Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Quarto de Guerra
    Nota média
    1,8
    6 publicações
    • Washington Post
    • Boston Globe
    • The Hollywood Reporter
    • Variety
    • Chicago Sun-Times
    • The Guardian

    Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

    6 críticas da imprensa

    Washington Post

    por Jane Horwitz

    Um filme fortemente cristão sobre como o poder da oração pode salvar um casamento problemático, "Quarto de Guerra" certamente agradará àqueles que já acreditam ou quem busca filmes sobre a fé. Mas também tem atuações boas o bastante para pessoas que gostam de uma novela boa e limpa.

    A crítica completa está disponível no site Washington Post

    Boston Globe

    por Tom Russo

    A narrativa parece a de um idoso pregando a fé para uma geração mais nova "louca ativa". O que distrai é a breguice da pregação Abercrombie. Ou, mais problematicamente, a sugestão de que Elizabeth precisa se manter forte e  comprometida espiritualmente aos abusos psicológicos de Tony.

    A crítica completa está disponível no site Boston Globe

    The Hollywood Reporter

    por Frank Sheck

    Não há dúvidas de que os irmãos Kendrick emplacaram no amplo mercado de filmes religiosos. [...] Porém, seu proselitismo exagerado e sua narrativa novelesca se provarão uma decepção àqueles que não rezam com uma regularidade diária.

    A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

    Variety

    por Joe Leydon

    O filme mais insistentemente evangélico dos irmãos Alex e Stephen Kendrick. [...] O proselitismo enfático irá repercutir entre espectadores que acharem que um drama sobre a possibilidade de salvação espiritual pode ser tão convincente quanto um espetáculo sobre se Loki derrubará um dos Vingadores.

    A crítica completa está disponível no site Variety

    Chicago Sun-Times

    por Matt Fagerholm

    Pode não ser tão descaradamente ofensivo quanto "Deus Não Está Morto" ou tão espetacularmente inepto, como "Saving Christmas" de Kirk Cameron, mas, ainda assim, é horrível, oferecendo todo o humor forçado e conteúdo superficial de uma estúpida homilia.

    A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

    The Guardian

    por Jordan Hoffman

    Seu marido é um babaca egoísta? Ele ignora seus anseios, não dá atenção à sua adorável filha [...]? Saiba que a culpa é sua. [...] O que você precisa fazer é render-se, entrar no armário e rezar. [...] Essa tática, segundo o novo filme religioso de Alex e Stephen Kendrick, trará seu marido de volta.

    A crítica completa está disponível no site The Guardian
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top