Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Suprema
     Suprema
    2019 — Amazon Prime Video / 2h 01min / Drama, Biografia
    Direção: Mimi Leder
    Elenco: Felicity Jones, Armie Hammer, Justin Theroux
    Nacionalidade EUA
    Ver o trailer
    Imprensa
    3,0 13 críticas
    Usuários
    3,6 40 notas e 7 críticas
    Adorocinema
    2,5
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 12 anos
    Ruth Bader Ginsburg (Felicity Jones) se formou em direito nas instituições mais prestigiosas do país: Harvard e Columbia, sempre como primeira aluna de sua turma. Mesmo assim, ela enfrentou o machismo dos anos 1950 e 1960 quando tentou encontrar emprego, sendo recusada pelos principais escritórios de advocacia. Na função de professora, ela se especializou em direito relacionado ao gênero, decidindo atacar o Estado norte-americano para derrubar centenas de leis que permitem a discriminação às mulheres.
    Título original

    On the Basis of Sex

    Distribuidor Diamond Films
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2018
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 2 curiosidades
    Bilheteria no Brasil 38 803 entradas
    Orçamento -
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Críticas AdoroCinema

    2,5
    Regular
    Suprema

    A exceção que confirma a regra

    por Bruno Carmelo
    Para retratar um ícone da política norte-americana, a diretora Mimi Leder investe numa trajetória de ascensão. A diretora não se contenta em mostrar Ruth Bader Ginsburg como uma jurista importante que integra a Suprema Corte de seu país: ela precisa lembrar que a personagem sofreu as piores condições, atravessou adversidades até conseguir a maior das conquistas jurídicas e pessoais. Ou seja, Suprema é um filme que acentua as dificuldades e reforça as vitórias, de modo a explicitar o abismo entre ambos. Ginsburg não se torna uma figura com a qual todos poderiam se identificar: ela é descrita por sua excepcionalidade. Felicity Jones cumpre com desenvoltura o papel de “mulher íntegra confrontada a doenças na família”, que tem desempenhado em diversas produções (A Teoria de Tudo, Sete Minutos Depois da Meia-Noite). O roteiro critica o fato de ser baixinha, teimosa, insegura, sem experiênc...
    Ler a crítica

    Trailers

    Suprema Trailer Legendado 2:24
    Suprema Trailer Legendado
    6 961 visualizações
    Suprema Trailer (2) Original 2:48
    419 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Felicity Jones
    Personagem : Ruth Bader Ginsburg
    Armie Hammer
    Personagem : Martin Ginsburg
    Justin Theroux
    Personagem : Mel Wulf
    Kathy Bates
    Personagem : Dorothy Kenyon
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    SAMUEL L.
    SAMUEL L.

    Segui-los Ler as 37 críticas deles

    4,5
    Enviada em 24 de julho de 2019
    1. Muito bom o filme e feliz por ter conhecido à história real da famosa RBG. RBG =Ruth Bader Ginsburg 2. O filme é baseado numa história areal da Juíza Ruth Bader Ginsburg nomeada para "SUPREMA" Corte em 1993. 3. Frase marcante do filme: "Mudanças socias radicais? Quando eu entrei para o curso de Direito em Harvard, não existiam banheiros femininos! - ou seja, a 1ª mulher que mudou a história das leis sexistas norte americanas e ...
    Leia Mais
    Fernando C
    Fernando C

    Segui-los Ler as 3 críticas deles

    4,5
    Enviada em 30 de setembro de 2019
    Me surpreendeu muito. Está entre os melhores filmes que vi esse ano. A ideologia política controversa de alguns críticos impedem de o reconhece-lo.
    Nelson J
    Nelson J

    Segui-los 6708 seguidores Ler as 1 173 críticas deles

    3,5
    Enviada em 20 de março de 2019
    Kathy Bates agrega um valor a parte. Filme trata da vida em família, professoral e jurídica da primeira mulher que viria a ocupar uma cadeira na suprema corte americana. bom roteiro e sem excesso de juridiquês, mas também sem grandes emoções. Filha e marido dão um gás para ela escalar a sua carreira.
    Rodrigo Gomes
    Rodrigo Gomes

