Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    O Massacre Em Guernica
    Média
    3,3
    12 notas e 4 críticas
    distribuição de 4 críticas por nota
    0 crítica
    0 crítica
    2 críticas
    1 crítica
    1 crítica
    0 crítica
    Você assistiu O Massacre Em Guernica ?

    4 críticas do leitor

    Ricardo M.
    Ricardo M.

    Segui-los 7515 seguidores Ler as 697 críticas deles

    3,5
    Enviada em 17 de novembro de 2016
    Massacre em Guernica... Ambientado durante a guerra civil espanhola, MASSACRE EM GUERNICA mostra um correspondente americano, Henry (James d'Arcy) e a funcionária do órgão censor local Teresa (María Valverde) envoltos em eventos que anteciparam o violento ataque à cidade do país Basco. Trata-se de uma drama que desenvolve-se para ilustrar as mentiras que foram impostas pelo governo local que controlava com mãos de ferro a imprensa, tanto local quanto internacional, tudo isso em paralelo às maquinações realizadas pelo general Francisco Franco, que assumiria como ditador logo em seguida, e o marechal alemão Wolfram von Richthofen. Apesar de não ser uma super produção, o filme é interessante e usa bem seus recursos, criando um drama competente ao realçar, de forma imparcial, a realidade vivida pela pequena cidade espanhola de Guernica.
    Euclides Roberto N.
    Euclides Roberto N.

    Segui-los Ler as 3 críticas deles

    1,0
    Enviada em 5 de junho de 2017
    Filme fraco e parcial, contrariamente ao que já se disse sobre ele. Há muitos anacronismos. Por exemplo, mostrar que o serviço secreto soviético era apenas sectário e que não ajudou em nada. Outro, ainda pior: a crítica do filme que incide sobre a censura. O filme poderia ter ilustrado melhor o jogo de informação e contra-informação que está em disputa numa situação de guerra. Mas preferiu, anacronicamente, interpretar o assunto como se apenas a liberdade de imprensa estivesse em questão, ignorando os fatos da guerra mesma, muito diferente de uma situação de paz. Além disso, os chavões de sempre: o heroi jornalista que acaba entrando na guerra e vai servir de contraponto à jovem censora Tereza. Tratamento superficial dos personagens. Profundo só amor entre eles. Aliás, é o que elimina todo o restante do filme, que deveria ter como centro a Guerra, já que o nome, Guernica, justificaria o filme. Uma super produção de efeitos especiais que, ao fim, trata de um romance romântico entre um jornalista americano e uma funcionária espanhola. Quem procura lições de história, consulte outro lugar. Aqui só chavões e lugar comum.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top