Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Michelle e Obama
    Nota média
    3,2
    22 publicações
    • Chicago Sun-Times
    • Collider
    • Observatório do Cinema
    • O Globo
    • The Hollywood Reporter
    • The Playlist
    • Variety
    • Washington Post
    • ScreenCrush
    • Almanaque Virtual
    • Boston Globe
    • Cineweb
    • Omelete
    • Papo de Cinema
    • Rubens Ewald
    • Screen International
    • The Guardian
    • Veja
    • Preview
    • Folha de São Paulo
    • New York Times
    • Télérama

    Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

    22 críticas da imprensa

    Chicago Sun-Times

    por Richard Roeper

    "Michelle e Obama” é uma releitura doce, inteligente, bem construída e incrivelmente romântica e objetiva do primeiro encontro entre Barack Obama e Michelle Robinson...

    A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times

    Collider

    por Adam Chitwood

    Tanne oferece um encontro romântico delicado, de importância histórica às vezes quase óbvia, baseado num par de atuações excelentes de Tika Sumpter e Parker Sawyers.

    A crítica completa está disponível no site Collider

    Observatório do Cinema

    por Bruno Pinheiro

    De uma forma honesta e simples, o diretor Richard Tanne consegue sustentar bons diálogos que capturam toda a essência dessas figuras na atualidade.

    A crítica completa está disponível no site Observatório do Cinema

    O Globo

    por Mário Abbade

    O diretor estreante Richard Tanne, com uma dupla de atores em completa sintonia, se inspira no estilo adotado pelo cineasta Richard Linklater ao retratar a passagem do tempo, principalmente em “Antes do Amanhecer”, para ilustrar o início de uma bela conexão entre dois idealistas.

    A crítica completa está disponível no site O Globo

    The Hollywood Reporter

    por Todd McCarthy

    O filme é suficientemente encantador e genial que qualquer problema que alguém tiver com Barack Obama como presidente é facilmente colocado de lado durante 80 minutos.

    A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

    The Playlist

    por Noel Murray

    "Michelle e Obama" é encantador e honesto, além de ser inovador na maneira de tratar os problemas que as minorias enfrentam quando buscam se impor numa cultura dominada por homens brancos.

    A crítica completa está disponível no site The Playlist

    Variety

    por Justin Chang

    Ainda que superficialmente o filme seja uma espécie de variação do estilo de filme que é "Antes do Amanhecer", a estreia de Richard Tanne aprofunda o debate sobre os muitos desafios (e das variedades) da identidade afro-americana...

    A crítica completa está disponível no site Variety

    Washington Post

    por Ann Hornaday

    Como o tranquilo dia de verão que retrata, "Michelle e Obama" é narrado em uma vibe suave e vagarosa e possui um charme que nos encanta com sua tranquilidade, se insinuando gentilmente e então seduzindo o público conforme o casal no centro do filme experiencia o que pode ser um amor verdadeiro.

    A crítica completa está disponível no site Washington Post

    ScreenCrush

    por Erin Whitney

    Por mais que "Michelle e Obama" seja a história do 44º presidente encontrando a sua esposa, ele também é uma fábula doce e encantadora sobre duas pessoas que despertam as melhores qualidades uma na outra.

    A crítica completa está disponível no site ScreenCrush

    Almanaque Virtual

    por Gabriel Gaspar

    Um filme delicado, com uma proposta arriscada mas muito bem executada, “Michelle e Obama” corre o risco de perder o seu valor cinematográfico se comparado ao peso político que a obra assume.

    A crítica completa está disponível no site Almanaque Virtual

    Boston Globe

    por Peter Keough

    A convencionalidade da narrativa não diminui a impressão deixada no público por dois atores que se parecem exatamente com seus personagens seriam se tivessem feito parte de uma comédia romântica há três décadas atrás.

    A crítica completa está disponível no site Boston Globe

    Cineweb

    por Alysson Oliveira

    "Michelle e Obama" é uma longa discussão sobre questões pessoais, culturais, sociais e políticas, sobre a visão de mundo, bastante parecida, dos dois. Por isso, andam de um lado para outro falando...

    A crítica completa está disponível no site Cineweb

    Omelete

    por Camila Sousa

    O filme acerta ao não fazer nenhuma menção à presidência, deixando tudo nas entrelinhas para quem já conhece a história dos dois. O foco é mostrar realmente qual é a base do relacionamento.

    A crítica completa está disponível no site Omelete

    Papo de Cinema

    por Marcelo Müller

    O principal ingrediente de "Michelle e Obama" é realmente o romance. Contudo, as muitas andanças do casal proporcionam observações interessantes acerca da situação social norte-americana no fim dos anos 80.

    A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

    Rubens Ewald

    por Rubens Ewald Filho

    Chega um pouco tarde este simples e até encantador filme [...]. Com trilha musical constante, Black naturalmente, não polemiza, apenas procura criar um filme romântico dando uma visão super favorável do casal.

    A crítica completa está disponível no site Rubens Ewald

    Screen International

    por Tim Grierson

    Para esclarecer as coisas, a estreia repleta de diálogos de Richard Tanne na direção só é tão empolgante quanto é porque retrata o passado do futuro Presidente e da Primeira Dama dos EUA...

    A crítica completa está disponível no site Screen International

    The Guardian

    por Jordan Hoffman

    [...] "Michelle e Obama" usa nosso afeto em relação ao casal Obama para adicionar urgência a um roteiro muito simples. E o público realmente deseja que os dois personagens fiquem juntos...

    A crítica completa está disponível no site The Guardian

    Veja

    por Miguel Barbieri Jr.

    Direto, o título em português entrega o tema do filme: "Michelle e Obama" trata do relacionamento entre o presidente americano e sua esposa. Felizmente, o roteirista e diretor Richard Tanne, em seu primeiro longa-metragem, não teve a pretensão de fazer uma cinebiografia completa.

    A crítica completa está disponível no site Veja

    Preview

    por Renata Primavera

    Apesar de herculeano, consegue realizar o feito, mas fica um tanto raso no final e se torna facilmente esquecível. Vale mais pela atuação da dupla protagonista.

    A crítica completa está disponível no site Preview

    Folha de São Paulo

    por Luciana Coelho

    Apesar do roteiro esquálido, o filme poderia ter força se os diálogos usassem mais improviso [...], mas isso seria impossível em se tratando de personagens reais - o que se ouve, embalado pela estética e a música da época, é esquemático e previsível.

    A crítica completa está disponível no site Folha de São Paulo

    New York Times

    por Manohla Dargis

    O diretor Richard Tanne definitivamente realizou um estudo aprofundado dos personagens nos quais se inspirou, mas seu filme logo se torna refém da história do casal que retrata.

    A crítica completa está disponível no site New York Times

    Télérama

    por Pierre Murat

    Espero que o primeiro encontro do futuro presidente dos Estados Unidos com sua esposa tenha sido menos chato e menos pomposo que o encontro dos personagens da tela. Tenho certeza disso, aliás. Senão, eles nunca mais teriam se encontrado de novo.

    A crítica completa está disponível no site Télérama
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top