Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Snowden - Herói ou Traidor
    Média
    4,2
    276 notas e 19 críticas
    distribuição de 19 críticas por nota
    3 críticas
    11 críticas
    5 críticas
    0 crítica
    0 crítica
    0 crítica
    Você assistiu Snowden - Herói ou Traidor ?

    19 críticas do leitor

    Júnior S.
    Júnior S.

    Segui-los 211 seguidores Ler as 269 críticas deles

    3,5
    Enviada em 4 de janeiro de 2018
    O filme fica demais nos meios termos dos acontecimentos, narrativas etc...Mas o enredo é bastante enxuto e a edição é hábil, deixando um longa que poderia facilmente ser massante dinâmico, nunca se esquecendo do peso do tema. O ufanismo exacerbado de Stone quase afunda totalmente a força do filme, o deixando à mercê de interpretações binárias, ainda bem que não chegou a esse ponto. Joseph, apesar de não ter nada a ver com Snowden, entrega uma performance bem digna. Nota : 6.5 / 10
    Fernando Massami K.
    Fernando Massami K.

    Segui-los 8 seguidores Ler as 141 críticas deles

    3,5
    Enviada em 11 de março de 2017
    Olha que se não fosse baseado em fato reais, já seria um filme muito bem montado com uma história envolvente. O ator interpreta bem o drama de Snowden. Ótimo filme para se conscientizar sobre questões de privacidade e vigilância na Internet. Concordo com o fato de muito ser mais história do que a verdade, ainda assim o filme não fica poluído com cliches e consegue muito bem juntar o drama pessoal (sobretudo romantico) com seu caos de consciência sobre os atos de vigilância das agências americanas.
    Eduardo Santos
    Eduardo Santos

    Segui-los 96 seguidores Ler as 182 críticas deles

    4,0
    Enviada em 12 de novembro de 2016
    Oliver Stone é um cineasta incrível. Vários ótimos filmes em sua filmografia, onde ele sempre fomenta reflexões sobre a sociedade e ao comportamento das pessoas em geral. Faz um tempinho que ele não faz uma obra realmente relevante. Eis que o talentoso realizador nos traz um filme biográfico, sobre uma figura que abriu os olhos da população mundial em relação à privacidade (ou a falta dela) e maneiras escusas e manipuladoras em que o governo americano lida com informações privadas de todos os cidadãos do mundo. Edward Snowden (Joseph Gordon-Levitt), um jovem autodidata brilhante, um verdadeiro às da computação, depois de uma frustrada passagem pelo exército, decide se aventurar e ajudar sua pátria de outra forma: trabalhando no serviço de inteligência do governo americano. Ao se aprofundar em seu trabalho, ele percebe o quão intromissivo alguns dos métodos adotados pela CIA são. Daí surge o dilema moral: mostrar ao mundo o que acontece nos sigilosos bastidores do serviço secreto americano, ou permitir que toda a população mundial seja vasculhada e tenha sua privacidade plenamente invadida, sendo o cidadão criminoso ou não, sem a mínima noção de que tal coisa acontece. O ritmo do filme é bem interessante e a narrativa prende a atenção a todo o instante. Os diálogos são bem escritos e tudo parece milimetricamente calculado na forma em que as informações são passadas ao espectador. O elenco é maravilhoso. Gordon-Levitt mais uma vez impressiona em sua caracterização. Assim como em A Travessia, em que também interpreta um personagem baseado na vida real, ele consegue mudar sua voz e trejeitos de maneira impressionante. Shailene Woodley, como sua namorada, também tem ótimos momentos em cena. Ainda há participações importantes de rostos conhecidos e do naipe de Zachary Quinto, Tom Wilkinson, Rhys Ifans, Timothy Olyphant, Scott Eastwood e até mesmo de Nicholas Cage, que diferentemente do costume, está muito bem em cena. Na verdade, nem precisava ter esse subtítulo Herói ou Vilão em português. Desde os primeiros segundos de filme, Snowden é tratado como herói mundial. Uma figura carismática e de caráter. Um geek entusiasmado por conhecimento e reconhecimento, que se vê diante do lado podre de um governo unilateral. O questionamento sobre os limites do aceitável por um bem maior que qualquer outra coisa, onde os meios são justificados pelos fins, é extremamente interessante e atual. Há uma “surpresa” não tão surpreendente no final, que é bem legal de se ver. Só acho que algumas cenas são deslocadas e exageradas, e pelo menos uma sequência de fatos parece brilhante do modo de vista cinematográfico (a lá Truque de Mestre 2), mas que é mal explicada, pois se refere a forma com que Snowden passa por um scanner escondendo um cartão de memória. É mostrada a forma com que ele consegue sair da fortaleza onde trabalha, mas como ele conseguiu entrar lá com um equipamento proibido se torna uma incógnita. Enfim, não darei mais spoilers que isso. O que acontece é que o filme é excelente. Funciona como thriller político, reflexivo, filme de ação, drama biográfico, e até romance. É Oliver Stone mostrando estar em boa forma ainda.
    Hugo D.
    Hugo D.

    Segui-los 312 seguidores Ler as 318 críticas deles

    4,0
    Enviada em 19 de dezembro de 2016
    Um filme muito bom que vai te prendendo a cada cena e te deixa com vontade de saber mais sobre os bastidores da vigilância que é aplicada, clandestinamente, pelo governo dos EUA em todos os cidadãos do mundo. Joseph Gordon-Levitt está impecável no papel de Snowden, transmite todo suspense, insegurança e medo do personagem. Arrisco a dizer que é um filme obrigatório de se assistir.
    Sidney  M.
    Sidney M.

