Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Me Chame Pelo Seu Nome
    Me Chame Pelo Seu Nome
    Data de lançamento 18 de janeiro de 2018 (2h 11min)
    Direção: Luca Guadagnino
    Elenco: Armie Hammer, Timothée Chalamet, Michael Stuhlbarg mais
    Gêneros Drama, Romance
    Nacionalidades França, Itália, EUA, Brasil
    Ver o trailer
    Assista agora
    Imprensa
    4,5 19 críticas
    Usuários
    4,3 650 notas e 51 críticas
    Adorocinema
    4,0
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 14 anos
    O sensível e único filho da família americana com ascendência italiana e francesa Perlman, Elio (Timothée Chalamet), está enfrentando outro verão preguiçoso na casa de seus pais na bela e lânguida paisagem italiana. Mas tudo muda quando Oliver (Armie Hammer), um acadêmico que veio ajudar a pesquisa de seu pai, chega.
    Título original

    Call Me By Your Name

    Distribuidor SONY PICTURES
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2017
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 4 curiosidades
    Bilheteria no Brasil 148 035 entradas
    Orçamento -
    Idiomas Inglês, Francês, Italiano
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Assista ao filme

    Online
    Alugar
    Veja todos os filmes online

    Críticas AdoroCinema

    4,0
    Muito bom
    Me Chame Pelo Seu Nome

    Beleza pura

    por Renato Hermsdorff
    A beleza é um tema caro a Me Chame Pelo Seu Nome, filme do diretor Luca Guadagnino (100 Escovadas Antes de Dormir). Da paisagem campestre das locações no interior da Itália à fotografia solar de Sayombhu Mukdeeprom (As Mil e uma Noites), passando pela escalação de Armie Hammer (tido mais como um “rostinho bonito” do que exatamente um “talento”), a experiência do prazer estético ocupa, com sucesso, um lugar central nesta produção, que, no entanto, tropeça no ritmo.Baseado no romance homônimo escrito pelo egípcio André Aciman, o filme narra os acontecimentos de uma temporada de férias na vida do adolescente Elio (Timothée Chalamet) na casa de campo da família intelectualizada em 1983 - um ambiente multicultural, onde se fala italiano, inglês e francês, por exemplo, sem nenhum titubeio. Lá, o pai dele (vivido por Michael Stuhlbarg), especialista em cultura grego-romana, recebe o acadêmico O...
    Ler a crítica

    Trailers

    Me Chame Pelo Seu Nome Trailer Legendado 2:00
    Me Chame Pelo Seu Nome Trailer Legendado
    87 488 visualizações
    Me Chame Pelo Seu Nome Trailer Original 2:09

    Entrevista, making-of e cena

    Me Chame Pelo Seu Nome Entrevista Luca Guadagnino (diretor) e Rodrigo Teixeira (produtor) 4:46
    Me Chame Pelo Seu Nome Entrevista Luca Guadagnino (diretor) e Rodrigo Teixeira (produtor)
    1 365 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Armie Hammer
    Personagem : Oliver
    Timothée Chalamet
    Personagem : Elio
    Michael Stuhlbarg
    Personagem : Sr. Perlman
    Amira Casar
    Personagem : Annella
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Carlos A.
    Carlos A.

    Segui-los 1 seguidor Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 20 de janeiro de 2018
    Os angulos escolhidos pela camera, a qualidade tecnica da imagem, que realmente nos transporta para os anos 80,a atençao aos detalhes e as belas paisagens transformam assistir o filme num deleite. Talvez haja um pequeno erro de ritmo durante o meio da narrativa, aspecto que não compromete. Alem do romance explicitado, existem varias outras pequenas estorias contadas pelas imagens, das quais destaco a cumplicidade e sintonia dos pais do ...
    Leia Mais
    Rodrigo Gomes
    Rodrigo Gomes

    Segui-los 30 seguidores Ler as 388 críticas deles

    4,5
    Enviada em 24 de dezembro de 2017
    Um roteiro bem interessante. Se trata de amadurecimento. Mesmo com a descoberta, novas experiências, a sexualidade, o primeiro amor e um coração partido, temos as questões tratadas com a maturidade do personagem e de seu entorno, fugindo completamente do clichê de aceitação e preconceito. É sobre não ter certeza se fora correspondido, aceito, o frio na barriga, a raiva da recusa e o deleite do êxito. Com uma linda fotografia, diálogos ...
    Leia Mais
    Carolina C
    Carolina C

