Meu AdoroCinema
TOC - Transtornada Obsessiva Compulsiva
Nota média
3,4
9 publicações
  • Zero Hora
  • Ccine10
  • Folha de São Paulo
  • Cinepop
  • Cineweb
  • O Globo
  • Papo de Cinema
  • Veja
  • Quarto Ato

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

9 críticas da imprensa

Zero Hora

por Vanessa Scalei

Embora classificado como comédia, o longa tem doses de drama, e Tatá se mostra muito bem nesse outro gênero. [...] Cheio de graça, mas com crítica, o filme reflete sobre a onipresença das celebridades, que conquistam legiões de seguidores, mesmo que muitas vezes sejam pessoas vazias.

A crítica completa está disponível no site Zero Hora

Ccine10

por Igor Pinheiro

O longa consegue transitar muito bem entre drama e humor, sem parecer forçado, partindo de piadas com testículos arrancados e indo até uma cena emocionante de superação e romance que é cortada bruscamente por uma cena de vômito. Tudo funciona muito bem, juro.

A crítica completa está disponível no site Ccine10

Folha de São Paulo

por Chico Felitti

O filme tem digressões que funcionam como esquetes e permitem à atriz soltar sua criatividade e requentar personagens antigos. O papel da moça abilolada na novela, por exemplo, é um revival da Fernandona, a menina que morava trancada no porão do "Comédia MTV".

A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

Cinepop

por Pablo R. Bazarello

"TOC" chama verdadeiramente atenção, no entanto, nos momentos calmos, nos quais consegue falar sério e ter muito a dizer sobre o esperado de nós em um meio social. Tatá Werneck demonstra em tais momentos que é uma atriz talentosa e pode funcionar muito bem longe do humor...

A crítica completa está disponível no site Cinepop

Cineweb

por Alysson Oliveira

"TOC" lança um olhar um tanto cínico (e às vezes, doce) sobre o mundo vazio das celebridades hoje em dia. Apesar do tema surrado, a presença de Tatá Werneck, cujo timing para a comédia está afinadíssimo aqui, garante o humor constante no filme.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

O Globo

por Daniel Schenker

Os cineastas incluem diversas referências, algumas surpreendentes. Propõem uma mistura entre comédia, drama, romance e tempero trash, alcançando resultado mais inusitado do que propriamente satisfatório. O filme, porém, diverte em certos instantes...

A crítica completa está disponível no site O Globo

Papo de Cinema

por Wallace Andreoli

O filme de Caruso e Poppovick mantém, sim, a tendência da comédia cinematográfica brasileira contemporânea de se inspirar na televisão – a diferença é que se trata, agora, de um humor muito mais corrosivo e inteligente, tanto em conteúdo quanto em linguagem.

A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

Veja

por Miguel Barbieri Jr.

Com a mesmice reinando na comédia nacional, "TOC — Transtornada, Obsessiva, Compulsiva" é um oásis no deserto. Tatá Werneck faz sua primeira protagonista no cinema em uma trama de humor singular que, tomara!, caia no gosto do grande público.

A crítica completa está disponível no site Veja

Quarto Ato

por Arthur S. Gadelha

"TOC - Transtornada Obsessiva Compulsiva" ainda assim, funciona como um experimento que aponta para um liberdade da comédia que ainda está por vir. Uma comédia menos atada à objetos comuns de tom, tema e até mesmo estética.

A crítica completa está disponível no site Quarto Ato
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top