    Segui-los 4125 seguidores Ler as 1 067 críticas deles

    3,5
    Enviada em 1 de maio de 2017
    O início é chato e arrastado. Do meio para o final continua arrastado, porém se torna mais interessante. Um tipo de biografia que quando acaba, você procura por mais informações. Nota 7
    Luiz Antônio N.
    Luiz Antônio N.

    Segui-los 3812 seguidores Ler as 1 142 críticas deles

    4,0
    Enviada em 5 de dezembro de 2016
    Snowden Herói ou traidor - o filme conta a história real de edward snowden ex agente da nsa que divulgou varios esquemas de vigilância dos estados unidos contra várias pessoas, grandes empresas e países do mundo inteiro
    Gabriella Tomasi
    Gabriella Tomasi

    Segui-los 40 seguidores Ler as 106 críticas deles

    3,0
    Enviada em 18 de novembro de 2016
    (...)Apesar de algumas superficialidades, o filme é extremamente eficiente para refletirmos sobre o fato de que a história se repete revestida de diferentes formas.
    cinetenisverde
    cinetenisverde

    Segui-los 4800 seguidores Ler as 1 122 críticas deles

    4,0
    Enviada em 15 de janeiro de 2017
    O Estado vive aos poucos sua esperada queda, dessa vez na figura dos EUA, a única nação que tinha alguma esperança de ser um país livre. Essa liberdade no decorrer de séculos foi aos poucos trocada pela falsa sensação de segurança, traduzida atualmente nas mãos de seus líderes como perseguição ao terrorismo e socialismo para as massas, o que, na eterna ineficiência estatal, se traduz realmente em perseguição das massas e socialização com o terrorismo. Quanto tempo mais de internet o patriotismo se aguenta de pé?
    Davison P.
    Davison P.

    Segui-los 50 seguidores Ler as 132 críticas deles

    4,5
    Enviada em 4 de janeiro de 2017
    Snowden Herói ou traídor É sobre a história do hacker americano que trabalhava para o governo e executou missões que contrariava seus princípios morais, decide juntar provas e delatar todo esquema que infrigia muitas leis, o fato ocorreu em 2013, acompanhado pela mídia brasileira, pois conversas pelo Skype era totalmente monitorada pelo governo americano, causando sensação de violação, muito medo e ódio de muitos na época. Edward Snowden (Joseph Gordon-Levitt) é um jovem que segue carreira militar para defender seu país, mas falha nos treinamentos físicos, e por ter muito talento em T.I. é dispensado como soldado e segue carreira militar interna, trabalhando pela CIA, ajudando o governo dos EUA, com programações e defesa de ataques cibernéticos, ele namora Lindsay Mills (Shailene Woodley) uma jovem fotógrafa que se encanta com sua timidez, o relacionamento se desgasta, pois Snowden tem de manter sigilo total, sobre seus trabalho, e a medida que os anos se passam ele se torna mais neurótico, por saber que todas as pessoas do mundo que tenham um celular, contas de emails e redes sociais, podem facilmente serem monitorados pelo governo, bom galera uma história real que causou muita indignação em 2013, é um agente dá CIA, que trabalha contra seus próprios princípios, infligindo a lei por patriotismo, não concorda com esses programas, que invadem totalmente a privacidade das pessoas e decide juntar provas e denunciar para um jornal importante no país, buscando exílio na Rússia onde vive até hoje com sua namorada e muitos militares alegam que ele morrerá lá pois o EUA nunca aceitará um traidor, galera o filme é bem detalhado, uma história real bem delicada, que não é nada chata cinegraficamente, os atores estão muito ótimos, o filme é excelente e aborda um assunto muito importante para todos nos dias de hoje, onde fazemos tudo pelos celulares e redes sociais.
    Ricardo M.
    Ricardo M.

    Segui-los 2071 seguidores Ler as 692 críticas deles

    4,0
    Enviada em 21 de novembro de 2018
    Edward Snowden (Joseph Gordon-Levitt), ex-funcionário da NSA, resolve se opor aos conceitos deliberados pelo governo norte-americano e decide divulgar um amontoado de documentos contendo informações vitais sobre espionagem mundial e total quebra de privacidade. A ação ficou mundialmente conhecida e levou o governo americano, supostamente, a rever sua conduta e mudar programas envolvendo o complicado quadro da agência em questão. Trazendo no comando um Oliver Stone mais próximo de suas origens como diretor, SNOWDEN - HERÓI OU TRAIDOR praticamente não deixa margem de dúvida quanto ao lado que opta defender, levando o expectador à surpresa com a audácia e tamanho volume de conteúdo que o governo americano obtinha até mesmo de seu povo pátrio. O roteiro sempre mantém focado no drama do protagonista, que passa por elementos pessoais nem sempre consequência de seu trabalho, mas de suas decisões, muitas vezes excruciantes do ponto de vista psicológico. Gordon-Levitt segura bem seu papel e surpreende por manter a tensão de escolhas delicadas que poucos seriam capazes de imaginar, comuns até por meio de olhares. A fotografia competente, permitindo uma montagem ainda mais eficiente do ponto de vista narrativo, o longa mantém o drama de forma eficiente e convincente, evitando deixar que o grande volume de informações técnicas da área informática atrapalhem o excelente entretenimento ofertado.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top