Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Vidas à Deriva
    Média
    3,8
    156 notas e 23 críticas
    distribuição de 23 críticas por nota
    8 críticas
    6 críticas
    7 críticas
    2 críticas
    0 crítica
    0 crítica
    Você assistiu Vidas à Deriva ?

    23 críticas do leitor

    Kamila A.
    Kamila A.

    Segui-los 3799 seguidores Ler as 578 críticas deles

    3,0
    Enviada em 28 de agosto de 2018
    Do ponto de vista narrativo, Vidas à Deriva, filme dirigido por Baltasar Kormákur, é bastante corajoso. Logo na primeira sequência do longa, a gente já sabe um pouco sobre o destino de Tami Oldham (Shailene Woodley) e Richard Sharp (Sam Claflin). O que o diretor faz, logo em seguida, é alternar as linhas narrativas entre o presente e o passado para podermos compreender como Tami e Richard chegaram naquela situação. Baseado em uma história real, Vidas à Deriva se passa no paradisíaco país Taiti, onde Tami e Richard se conhecem. Os dois são espíritos livres e aventureiros. Ela chegou ao país com um ticket de entrada e sem previsão de volta. Ele, por sua vez, estava por lá de passagem, numa pausa da viagem de volta ao mundo a bordo de seu veleiro. A atração entre os dois é imediata e, além de companheiros de vida, os dois se tornam parceiros de viagem. Quando aceitam a proposta de um casal amigo de Richard, de levarem de volta o veleiro deles até a cidade de San Diego, o casal se vê, em determinado ponto da viagem, preso em um furacão, que assola a embarcação deles. É aí que nos vemos no ápice de Vidas á Deriva: a luta pela sobrevivência em uma conjuntura bastante inóspita e a torcida pela possibilidade de chegar em terra firme ou pelo milagre de serem resgatados por algum outro navio ou veleiro. Vidas à Deriva segue muito o exemplo de outros filmes desse gênero, como Até o Fim, de J.C. Chandor, e Mar Aberto, de Chris Kantis. A plateia se conecta ao conflito principal destes personagens, ao ponto de nos sentirmos agoniados, tristes e impotentes com tudo aquilo que eles passam. Talvez, o ponto mais positivo do longa é acompanhar a transformação pela qual Tami passa no decorrer da história. De marinheira inexperiente, cabe a ela a função de tentar manter o barco em pé e as esperanças em primeiro plano.
    Fernanda A.
    Fernanda A.

    Segui-los 17 seguidores Ler as 17 críticas deles

    5,0
    Enviada em 9 de agosto de 2018
    choreeeeeeeeeeeeeei muuuuuúuito 😔 mad tirando isso eu amei . vcs vao gostar. valorizem quem vc ama
    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Segui-los 29549 seguidores Ler as 1 729 críticas deles

    3,5
    Enviada em 26 de novembro de 2018
    Um filme bacana de amor e um drama razoável! Aqui temos Shailene Woodley e Sam Claflin como protagonistas, eles estão bem, apesar de faltar um pouco de química entre eles. O roteiro é bom, mas se perde um pouco nos flash back, gerando um pequeno desconforto ao telespectador. Vidas a deriva vale a pena assistir, apesar de alguns transtornos.
    Alan David
    Alan David

    Segui-los 9392 seguidores Ler as 685 críticas deles

    3,0
    Enviada em 26 de agosto de 2018
    Romancezinho que você já viu centenas de vezes em outros filmes, com cenas boas de superação em ato mar do casal, tem um plot ok, na média. Para lê a critica completa no site ParsaGeeks, link abaixo: http: //bit. ly/2BVM7PQ
    Rodrigo Gomes
    Rodrigo Gomes

    Segui-los 2725 seguidores Ler as 542 críticas deles

    4,0
    Enviada em 11 de agosto de 2018
    Tenso e angustiante. Interpretação excelente. História repetida, mas graças a boa direção e interpretação, possui um novo toque. Não chegamos a entrar na história, mas estamos de perto observando cada sofrimento da protagonista e torcendo para sua salvação. A fotografia também é interessante.
    Isis Lourenço
    Isis Lourenço

    Segui-los 2893 seguidores Ler as 752 críticas deles

    5,0
    Enviada em 5 de julho de 2020
    Que história mermão,que viagem! Sabe aquela expressão de "topar qualquer parada"? Ela é usada aqui de forma ampla e desafiadora. O fato do filme não ser linear é super inteligente,pois nos traz várias surpresas. Depois de conhecer a história dessa mulher,eu tive a certeza de que posso fazer tudo que quero e me lembrar sempre que quando tiver numa situação ruim,pelo menos, estou em terra firme. Quando chega quase no final e temos uma revelação,fiquei muito pê da vida,mas compreendi. Simplesmente assistam! Tem o livro também de Susan Mcgearhart
    Filipe N.
    Filipe N.

