Meu AdoroCinema
  • Meus amigos
  • Meus cinemas
  • Notas Express
  • Minha coleção
  • Minha conta
  • Promoções
  • Desconectar
O Apartamento
Nota média
3,6
21 publicações
  • O Globo
  • Variety
  • Ccine10
  • Cinema com Rapadura
  • Cineplayers
  • Cineweb
  • Críticos.Com.Br
  • Critikat.com
  • Estado de São Paulo
  • Preview
  • Screen International
  • The Hollywood Reporter
  • The Playlist
  • Rolling Stone
  • Cinema em Cena
  • Papo de Cinema
  • The Guardian
  • Veja
  • Chronic'art.com
  • Folha de São Paulo
  • Télérama

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

21 críticas da imprensa

O Globo

por André Miranda

Imposições religiosas, preconceitos, machismo, hipocrisia social: está tudo lá, não escancarado para evitar problemas com uma habitual censura do governo pós-1979, mas em entrelinhas que têm tanto valor para suas histórias quanto o enredo principal.

A crítica completa está disponível no site O Globo

Variety

por Owen Gleiberman

Para variar, "O Apartamento" é ainda mais sutil, minimalista e contido que os filmes anteriores de Asghar Farhadi. Ainda assim, a técnica do diretor e roteirista está no mesmo alto nível de sempre.

A crítica completa está disponível no site Variety

Ccine10

por Juca Claudino

Farhadi não perde o tom de suas narrações: ao traumaticamente rasgar a “normalidade” cotidiana com situações terrificantes (porém realistas), levando ao caos moral e emocional, sucede o susto com reviravoltas tão quanto frustrantes e ainda relações pessoais conflituosas.

A crítica completa está disponível no site Ccine10

Cinema com Rapadura

por Vinícius Volcof

Trabalhando sempre com os mesmo atores e equipe, o realizador é, ao lado do sempre perseguido Jafar Panahi (“Taxi Teerã”), o nome mais pungente do cinema vindo do Oriente Médio nos últimos anos.

A crítica completa está disponível no site Cinema com Rapadura

Cineplayers

por Bernardo D.I. Brum

O interesse narrativo de Farhadi está sempre no vago, no ausente, no silêncio, pois é essa falta de informações que fomenta toda a trama, de modo que sua câmera aqui é muito empregada em espaços mortos, ambientes vazios, nunca chegando de fato a alcançar os momentos-chave reveladores.

A crítica completa está disponível no site Cineplayers

Cineweb

por Neusa Barbosa

Há um eixo moral, ético, que se desloca, ampliando-se numa discussão sobre os limites da vingança. O ponto forte da produção é este roteiro bastante matizado e envolvente, que dá margem para muitas reflexões, especialmente sobre o atavismo de alguns aspectos das relações humanas.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

Críticos.Com.Br

por Daniel Schenker

O resultado é digno de nota. [...] o diretor extrai bons desempenhos (vale elogiar, em especial, Shahab Houssein, vencedor do prêmio de melhor ator no Festival de Cannes) e demonstra apreciável domínio do texto (seu roteiro também foi premiado em Cannes), a julgar pelo manejo do suspense.

A crítica completa está disponível no site Críticos.Com.Br

Critikat.com

por Benoît Smith

Em "O Apartamento", mais do que nos outros filmes do diretor, nenhum personagem [...] é poupado das ambiguidades, dos momentos sombrios, das pequenas covardias, das partes incompreensíveis expostas por diálogos cuidadosamente escolhidos.

A crítica completa está disponível no site Critikat.com

Estado de São Paulo

por Luiz Carlos Merten

Todas as mulheres de Farhadi são singularmente belas, além de excepcionalmente talentosas. A qualidade da atuação agrega ao valor do filme, mas o júri de Cannes preferiu o ator. Shahab Hosseini merece o prêmio que recebeu.

A crítica completa está disponível no site Estado de São Paulo

Preview

por Vitor Búrigo

Narra-se uma história sobre violência contra a mulher em uma sociedade machista e as consequências de atos repugnantes. Mesmo com diálogos bem construídos, "O Apartamento" não chega a ser o melhor filme de Farhadi.

A crítica completa está disponível no site Preview

Screen International

por Allan Hunter

Asghar Farhadi continua sendo um mestre do ritmo e da tensão, aumentando as apostas em uma narrativa incômoda impulsionada por um duradouro sentimento de impotência, paranoia...

A crítica completa está disponível no site Screen International

The Hollywood Reporter

por Deborah Young

Sem a complexidade social de "A Separação", as engrenagens do filme de Asghar Farhadi são aparentes e às vezes levam o filme para algumas partes tediosas. Mas tudo é perdoado quando o clímax é atingido...

A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

The Playlist

por Jessica Kiang

Apesar de ser denso no tema e rico nas texturas, existem escolhas do diretor que impedem "O Apartamento" de ser ótimo, e tornam o filme menos universal do que seus melhores trabalhos. Ele é tão forte quanto qualquer outra obra de Farhadi, mas também um pouco menor.

A crítica completa está disponível no site The Playlist

Rolling Stone

por Hamilton Rosa Junior

Vamos sentindo como a relação com a verdade se faz através de muitas formas de encenação. O diretor, Asghar Farhadi, tem o olhar de um psicólogo, mas também o ceticismo de um filósofo, que sabe que as nuances da realidade passam longe da simplificação.

A crítica completa está disponível no site Rolling Stone

Cinema em Cena

por Pablo Villaça

"The Salesman" faz jus à carreira de Asghar Farhadi: é envolvente, fluido, complexo e sensível. Infelizmente, ao chegar ao terceiro ato, o diretor se entrega a algo que seus filmes sempre evitaram: o maniqueísmo.

A crítica completa está disponível no site Cinema em Cena

Papo de Cinema

por Renato Cabral

A realização de Farhadi, é, por vezes, maçante e com um ritmo que revela a intenção de causar tensão, mas tudo o que consegue é uma incômoda morosidade. [...] A atuação de Shahab Hosseini, que venceu a categoria de ator no Festival de Cannes, é um dos pontos fortes da produção.

A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

The Guardian

por Peter Bradshaw

Em "O Apartamento", o diretor tenta arduamente atingir um efeito e um resultado mais potentes do que em seus filmes anteriores, mas não tem a mesma qualidade enigmática de "A Separação".

A crítica completa está disponível no site The Guardian

Veja

por Miguel Barbieri Jr.

Os motivos passam pela repressão feminina na sociedade muçulmana, tema muito comum nos trabalhos do realizador, que teve seu roteiro premiado no Festival de Cannes. Shahab Hosseini, em estupenda atuação, também foi laureado na competição.

A crítica completa está disponível no site Veja

Chronic'art.com

por Guillemette Odicino

Ao transformar os personagens em atores militantes interpretando "A Morte de um Caixeiro Viajante", o cineasta busca um sistema de ecos entre o drama do casal e a cena teatral, especialmente sobre as questões da culpa e da humilhação. Mas o paralelismo não produz nada interessante.

A crítica completa está disponível no site Chronic'art.com

Folha de São Paulo

por Pedro Butcher

É inegável que Farhadi é um cineasta de habilidades - mas o pecado, aqui, é justamente a habilidade excessiva. Seus filmes são marcados pela mão pesada de seu criador.

A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

Télérama

por Cécile Mury

A ambiguidade de Farhadi diante de seu tema cria um verdadeiro mal estar. [...] Não paramos de perguntar o tempo inteiro o que ele quer dizer de cada situação, de cada dilema, para gerar interpretações contraditórias.

A crítica completa está disponível no site Télérama
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top