Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Herança de Sangue
    Média
    3,2
    156 notas e 29 críticas
    distribuição de 29 críticas por nota
    0 crítica
    5 críticas
    15 críticas
    6 críticas
    2 críticas
    1 crítica
    Você assistiu Herança de Sangue ?

    29 críticas do leitor

    Jake D.
    Jake D.

    Segui-los 58 seguidores Ler as 108 críticas deles

    4,5
    Enviada em 22 de setembro de 2016
    Herança de Sangue... Mel Gibson finalmente está de volta, já fazia um tempo que ele protagonizava um filme, e foi muito legal vê-lo novamente na tela do cinema mais uma vez. Aqui ele interpreta John Link, um homem que vive no meio do deserto na Califórnia onde seu trailer também serve como estúdio de tatuagem. Vivendo longe de drogas e violência, ele tem seu cotidiano afetado com a chegada de sua filha desaparecida que está jurada de morte por traficantes, e sua obrigação é protegê-la. Jean-Francois Richet dirige o filme, e ele é muito competente, os movimentos de câmera são precisos e as cenas de ação são frenéticas já com ajuda da boa edição. O roteiro é clichê, não sendo nada inovador e surpreendente, mas ainda assim não estraga o filme, pois há bons diálogos aqui presentes. Mel Gibson está excelente no papel, fazia tempo que eu não via uma atuação tão boa assim dele, mas mesmo o ele roubando a cena, a sua filha interpretada pela Erin Moriarty também se sai muito bem. A cinematografia é muito bonita, o visual em si é impressionante e o uso do CGI não incomoda nem um pouquinho. A trilha sonora também é de destaque, combinando bem com o ritmo do filme. Herança de Sangue é um filme muito bom e marca o retorno de Mel Gibson protagonizando um filme depois de muito tempo, e mesmo não sendo nada original, é bem dirigido e com boas interpretações. Recomendo!
    Sidney  M.
    Sidney M.

    Segui-los 14652 seguidores Ler as 1 082 críticas deles

    3,5
    Enviada em 9 de setembro de 2016
    Como é bom ver Mel Gibson voltar a protagonizar filmes de ação, o gênero que o consagrou. Herança de Sangue não é nada inovador ou original, mas cumpre muito bem o papel de entreter.
    Nelson J
    Nelson J

    Segui-los 23676 seguidores Ler as 1 231 críticas deles

    4,0
    Enviada em 7 de setembro de 2016
    Mel Gibson em grande forma neste filme sobre pai em liberdade condicional e com longa ficha policial, que agora longe do crime e da bebida, acaba por socorrer a filha que não vê de longa data, que está envolvida com o crime e o tráfico de drogas. Muita ação e tensão.
    Ricardo M.
    Ricardo M.

    Segui-los 7627 seguidores Ler as 697 críticas deles

    3,5
    Enviada em 31 de outubro de 2016
    Salvação Paterna. Após um longo período se afastando de Hollywood em função de uma rebeldia atípica, Mel Gibson tem voltado as telonas pouco a pouco, seja produzindo, dirigindo ou mesmo atuando em produções que miram no público que gosta de algo escapista. No recente Herança de Sangue, Gibson interpreta John Link, um homem cujo passado foi regrado a violência, bebidas e drogas. Liberto de todos os problemas que limaram conquistas em sua vida, ele vive no deserto da Califórnia em uma comunidade de trailers trabalhando como tatuador. Sem muitas expectativas sobre o dia seguinte, ele recebe uma ligação de sua filha desaparecida Lydia (Erin Moriarty), algo que desencadeia um retorno a suas origens para proteger a garota que está sendo caçada por violentos criminosos mexicanos. O roteiro não pondera complexidade em seu desenvolvimento, mas garante boas doses de diversão graças ao carisma e excepcional desenvoltura do ator protagonista. Mesmo tratando de um filme estilo exército de um homem só, a direção modesta e coesa de Jean-François Richet consegue prender a atenção pelas boas sequencias de ação, inclusive recheadas e sangue e violência. O elenco ainda tem o ótimo William H. Macy como amigo e "protetor" de Link; Diego Luna e Miguel Sandoval entre os destaques para a divertida e simplificada trama. Gibson tem voltado aos holofotes do cinema mantendo seu carisma em cena. HERANÇA DE SANGUE é mais um resultado dessa retomada do astro. Espero ansioso por um papel para fazer jus a todas as suas capacidades de intérprete que, por enquanto, nos entretém com material aceitável.
    Rodrigo Gomes
    Rodrigo Gomes

    Segui-los 2725 seguidores Ler as 542 críticas deles

    4,0
    Enviada em 13 de setembro de 2016
    Mais um dos filmes de Mel Gibson. O mesmo tipo de roteiro desde sua estréia como ator. No entanto, em uma tentativa de se atualizar, esse longa aposta em diálogos irônicos e tiradas engraçadas, no qual obtém êxito, já que nos trás a realidade.
    Marco G.
    Marco G.

    Segui-los 271 seguidores Ler as 244 críticas deles

    3,5
    Enviada em 22 de setembro de 2016
    O filme entrega o que promete, violência, o protagonista em boa fase. Em uma época de Blockbusters de qualidade tão duvidosos vale a pena sim o Ingresso.
    Luiz Antônio N.
    Luiz Antônio N.

    Segui-los 14682 seguidores Ler as 1 271 críticas deles

    2,0
    Enviada em 10 de setembro de 2016
    Herança de sangue - a história do filme já é bem manjada acredito que o maior diferencial é a volta de Mel Gibson atuando o cara continua muito bom mas a história do filme é bem fraca
    Jonas Furtado Bittencourt
    Jonas Furtado Bittencourt

    Segui-los 1559 seguidores Ler as 550 críticas deles

    4,0
    Enviada em 10 de novembro de 2020
    Um drama de ação enxuto, sem firulas, com uma técnica competente e elenco mais ainda. Mel Gibson é Mel Gibson, só de interpretar ele mesmo já tá de ótimo tamanho. A grande revelação do filme é claro a linda, gostosa, talentosa, carismática Erin Moriarty, que posteriormente ficaria conhecida como a Starlight da série The Boys. Ótimas cenas de ação, uma trama bem feita, enfim, é um filme simples, nenhum grande espetáculo, mas vale a pena.
    Thiago C
    Thiago C

    Segui-los 87 seguidores Ler as 152 críticas deles

    3,0
    Enviada em 8 de setembro de 2016
    Diretor francês coloca Mel Gibson em breves momentos de alta velocidade nas rodovias enquanto, novamente, busca a redenção por seu passado dentro e fora da ficção.
    Hugo D.
    Hugo D.

    Segui-los 979 seguidores Ler as 318 críticas deles

    2,0
    Enviada em 13 de setembro de 2016
    Mel Gibson volta num filme de ação muito previsível e de roteiro fraco. Poucos atores veteranos, que faziam muito sucesso nos anos 80 e 90, conseguem se reinventar na terceira idade e escolher bons papéis para a maturidade cinematográfica. Em suma o filme não empolga, as atuações dos coadjuvantes são irrelevantes e nada se acrescenta, ou melhor, só mesmo a volta às telonas de Mel Gibson.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top