Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O Chamado do Mal
    Média
    2,0
    41 notas e 14 críticas
    distribuição de 14 críticas por nota
    0 crítica
    1 crítica
    2 críticas
    2 críticas
    2 críticas
    7 críticas
    Você assistiu O Chamado do Mal ?

    14 críticas do leitor

    Flávio P
    Flávio P

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    0,5
    Enviada em 28 de março de 2019
    O filme chega a beirar o ridículo, mesmo se considerar metafórico, fantasioso ou crítica social. Acho que o diretor exagerou na confiança e não ficou legal. Cansativo, arrastado, história é péssima. Tem um determinado momento que chegamos a torcer para o filme acabar logo. Não indico assistir no cinema, espere chegar na te a cabo, streaming, para não perder dinheiro e tempo.
    Sidney  M.
    Sidney M.

    Segui-los 9536 seguidores Ler as 1 080 críticas deles

    2,5
    Enviada em 26 de março de 2019
    Eu estava até gostando, mas o filme se limita a flash-back desnecessários, e que piora com um final totalmente desajustado.
    Jean C
    Jean C

    Segui-los 1 seguidor Ler as 4 críticas deles

    0,5
    Enviada em 17 de março de 2019
    Pra péssimo tinha que melhorar muito, alguns dos atores até que são bons, mas a história, enredo, desfecho... Intediante
    Luid G
    Luid G

    Segui-los Ler a crítica deles

    0,5
    Enviada em 24 de janeiro de 2019
    Achei que ia assistir a um filme de terror, e não a um intediante, me arrependo completamente. "Era ter ido assistir o filme do Pelé"...
    Otavio W.
    Otavio W.

    Segui-los 120 seguidores Ler as 227 críticas deles

    0,5
    Enviada em 3 de janeiro de 2019
    Hoje dia de assistir um filme de terror que tenta copiar várias fórmulas já muito manjadas sem inovar em quase nada, mostrando uma produção um tanto pobre, previsível e inclusive mal interpretada. O começo tenta assustar logo de cara, com um mistério e morte, algo para parecer sem muita explicação. Logo os protagonistas aparecem, bastante felizes e quase sem preocupações e tudo que parecia criar um algo a mais são justificativas até que bem rasas. Assim que os mistérios começam, nada surpreende ou empolga demais, tudo parece um pouco fantasioso e com um suspense que poderia levar a um terror mais imediato, mas isso demora para engrenar e empolgar. Situações trágicas são misturadas com algo paranormal e aparições, algo já muito visto em muitos outros filmes de terror só que aqui de uma forma pouco imersiva, tudo parece se valer mais de jumpscares do que construir uma trama mais inteligente. Da metade para o fim, a maldição começa a ser explicada, mesmo sendo coisas bobas, introduz novos personagens de forma mais ativa, e o filme começa a sair do mistério e suspense para o terror. Aparições e jumpscares são mais intensos. O ambiente encarna o clássico chuva e falta de luz numa casa grande, e tudo parece ir para um terror mais inteligente. Porém, o filme vai pelo caminho mais conhecido, sem muitos efeitos, apenas revela uma maldição quase boba, onde a solução mais previsível é a utilizada e isso não surpreende, perde-se toda imersão que estava sendo construída e finaliza como se tudo fosse um ciclo, quando na verdade parece mais ser uma decisão de cada um, apenas deixando o ciclo se repetir para outra pessoa, sem mostrar algum diferencial ou nova atração para uma continuação. No geral, um filme bem clichê, uma maldição simples que é conduzido mais pelo mistério que não leva a quase lugar nenhum do que para um terror que prenda a atenção, que não tem muitos atrativos além de ser um passatempo para quem quer ver um filme novo com uma fórmula bem repetida. #CinetecaXinguê #filme #movie #cinema #Cinemark #shopping #ShoppingSantaCruz #PrimePass #OChamadodoMal #Malicious #terror #suspense #morte #maldição #sangue #família #bebê #sobrenatural #mulher #caixa #casal
    Gabriel E
    Gabriel E

    Segui-los Ler a crítica deles

    0,5
    Enviada em 17 de dezembro de 2018
    Filme péssimoooo !!!! Eu devia ter ido assistir Robin Hood como queria minha namorada. Sair da sala com a sensação de ter jogado dinheiro no lixo, fora o péssimo serviço prestado pelos funcionários do SHOPPING DA BAHIA, sala de cinema cheia de desordeiros e não tinha um lanterninha pra solicitar a gentiliza de fazerem silêncio, o filme já foi uma bosta, juntou tudo e virou uma sessão de massacre .
    Sabrina B
    Sabrina B

    Segui-los Ler a crítica deles

    0,5
    Enviada em 12 de dezembro de 2018
    achei ima bosta, filme muito ruim! deixou a desejar, paguei 30 reais a toa pra esse lixo! dublagem péssima e efeitos especiais se tivessem sido feitos pela minha avó que nem mexe no celular seriam muito melhores! terror deveria ser bom e ter suspense mínimo e esse filme.... so por deus... não recomendo pessoal
    João S.
    João S.

