Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Homem-Aranha no Aranhaverso
    Média
    4,6
    890 notas e 92 críticas
    distribuição de 92 críticas por nota
    52 críticas
    32 críticas
    5 críticas
    2 críticas
    0 crítica
    1 crítica
    Você assistiu Homem-Aranha no Aranhaverso ?

    92 críticas do leitor

    Alvaro Triano
    Alvaro Triano

    Segui-los 57 seguidores Ler as 91 críticas deles

    5,0
    Enviada em 11 de janeiro de 2019
    Se você tivesse dinheiro para assistir, apenas, um filme neste ano, sugiro que assista "Homem-Aranha no Aranhaverso". O longa não é só lindo (muito lindo) visualmente, ele é muito lindo narrativamente. É muito bacana ver a história de um dos heróis - se não o herói - mais amado de todos os tempos sendo contada por várias versões dele mesmo em universos paralelos. Sim! Essa é a sinopse da nova animação da Sony em parceria com a Marvel Studios. O filme retrata a vida do jovem Miles Morales, que vive no Brooklyn com seus pais e um belo dia é picado por uma aranha radioativa. Não! Ele não é o famoso Peter Parker que você ou eu conhecemos como "Homem-Aranha", vivido nas telonas pelo grande Tobey Maguire (melhor aranha), mas Morales é um dos aranhas desse universo, não só da nova animação, mas também das HQs. A primeira aparição dele foi na Ultimate Fallout em 2011 e depois na série de TV animada Ultimate Spider-Man. Miles Morales é um dos heróis negros da Marvel, além de ser de descendência hispânica, com um jeito despojado de ser e trejeitos únicos de se movimentar como aranha, tem conquistado vários fãs old school. Voltando para o filme, ele é maravilhoso! O traço perfeito alinhado com a velocidade de transição dos frames lembra, em alguns momentos, a técnica de rotoscopia usada por Linklater. Com a direção de Bob Persichetti, Peter Ramsey e Rodney Rothman "Homem-Aranha no Aranhaverso" já é de longe a melhor animação de 2019, assim como, um dos melhores filmes de super-herói, não é à toa que foi a vencedora do Globo de Ouro e, provavelmente, será a vencedora do Oscar de animação. Uma obra-prima! Magnífico para quem é fã ou não do "Amigão da vizinhança".
    c4rlc4st
    c4rlc4st

    Segui-los 344 seguidores Ler as 279 críticas deles

    4,0
    Enviada em 20 de janeiro de 2019
    Desde Inside Out eu não fico empolgado com uma animação. Essa vem para subir um degrau no nível desse tipo de produção, porque criatividade e esmero é o que não falta. A construção urbana, a utilização de recursos narrativos típicos de quadrinhos e o estilo original de desenho são alguns exemplos do que quero dizer quando digo que essa animação eleva o patamar. Além disso temos um roteiro simples, mas que nos apresenta personagens interessantes e flerta com temas mais profundos do que costumamos ver em filmes de super-heróis em geral. Preciso finalizar elogiando os créditos... que artes sensacionais. 👏
    Ryan
    Ryan

    Segui-los 90 seguidores Ler as 225 críticas deles

    5,0
    Enviada em 12 de maio de 2019
    Muito bom, supreendente, divertido, com uma animação única super incrível, algo jamais visto. Histórias paralelas interessantes, bem construído e com trilha sonora hiper jovem, muito bom destacada.
    filmes e D.
    filmes e D.

    Segui-los 7 seguidores Ler as 120 críticas deles

    4,5
    Enviada em 17 de janeiro de 2019
    super legal exelente bem feita animaçao e tb com letras bem coloridas os personagens dos homens aranhas so achei o porquinho meio doido uma tecnica bem feita e super legal com musicas exelentes e reviravoltas bem encaixadas
    Ricardo L.
    Ricardo L.

    Segui-los 26010 seguidores Ler as 1 709 críticas deles

    5,0
    Enviada em 25 de fevereiro de 2019
    Possivelmente o melhor Homem Aranha já produzido, tendo o Homem- Aranha II como o único que poderia bater de frente. Aqui temos Miles Morales como um dos Spider desse filme, sendo ele o protagonista que engloba cinco personagens único em meio um universo paralelo e aqui é feito super bem, com efeitos nunca visto e traços espetaculares. O roteiro é ótimo e seu desenvolvimento também. Aranhaverso nos passa a sensação de estarmos dentro do filme. Vale muito a pena assistir.
    Nelson J
    Nelson J

    Segui-los 20836 seguidores Ler as 1 226 críticas deles

    2,5
    Enviada em 17 de março de 2019
    Desenho de qualidade sobre tema controverso. Diversos Aranhas de distintas dimensões se junta, um é morto e do nada apareceu uma aranha radioativa para picar um adolescente que será mais uma Aranha. Precisa gostar e ter paciência. Passo.
    Luiz Antônio N.
    Luiz Antônio N.

