Meu AdoroCinema
Marcando Território
Média
3,5
47 notas e 9 críticas
22% (2 críticas)
11% (1 crítica)
56% (5 críticas)
0% (0 crítica)
11% (1 crítica)
0% (0 crítica)
Você assistiu Marcando Território ?

9 críticas do leitor

Lúcio T.
Lúcio T.

Segui-los 15 seguidores Ler as 233 críticas deles

3,5
Enviada em 03/11/16
Taí um filme de diálogo que gostei! Nada merecedor de Oscar, mas que prende a atenção mesmo com um enredo simples. O diretor Adam Alleca fez um bom trabalho colocando um "cara comum" em uma situação inusitada e uma menina curiosa em uma situação de testemunha involuntária, o típico "no lugar errado, na hora errada". Em um suposto Conto do Portuga (vetado após conversa em família por divergências de entendimento), teríamos um confronto direto entre Morpheus (da trilogia MATRIX) e o vigilante da Marvel, o Justiceiro (de O JUSTICEIRO de 2004), isto porque como o vilão temos o ator Laurence Fishburne (que fez o Morpheus) e o herói temos o ator Thomas Jane (o Justiceiro). A trama de início já começa com tudo, para que depois fique em um embate prolongado. A curiosidade em saber o desfecho é grande. Está certo que a situação pode ter sido forçada a estagnar um pouco para que a história seguisse o fluxo desejado (eu imaginei "n" formas de acabar o "confronto" que muito me admirou os dois não terem pensado antes.....falou o MacGyver, até parece.....), mas é bem interessante e de fácil compreensão. Basicamente o cenário é dentro de uma casa afastada, possibilitando mais acertos do que erros em seu roteiro. O que prende mesmo a atenção é como os dois resolvem tal resistência de ambos os lados. Nada demais, mas satisfatório...
Lúcio A.
Lúcio A.

Segui-los Ler a crítica deles

5,0
Enviada em 22/02/16
Filme muito bom, ótimo enredo, ótimos personagens e o suspense na medida certa, sem exageros, o barulho de quando o assassino aparece faz lembrar ''Silent Hill'' mas de uma forma assim digamos mais ''Psicótica'' , um filme para uma boa reflexão do mundo e dos testes que a vida nos traz, recomendo a assistir.
Gustavo B
Gustavo B

Segui-los Ler a crítica deles

1,0
Enviada em 12/08/18
ja assisti filmes bons com atores ruins e ja assisti filmes ruins com atores bons e me revolto com o desperdicio do talento, sou viciado em filmes não ligo pra sinopse mas avalio por conta própria comparando os filmes e series que ja acompanhei, e sinceramente, esse filme é uma bosta, até dá pra comparar a rede globo a band, ou melhor sem comparação pois a band tá dando show nos filmes que exibe. antes de colocar o filme alguem assista e analise e veja se é aceitavel, saudades do telecine onde ligava e escolia o filme.
Luiz Antônio N.
Luiz Antônio N.

Segui-los 36 seguidores Ler as 813 críticas deles

3,0
Enviada em 13/06/17
Carter é um veterano de guerra que enfrentou momentos muito complicados durante as missões militares das quais participou. Agora, ele está determinado a ficar longe de qualquer tipo de violência, mas, quando se depara com a vida de uma menina de doze anos ameaçada por um matador de aluguel inescrupuloso, Carter encontra sua espingarda e parte para o conflito. Ele está disposto a proteger a menina, custe o que custar. até que eu gostei ia fazer um tempo que eu estava com esse filme mas somente agora consegui assistir achei até um filme que prende bem atenção mas com final bem previsível 🌟🌟🌟
andré L.
andré L.

Segui-los Ler as 10 críticas deles

5,0
Enviada em 12/06/17
os ensinamentos que aprendemos sempre vai nos ajudar na vida e é isso que o filme mostra, que usa estrageia ganha a guerra. o filme começa com envolvente do começo ao fim.
Ricardo M.
Ricardo M.

Segui-los 19 seguidores Ler as 579 críticas deles

3,0
Enviada em 10/01/17
Diálogo Afiado... Carter (Thomas Jane) é um veterano de guerra que vive isolado após frustrações envolvendo perdas familiares. O que seria mais um dia monótono, muda por completo após a pequena Bird (Ella Ballentine) surgir desesperada porque está sendo caçada pelo matador de aluguel Sade (Laurence Fishburne). Presos e sob constantes ameaças mútuas, mocinho a bandido traçam um tenso e divertido duelo de diálogos e poucos tiros. MARCANDO TERRITÓRIO é um filme de elenco mínimo, cabendo nos dedos de duas mãos, incluindo figurantes, mas que é bem sustentado pelo embate de diálogos feitos por Carter e Sade, sendo este último o destaque por sua famigerada ânsia em querer se safar. O diretor, e também roterista, Adam Alleca comanda o filme de forma segura, criando planos bem interessantes e abusando do parco ambiente para criar certa claustrofobia. Pode não ser um fenômeno do gênero, mas prende a atenção e até surpreende pela criatividade e bons diálogos.
Isis Lourenço
Isis Lourenço

Segui-los 15 seguidores Ler as 439 críticas deles

3,0
Enviada em 20/10/16
O filme é bom,apesar de se passar praticamente no mesmo lugar:a casa em que estão presos,consegue manter o suspense o tempo todo e o final é o esperado.
Marcos D.
Marcos D.

Segui-los 3 seguidores Ler as 14 críticas deles

4,0
Enviada em 28/02/16
Um filme que prende vc ...apesar de passar quase todo em lugar apenas porém não fica cansativo vale a pena assistir.
Sidney  M.
Sidney M.

Segui-los 48 seguidores Ler as 963 críticas deles

3,5
Enviada em 27/02/16
Um bom filme, que tem suspense, drama, e cinco segundos de ação. Thomas Jane sempre bem, muito carismático.
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top