    Segui-los 13 seguidores Ler as 11 críticas deles

    5,0
    Enviada em 7 de fevereiro de 2018
    "Masterpiece". Que filme, que película, que delicadeza, que sutileza, que docilidade! Um filme que retrata a homossexualidade da forma mais doce e amarga possível. E se tivéssemos tantos mais Senhores "Pelman" na vida real, teríamos com certeza lares bem menos destrutivos e destruídos por preconceitos estabelecidos por pessoas que nunca explicaram o porquê deles existirem. Apesar da história central girar em torno de Elio (Timothée ...
    Leia Mais
    Naldo E.
    Naldo E.

    Segui-los 7 seguidores Ler as 3 críticas deles

    4,5
    Enviada em 19 de janeiro de 2018
    Filme de grande beleza, tocante, inteligente e sem apelações. Filme fala de aproveitar o momento, o romance, a oportunidade. A conversa com o pai no fim do filme é imperdível!
    51 Comentários do leitor

    Fotos

    23 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Mudanças pelo caminho

    Em 2015, James Ivory disse ao The New York Times que ele planejava dirigir um filme e que Shia LaBeouf e Greta Scacchi estariam no elenco. No entanto, em 2016, foi anunciado que ao invés disso, Luca Guadagnino iria dirigí-lo com um roteiro co-escrito por ele e Ivory, com Armie Hammer, Timothée Chalamet e Michael Stuhlbarg no elenco.

    Baseado em livro

    O filme "Call Me By Your Name" é inspirado no romance de André Aciman de mesmo nome.

    Lançamento em Festival

    O filme será lançado em 2017 no Festival de Sundance, nos Estados Unidos.
    4 curiosidades