    Segui-los 19 seguidores Ler as 47 críticas deles

    4,0
    Enviada em 13 de agosto de 2018
    Apesar dos clichês, eu curti o filme. Os atores são mtos bons e conseguem dar a emoção necessária. O mais legal é saber que é baseado em fatos reais. Foi um bom passa tempo, com uma abordagem um pouco diferente dos filmes com a mesma temática. Não vá esperando mto ação, pois se trata de um romance com algumas doses leves de emoção.
    Otavio W.
    Otavio W.

    Segui-los 197 seguidores Ler as 228 críticas deles

    2,0
    Enviada em 12 de agosto de 2018
    Hoje dia de assistir um filme que tem um fundo super dramático, e até mesmo bem apelativo para tentar fazer de um fato, algo que poderia permear todo o filme, mas chega uma hora que isso se torna um pouco enjoativo. O filme começa logo após o ponto onde o drama se baseia, e o filme começa a contar o passado dos protagonistas até o momento do acidente. Algo comum e até simples para contar, é só um romance no maior estilo conto de fadas, e pareceu um filme bem clichê, apesar da tensão dramática inicial, o filme não inova demais. Em pouco tempo o filme mostra uma boa inovação, acompanhar o pós e o pré acidente ao mesmo tempo, apesar do passado parecer importante inicialmente, o pós acidente vai ganhando forma e drama com o tempo, parecendo que o pré acidente é apenas uma explicação, que começa a ficar fraca, clichê e sem tanta emoção. O pós acidente é bem falho também, apesar do drama e amor, algumas coisas se tornam óbvias, sem graça, e os protagonistas parecem se esforçar para mostrar algo além do roteiro, apesar das cenas dramáticas, tudo é bem parado, e muita coisa do filme parece estar ali para forçar um pouco o espectador a acreditar um pouco além do que realmente é. O drama é incrível e interessante, mas para um filme ficou bem parado e um tanto forçado. Já o fim parece uma espécie de homenagem, algumas coisas se revelam e explicações são dadas para que as coisas se encaixem, tudo é bem bonito e emocionante, apesar da sensação do todo não seja muito além de um drama de sobrevivência. No geral, um filme com um drama bem interessante, mas mal produzido, parecendo muito leve e superficial em cima de uma situação dramática e que poderia ser muito melhor aproveitado, se o filme é baseado em um livro, não dá vontade de ler o livro vendo o filme. #CinetecaXinguê #filme #movie #cinema #shopping #ShoppingFreiCaneca #FreiCaneca #PrimePass #VidasàDeriva #Adrift #amor #romance #drama #sobrevivência #acidente #tragédia #mar #oceano #barco #veleiro
    c4rlc4st
    c4rlc4st

    Segui-los 409 seguidores Ler as 279 críticas deles

    4,0
    Enviada em 18 de agosto de 2018
    Entre belas vistas de um céu vermelho estonteante e a imensidão do mar, sentimos o sofrimento e a agonia dos sobreviventes na pele. Com uma montagem digna de Oscar - sim, caímos que nem patinho no plot Twist devido ao excelente trabalho de edição - temos duas narrativas que se entrelaçam para nos deixar curioso e interessado, afinal, a cena inicial do filme supostamente deveria estar no fim do segundo ato. Também admirável o trabalho de direção, especialmente no clímax, em que a câmera acompanha os movimentos intensos das ondas violentas, causando mal estar até em quem tá assistindo: uma cena de ação muito bem trabalhada do início ao fim. Outras boas ideias de câmera, como metade under e metade out water. O filme só peca por ser muito expositivo, querendo nos certificar várias vezes se entendemos o que acabamos de ver. Também o romance entre os dois poderia ser um pouquinho mais desenvolvido, pois as cenas finais seriam mais emocionantes. Fora isso, temos boas atuações, boa trilha sonora e um surpreendente filme.
    Ryan
    Ryan

    Segui-los 114 seguidores Ler as 237 críticas deles

    5,0
    Enviada em 10 de outubro de 2018
    O filme é bom, não se trata de um drama de dor, sofrimento do modo que te torture, mas sim direcionado a esperança, o filme tem uma boa atuação dos personagens principais, um fotografia simples mas muito bonita mas o maior ponto desse filme é retratar de modo real a dor, junto ao amor e a esperança, do começo ao fim a conexão é que da a força para tudo continuar e é isso que encanta, vale a pena, não é nada surpreendente mas não é um filme ruim.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top