Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Mundo Cão
    Média
    3,8
    74 notas e 11 críticas
    distribuição de 11 críticas por nota
    0 crítica
    5 críticas
    6 críticas
    0 crítica
    0 crítica
    0 crítica
    Você assistiu Mundo Cão ?

    11 críticas do leitor

    Benedicto Ismael C.
    Benedicto Ismael C.

    Segui-los 21 seguidores Ler as 75 críticas deles

    3,5
    Enviada em 18 de março de 2016
    No filme Mundo Cão, o público gosta dos cachorros, mas se decepciona com os homens. Nenê, interpretado por Lázaro Ramos, era um bandido desalmado e arrogante, que com uma arma na mão se julgava dono do mundo. Babu Santana é o caçador de cães abandonados. A estória tem seus altos e baixos. Um ônibus em alta velocidade na avenida causa um susto. A vibração baixa e o desinteresse dos órgãos públicos desanimam. A corrupção é um ingrediente na vida acomodada focada nas necessidades básicas, cuja distração vai do cigarro ao futebol e televisão. O linguajar é baixaria. Mas quem trata os outros como cachorro, também acaba tendo vida de cão. Mundo cão é o nosso mundo, com todas as deficiências produzidas pelos seres humanos, sem beleza, sem aspirações mais elevadas. As pessoas nascem, crescem sem compreender a vida, sem se preocupar com a melhora da qualidade humana e vão vivendo até que alguma desgraça as despertem, então querem fazer justiça com as próprias mãos, mas aí a consciência pode aparecer e impedir as atitudes de absoluta frieza. Com o passar do tempo as coisas se ajeitam, mas os traumas ficam adormecidos porque não há o saber e respeito às leis da Criação, e os mais fortes e astutos querem se sobrepor, gerando ódios e insatisfação, e o mundo se torna “cão”, áspero e inóspito, sem visão de melhor futuro.
    Marco G.
    Marco G.

    Segui-los 84 seguidores Ler as 244 críticas deles

    4,0
    Enviada em 18 de março de 2016
    Lázaro está sensacional neste trabalho. Boa influência do cinema europeu tirando a previsibilidade da conclusão da trama. Muito Bom.
    Thiago C
    Thiago C

    Segui-los 31 seguidores Ler as 152 críticas deles

    3,0
    Enviada em 18 de março de 2016
    Novo longa de Marcos Jorge traz a presenção entre a justiça e a vingança, além de competentes performances de seu elenco, em especial, Adriana Esteves. Se era pra ser um filme de suspense e drama, acaba que Mundo Cão parece ser uma comédia superior às demais contemporâneas.
    Vitor Araujo
    Vitor Araujo

    Segui-los 347 seguidores Ler as 405 críticas deles

    3,0
    Enviada em 3 de julho de 2016
    Cães. Brasil. Vingança. Envolvente. Sequestros. Mortes. Periferia. Sem rumo. Forte. Família. Triste final. Sem sentido.
    Sandro B
    Sandro B

    Segui-los 6 seguidores Ler as 42 críticas deles

    3,5
    Enviada em 25 de março de 2016
    Surpreendente. Começa ruim e chato. Vai melhorando e no final ficamos todos sem saber o que vai acontecer. Babu Santana não me convence como ator. Milhen Cortaz é um coadjuvante, quase figurante.
    Guilherme D
    Guilherme D

    Segui-los 9 seguidores Ler as 106 críticas deles

    4,0
    Enviada em 10 de setembro de 2016
    Bom filme, com um bom elenco. Mesmo recheado de reviravoltas dignas de uma novela mexicana o filme apresenta um 3° ato ousado e funciona! O que faltou foi sutileza, já que os cortes são muito secos e deixam o espectador um pouco perdido (sem ser intencional).
    Mário Sérgio P.Vitor
    Mário Sérgio P.Vitor

    Segui-los 10 seguidores Ler as 130 críticas deles

    4,0
    Enviada em 23 de março de 2016
    MUNDO CÃO é uma grata surpresa. O diretor (Marcos Jorge) já tinha mostrado excelente trabalho em ESTÔMAGO e este filme, apesar de menor, é surpreendente. Uma das coisas de que sempre nos queixamos é que produções nacionais têm roteiro fraco, cheio de furos e situações forçadas. Em MUNDO CÃO tudo se encaixa. Como dizem os críticos: o roteiro é redondinho. Lázaro Ramos como o psicopata, dono do cachorro sacrificado pela Divisão de Zoonoses está fantástico, desde a primeira cena. Babu Santana como o funcionário que ajudou a sacrificar o cão e, ao mesmo tempo, é um exímio pai de família, passa toda a credibilidade que se espera de um ser que se torna dúbio. Adriana Esteves surpreendeu-me (nunca fui muito seu fã) como a suburbana evangélica, mãe e esposa. As crianças estão em interpretações seguras e os cães colaboram para uma atmosfera que vai nos angustiando até o final - meio redentor e meio sarcástico. Aliás, o filme parece mostrar que o mundo nas grandes cidades está à margem das leis. E que psicopatas podem brotar em nosso cotidiano com uma naturalidade assustadora.
    Anderson A
    Anderson A

    Segui-los 3 seguidores Ler as 85 críticas deles

    3,5
    Enviada em 9 de julho de 2016
    Acho que agora vai... Tá pintando mudança no cenário cinematográfico nacional galera, esse filme é a prova disso, diferente, dramático, tenso e engraçado. Lázaro Ramos arrebenta mais uma vez, Adriana Esteves e Babú Santana, também não ficam atrás. Surpreendente e uma forma de prender nossa atenção até o fim, fazem deste uma bela surpresa
    anônimo
    Um visitante
    4,0
    Enviada em 31 de março de 2016
    Quando você começa a assistir filmes deste tipo, principalmente brasileiros, começa meio desanimado. Assim começa este filme meio parado mas com o desenrolar da história e com algumas reviravoltas começa a ficar interessante. Vale a pena assistir!
    André P.
    André P.

    Segui-los Ler a crítica deles

    4,0
    Enviada em 1 de julho de 2016
    Um Filme muito bom, imprevisível, começa parecendo clichê mas o desenrolar da historia é algo que realmente acho difícil de imaginar, o filme inteiro e imprevisível, as coisas acontecem de forma tão tensas em momentos do filme que ao acabar ainda fiquei um bom tempo com a tensão do que se passava na minha cabeça tentando acreditar no que aconteceu, é um filme de qualidade, não é o melhor mas vale a pena assistir não vai perder seu tempo.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top