    Últimas notícias

    Dicas do Dia: Batman - O Cavaleiro das Trevas e It - A Coisa são os destaques
    NOTÍCIAS - Visto na Web
    quinta-feira, 14 de novembro de 2019
    Dicas do Dia: Me Chame Pelo Seu Nome e Jogador Nº 1 são os destaques de hoje
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    sexta-feira, 20 de setembro de 2019
    A 2ª temporada de (Des)encanto também está na programação.
    Dicas do Dia: Final de temporada de Euphoria é o destaque de hoje
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    domingo, 4 de agosto de 2019
    Me Chame Pelo Seu Nome e O Espetacular Homem-Aranha 2: A Ameaça de Electro também estão na programação.
    106 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Bruno G
      você parece ser uma pessoa reprimida, se liberte
    • Bruno G
      te garanto que muitos que convivem com vc pensam o mesmo
    • Massi M.
      Não mesmo!
    • Eisenberg
      Drexler, trago péssimas notícias.O futuro que se molda, a lentos movimentos, forma uma diferente espécie de moralidade, nunca antes vista. Baseada muito mais em lógica do que qualquer outra, e por mais que isso possa te soar absurdo, faz sentido.É um lugar onde as ideias que o senhor carrega, os bons direitos/costumes, não serão tão adotadas pelas pessoas, pois acreditara-se que ele pode ferir o direito de escolha de alguns indivíduos. E como uma sociedade que busca tornar-se cada vez mais eficiente, o estado mental de cada pessoa que participa disso é fundamental para o progresso.Eu sei, é um futuro que pode assustar, principalmente se pensares que pela ordem natural, não estarás mais nele, e teus filhos estarão.Mas sejamos otimistas, se todas as relações, independente do sexo de seus parceiros, seguirem o tratamento em que Elio e Oliver tinham entre si, será um mundo muito tolerante e pouco agressivo. E que pai não gostaria de um mundo assim para seus filhos?Acho que eu estava errado Drexler. Trago ótimas notícias.
    • Priscila F.
      20/11/2018 - Bela interpretação de Timothée Chalamet
    • Armando Ribeiro
      Entrou tudo???
    • Armando Ribeiro
      Cinismo e voce apoiando um filme sobre pedofilia!!!!
    • Armando Ribeiro
      Sim dar o cu hoje eh modinha..., Eh bonito e automaticamente voce passa a ser incluido como minoria oprimidinha....
    • Armando Ribeiro
      Sai pra la pedofilo.. vai curtir teu consolo GG...
    • Armando Ribeiro
      victorsc - Ahhh.. seu FDP..... Na Tailandia fazer sexo com criancas de 12 anos nao eh crime...entao vamos pra Tailandia ( turismo sexual eh o que pervertidos como voce chamam isso) comer gurizinhos ( dar pra eles no seu caso!!).... Eh por isso que tanta gente esta votando no maluco do Bolsonaro... Num pais serio a justica estaria batendo na tua porta seu pedofilo assumido.. mas aqui voce coloca a maozinha no meio das pernas tem um chiliquinho e ainda passa por minoria... excroto....Compra um consolo GG e saboreia vendo essa merda de filme seu cu arrombado... nos proximos 4 anos nao tem pra ti....
    • victorsc
      O personagem Elio tem 17 anos e com essa idade ninguém é mais criança.
    • Paulo Cesar
      O filme é realmente bem diferente, ele tem um contexto que é apresentado de forma sutil sem a necessidade de ser dramático. Não sei si sensual seria a palavra certa, mas o filme não deixa nada explicito, é tudo sobre as entrelinhas, até mesmo a relação deles 2, que inicialmente é demonstrada por gestos e olhares bem sutis. O filme tem um ritmo bem leve, com efeitos sonoros bem suaves, com sons da natureza, da água, da bicicleta, trazendo uma imersão bem realista com uma fotografia muito bonita. A conversa dele com o pai foi realmente muito significativa, o filme é feito de bons diálogos. Com uma ambientação bem fiel aos anos 80, o visual dos personagens é algo marcante e chamativo. A atuação de Timothée é realmente muito boa, ele consegue transpor todas emoções do personagens de uma forma super natural, ele realmente se entregou para fazer esse personagem. Por fim, é um filme que expressa um amor intenso e passageiro de uma forma espontânea.
    • Vin?cius de Carvalho ..
      Belo filme. Possui além de uma carga erótica totalmente realista e humana, uma naturalidade tão grande que a gente se sente realmente envolvido com os personagens. É docemente nostálgico e de uma sensibilidade que ultrapassa barreiras. A fotografia é muito bonita. A trilha, o cenário e o figurino oitentista cai como uma luva. Até os trejeitos ali são anos 80. Os personagens são muito peculiares. É como a vida real. Tem vários momentos que faz a gente pensar que de alguma forma já passamos por aquela situação ou algo bem parecido. Dá gosto de ver como todos os elementos da pós puberdade estão presentes. Tem a família de olho, tem o sentimento guardado, tem os hormônios explodindo, tem a paquera insignificante da balada, tem a canalhice, tem o ciúme natural e tem a paixonite aguda e proibida. A atuação de Timothée Chalamet como Élio é maravilhosa. Ele é o Platão de Juventude Transviada dos novos tempos. Vale a pena só pela atuação dele. É um filme sobre o amor. Só isso. Nota 7/10
    • Giovanna
      O filme tinha muito pontecial para ser ótimo, casal combinava, fotografia boa, ótimos atores, otima causa e tem um ótimo incentivo dos pais para o filho se assumir. Porem, MUITO parado o filme, final um lixo. Pior filme da minha vida. Se assistirem, se preparem, não tem sentido algum.
    • Armando Ribeiro
      Nossa... depois dessa declaracão voce ganhou um broche da maria do rosario...
    • Armando Ribeiro
      Se Oscar e parâmetro de qualidade pra você....
    • Armando Ribeiro
      Eu teria vergonha de elogiar um filme sobre pedofilia....
    • Armando Ribeiro
      Se voce apoia a pedofilia minha filha...
    • Armando Ribeiro
      O melhor filme na tematica LGBT^... isso e pedofilia pura meu filho...
    • Armando Ribeiro
      Parabens... exatamente o que eu penso!!!!
    Mostrar comentários
    Back to Top