    Segui-los 773 seguidores Ler as 501 críticas deles

    3,0
    Enviada em 25 de maio de 2019
    Tem os elementos pra ser um grande roteiro, ainda mais por ser fatos reais, mas devidos as interpretações, se torna mediano a fraco. Falta aquele apelo decisivo no final. Nem por isso deixa de ser um marco na história e uma grande conquista dos direitos na igualdade de gêneros.
    7 Comentários do leitor

    Fotos

    27 Fotos

    Curiosidades das filmagens

    Substituições

    Durante quatro anos, Natalie Portman era a principal escolha para interpretar Ruth Bader Ginsburg. Mas ela desisitu e foi substituída por Felicity Jones.

    Em família

    Daniel Stiepleman, o roteirista do filme, é sobrinho de Ruth Bader Ginsburg.

    Últimas notícias

    Bilheterias Brasil: Quebrando recordes, Capitã Marvel segue no topo
    NOTÍCIAS - Negócios
    terça-feira, 19 de março de 2019
    O Parque dos Sonhos é a maior estreia da semana
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quinta-feira, 14 de março de 2019
    Maligno também é destaque.
    Bilheterias Estados Unidos: Vidro lidera, mas é o poder de Dragon Ball Super Broly que surpreende
    NOTÍCIAS - Negócios
    terça-feira, 22 de janeiro de 2019
    Amigos para Sempre, Aquaman e Homem-Aranha no Aranhaverso também estão bem na disputa.
    11 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Thiago Soares Mota
      - 361º filme de 2.019 - Visto em 04/11...- Um bom filme no geral, que acertou na escolha da belíssima e excelente atriz Felicity Jones para o papel principal, mas que tinha potencial para ser muito melhor! É bem dirigido, com uma boa produção e um elenco de coadjuvantes que mantem o nível de atuação da atriz principal, principalmente a veterana Kathy Bates (uma das melhores atrizes de todos os tempos, impossível não lembrar da Annie Wilkes, mas com poucas cenas aqui) e a boa surpresa Cailee Spaeny! A pioneira na luta pela igualdade de gêneros no sistema jurídico americano Ruth Bader Ginsburg é um exemplo para todos nós e realizou grandes feitos e talvez um único filme de duas horas seja insuficiente para contar a sua história, mas aqui os produtores e roteiristas optaram por apenas um momento importante da história dela, atropelando alguns e deixando tantos outros de fora! É imperdoável que um dos grandes momentos da vida dela, pelo pioneirismo e pela importância da conquista seja mencionado apenas nos créditos (não vou dar spoiler)! No geral, é um bom filme e vale uma sessão, mas eu ficaria tranquilamente mais uma hora na frente da televisão ou veria uma segunda parte de uma história tão bonita, importante e inspiradora...- Nota: 7,5/10 (bom)...
    • Edson
      Assista o filme agora, acesse: >>> WWW.FILMESONLINEXHD.BIZ <<< é grátis e sem cadastro!
    • Sally
      Assistindo - Suprema - com 720/1080 completo idioma disponível ??? Agora aqui: FOUSERIESBOX.BLOGSPOT.COM
    • Melisha
      Assistindo - Suprema - com 720/1080 completo idioma disponível ??? Agora aqui: BOXPOPCORN.BLOGSPOT.COM
    • Bella
      Assistindo - Suprema - com 720/1080 completo idioma disponível ??? Agora aqui: XBOXSERIES9.BLOGSPOT.COM
    • Eliza
      Assistindo - The Meg - com 720 / 1080p linguagem completa disponível ?? Agora aqui: XSERIESBOX9.BLOGSPOT.COM
    Mostrar comentários
    Back to Top