mostrar comentários
    Back to Top