    Segui-los 12769 seguidores Ler as 1 234 críticas deles

    3,5
    Enviada em 3 de março de 2019
    Após ser atingido por uma teia radioativa, Miles Morales, um jovem negro do Brooklyn, se torna o Homem-Aranha, inspirado no legado do já falecido Peter Parker. Entretanto, ao visitar o túmulo de seu ídolo em uma noite chuvosa, ele é surpreendido com a presença do próprio Peter, vestindo o traje do herói por baixo de um sobretudo. A surpresa fica ainda maior quando Miles descobre que ele veio de uma dimensão paralela, assim como outras versões do Homem-Aranha. realmente não tinha como não ganhar o Oscar animação é diferente de quase tudo já feito até hoje fora que bate muito a qualidade de muito filme de herói uma verdadeira obra-prima⭐⭐⭐🌟
    Alan David
    Alan David

    Segui-los 8251 seguidores Ler as 685 críticas deles

    4,5
    Enviada em 21 de janeiro de 2019
    Homem-Aranha no Aranhaverso entrega uma experiência divertida e emocionante com traços inovadores que funcionam demais no contexto que o roteiro exige, com momentos emocionantes que entregam o que é ser um verdadeiro herói... Dentro da jornada de um menino que está aprendendo sobre uma oportunidade única que a vida lhe entregou e também surfando na loucura de encontrar seus "iguais" de outras dimensões, ficou muito bom mesmo. Merece todos os prêmios que vem ganhando nas premiações pré Oscar (Esse também, filme é mega favorito de vencer como melhor animação no Oscar 2019). Para lê a crítica completa no ParsaGeeks, link a seguir: http://www.parsageeks.com.br/2019/01/critica-cinema-homem-aranha-no.html
    Daniel N.
    Daniel N.

    Segui-los 3515 seguidores Ler as 570 críticas deles

    5,0
    Enviada em 14 de abril de 2019
    Sensacional. E um enredo louco assim só é possível graças a qualidade e tecnologia dessa animação... Sensacional!
    Kamila A.
    Kamila A.

    Segui-los 3406 seguidores Ler as 563 críticas deles

    4,0
    Enviada em 18 de fevereiro de 2019
    Um dos personagens mais clássico do universo das histórias em quadrinhos, o Homem-Aranha tem uma história conhecida por todos! O jovem Peter Parker, na sua adolescência, foi picado por uma aranha radioativa, desenvolvendo, assim, super poderes que o transformariam no Homem-Aranha, um heroi que ajudava a desenrolar os crimes ocorridos na cidade de Nova York. A animação Homem-Aranha: No Aranhaverso, dirigida por Bob Persichetti, Peter Ramsey e Rodney Rothman, nos coloca diante deste personagem, sob um novo prisma. O jovem Miles Morales (dublado por Shameik Moore, na versão original) é oriundo do bairro do Brooklyn e está passando por mudanças na sua vida pessoal, na medida em que está ingressando em uma nova escola, que é um internato, e que enfrenta a resistência dos pais ao seu dom para a arte grafiteira. Durante um passeio noturno, pela área mais subterrânea da cidade de Nova York, realizado com seu tio Aaron (dublado por Mahershala Ali), Miles é picado por uma aranha radioativa e começa a desenvolver as mesmas habilidades que Peter Parker passou a possuir. É aqui que Homem-Aranha: No Aranhaverso começa a ficar interessante, pois o domínio público é que só tivemos um único Homem-Aranha. Saber que Peter Parker não estava sozinho é a primeira das surpresas desta animação. A partir deste ponto, entramos na trama principal de Homem-Aranha: No Aranhaverso, que coloca Miles Morales em contato, não só com Peter Parker, como também com outras versões do Homem-Aranha, oriundos do universo das histórias em quadrinhos. Inseridos numa mesma dimensão espaço-temporal, estes personagens lutarão contra um homem do crime que deseja, justamente, permitir que se possam fazer modificações no tempo, alterando fatos que já ocorreram. Homem-Aranha: No Aranhaverso é uma animação bem diferente da qual estamos acostumados a conferir. Em primeiro lugar, a linguagem adotada pelos diretores e pelo roteiro escrito por Phil Lord e Rodney Rothman é muito mais adulta, do que infantil. A história tem um ritmo frenético, possui uma dose certa de ousadia e insights muito interessantes (especialmente no que diz respeito à diversidade que vemos em tela, às diversas identidades dos Homens-Aranhas que são encarnados em tela). Não à toa, é esta animação que – merecidamente – ameaça o domínio da Pixar/Disney no mercado e, principalmente, nas premiações.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top