    Segui-los Ler as 8 críticas deles

    3,0
    Enviada em 11 de dezembro de 2018
    Um filme razoável com uns bons efeitos levando a um grande suspense e uns bons justos, no entanto, o roteiro deixou a desejar com alguns acontecimentos sem sentido.
    Leonardo De C
    Leonardo De C

    Segui-los 1 seguidor Ler as 4 críticas deles

    2,5
    Enviada em 8 de dezembro de 2018
    Se a sinopse te pareceu clichê, saiba que você está redondamente certo. O filme utiliza de muitos clichês pra manter a trama, mas confesso que depois de ver tantas críticas negativas sobre ele e ir assisti-lo esperando uma catástrofe, eu até me surpreendi e ouso dizer que foi uma experiência bacana. O filme não demora pra se apresentar no primeiro ato. Na verdade logo na primeira cena você já sabe quem são os personagens e o que eles estão indo fazer. E aquilo ali é o suficiente pra você saber sobre eles até porque os outros 19 minutos de primeiro ato não acrescentam muito mais sobre eles que você já não descobriu na primeira cena. Isso causa até estranheza porque os diálogos parecem mecânicos, escritos, e afinal, deveriam parecer naturais. Isso, além de tudo, nos faz nem gostar, nem desgostar dos personagens e ao longo da trama a gente não tá torcendo pra tudo dar bem, mas nem tá orando pelo amor de Deus pra eles morrerem logo. Não digo que isso atrapalhe na tensão do filme em momentos que pedem certa tensão, mas também não nos deixa arrancando os cabelos da cabeça de desespero. Os atores principais, Bojana Novakovic e Josh Stewart entregam um trabalho bom e satisfatório sem grandes atuações, entretanto em algumas cenas em que eles podiam mostrar para o que veio e entregar uma atuação GRANDIOSA, eles continuam mornos e não vão muito além do que o roteiro permite. Além disso temos dois personagens totalmente descartáveis na trama, Becky (Melissa Bolona) e David (Ben Vanderme), que até são úteis em algumas poucas cenas, mas podem facilmente sair do roteiro sem alterar em nada na história. E pra dar erro aos "vilões" do filme, as assombrações não dão medo algum e não nos causa tensão. As cenas em que as assombrações aparecem não nos deixa com medo pelos personagens e nem por nós mesmos, e isso só não desanda o filme inteiro porque o suspense foi tão bem construído durante o segundo ato, nos deixando na dúvida sobre elas, que quando você entende quem elas são e elas finalmente aparecem, você tá pensando muito mais em "é isso mesmo?", "será que é só isso?", que você esquece que deveria temê-las. O roteiro segue bem amarrado até o final do segundo ato, porém se perde nas explicações para a entidade e o problema fica confuso e mal resolvido, deixando o telespectador ora confuso, ora achando que não acabou porque "não pode ser só isso". E ainda há um plot twist na última semana que não funciona e não deixa ninguém surpreso. É uma virada de mesa que não vira mesa nenhuma. Pode parecer até que o filme é completamente uma b*sta, mas é que é necessário ressaltar não apenas o que me agradou, mas também o que poderia ter sido melhor. E um ponto assertivo da produção vai para as técnicas de filmagem e a fotografia. Os enquadramentos e os jogos de câmera não ajudam muito na trama e não acrescentam pra nossa experiência, mas a fotografia, meus amigos, é MUITO bem trabalhada. Com sombras, escuridão e luzes no fundo, tudo é usado no momento certo pra guiar o telespectador pra onde o roteiro quer que o telespectador vá, e a trilha sonora só ajuda, sendo sugestiva, levando quem tá assistindo junto, sem dizer "OLHA, SINTA MEDO", e só "Olha, tô aqui contigo, vamos juntos sentindo a mesma coisa". Outra coisa supimpa demais é que quando os personagens estão com medo, aflitos, a fotografia escurece e os personagens se submergem no escuro, enquanto quando eles se sentem bem e seguros, é usada bastante luz natural e isso inconscientemente nos faz relaxar também, achando que agora tá tudo bem ou que MEU DEUS AGORA VAI TUDO DAR M*RDA. Todavia, se a produção acertou na fotografia, errou muito nos efeitos visuais, fazendo um trabalho tosco e que nos deixa envergonhados, mas que quando considerado seu baixo orçamento, até dá pra relevar. Quanto ao figurino não há muita coisa pra falar, apenas que as roupas que a personagem grávida usam a faz parecer menos grávida do que ela está, e aí os personagens precisam ficar falando sobre isso nos primeiro minutos pra você lembrar que ela tá grávida até que essa ideia fixe na nossa mente. Enfim, o filme trás bons momentos de tensão, não vai muito além do que o gênero terror já propôs em diversos outros filmes, tem uma boa construção de história e entrega boas atuações, porém não nos deixa apaixonado e não apresenta nada novo, mas que se visto com coração aberto sem esperar algo grandioso, até diverte.
    Andrea L
    Andrea L

    Segui-los Ler a crítica deles

    0,5
    Enviada em 8 de dezembro de 2018
    Horrível! Foi tão mal feito, mal escrito e mal dirigido (aqueles efeitos, pelo amor, nem se fala) que tal hora eu estava era rindo de desespero por ter gasto meu dinheiro com isso.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top