Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Colheita Amarga
     Colheita Amarga
    24 de maio de 2018 / 1h 43min / Drama, Histórico, Romance
    Direção: George Mendeluk
    Elenco: Max Irons, Samantha Barks, Terence Stamp
    Nacionalidade Canadá
    Ver o trailer
    Imprensa
    1,8 14 críticas
    Usuários
    3,5 13 notas e 9 críticas
    Adorocinema
    0,5
    Avaliar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Não recomendado para menores de 14 anos
    Ucrânia, 1930. Yuri (Max Irons), artista nascido numa família de guerreiros cossacos, se esforça para conseguir uma aprovação dos parentes e tem a vida transformada quando o Exército Vermelho invade seu país e sua família é perseguida pelo regime stalinista.
    Título original

    Bitter Harvest

    Distribuidor California Filmes
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2016
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 2 curiosidades
    Orçamento 20.000.000$
    Idiomas Inglês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Críticas AdoroCinema

    0,5
    Horrível
    Colheita Amarga

    Sessão indigesta

    por Taiani Mendes
    É impossível acreditar em Colheita Amarga e isso é muito triste, pois o genocídio ucraniano conhecido como Holodomor é um terrível fato histórico pouco retratado cinematograficamente. Dirigido por George Mendeluk (Almôndegas 3), o drama evoca o pior estilo Lifetime para contar a história de amor entre Yuri (Max Irons, que não puxou o talento do pai Jeremy) e Natalka (Samantha Barks), usando como pano de fundo a fome que dizimou a população da Ucrânia em 1932 e 1933. A moral da história é apresentada logo no início – “ninguém tira sua liberdade” – e o longa-metragem só vai gerando cada vez mais constrangimento com frases feitas, discursos sem emoção, cavalos correndo, trilha sonora piegas, câmera fechando conforme a tensão aumenta e roteiro tão raso que a partir do primeiro segundo de qualquer sequência já é óbvio como a mesma irá terminar. O plot é uma maravilha, parece recuperado...
    Ler a crítica
    Colheita Amarga Trailer Legendado 2:01
    Colheita Amarga Trailer Legendado
    1382 visualizações
    Colheita Amarga Trailer Original 1:56

    Entrevista, making-of e cena

    Pela web

    Elenco

    Max Irons
    Personagem : Yuri
    Samantha Barks
    Personagem : Natalka
    Terence Stamp
    Personagem : Ivan
    Barry Pepper
    Personagem : Yaroslav
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Lucas S.
    Lucas S.

    Segui-los 145 seguidores Ler as 204 críticas deles

    3,5
    Enviada em 10 de setembro de 2017
    Baseado em fatos históricos, o filme traduzido no Brasil como Colheita Amarga é válido por informar um fato horripilante feito pela ditadura socialista de Stalin, quando ordenou aos soviéticos à invasão da Ucrânia. Com um terrível plano, o de matar, na base da fome os ucranianos. Decidindo confiscar a colheita das aldeias ucranianas. Deixando que se estragassem e consequentemente matando a população, esta que era obrigada a se curvar ...
    Leia Mais
    Luiz Antônio N.
    Luiz Antônio N.

    Segui-los 14591 seguidores Ler as 1 270 críticas deles

    2,5
    Enviada em 21 de abril de 2017
    A história de amor épica e drama familiar é definido em 1930 na Ucrânia, quando um artista nascido aos guerreiros cossacos se esforça para ganhar a aprovação de sua família, o amor da sua vida. o filme mostra uma triste realidade da história mundial o genocídio na Ucrânia pelos soviéticos achei muito interessante a história só um pouco cansativa 🌟🌟⭐️
    João Carlos Correia
    João Carlos Correia

    Segui-los 12 seguidores Ler as 59 críticas deles

    2,0
    Enviada em 26 de maio de 2018
    Yuri (Max Irons, de A Mulher de Ouro) é um jovem oriundo de uma família de cossacos de uma aldeia no interior da Ucrânia que, ao contrário de seu pai e seu avô, Ivan (Terence Stamp, de Priscila, a Rainha do Deserto), prefere as artes às armas. Desde criança é apaixonado por Nathalka (Samantha Barks, de Les Misérables), com quem se casa. Devido à política de coletivização forçada de fazendas imposta pelo sanguinário ditador da ...
    Leia Mais
    Christian Ferreira
    Christian Ferreira

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 24 de março de 2020
    filme otimo, retrata o lado obscuro desses regime autoritario comunismo socialismo, seja la como chamam... o que os professores de historia escondem aqui mostra.
    9 Comentários do leitor

    Fotos

    23 Fotos

    Curiosidade das filmagens

    Inspiração Histórica

    O roteirista Richard Bachynsky-Hoover começou a escrever o roteiro após uma viagem feita a Ucrânia, país onde viviam os seus ancestrais. Durante a visita, ele descobriu sobre uma das políticas mais cruéis de Stalin, o "Homolodor", que dizimou a população Ucraniana na década de 30. Quando soube que não ainda não existia nenhum documentário em inglês sobre o assunto, ele resolveu começar a desenvolver o projeto, no entanto, preferiu adotar uma abor... Leia Mais

    Repeteco

    Max Irons e Aneurrin Barnard já contracenaram juntos antes em The White Queen (2013). Eles interpretaram Edward IV e Richard III, respectivamente.

    Últimas notícias

    Han Solo: Uma História Star Wars é a maior estreia da semana
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    quinta-feira, 24 de maio de 2018
    Estreias de maio nos cinemas
    NOTÍCIAS - Lançamentos
    terça-feira, 1 de maio de 2018
    Além das estreias de Deadpool 2 e Han Solo: Uma História Star Wars, será um mês de atração para todos os gostos.

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Mikejtm
      É assim se falar mal do socialismo e comunismo automaticamente terá a pior nota... e o autor da redação não quis nem dar lugar a inteligência em disfarçar seu ódio contra o filme que falou da ideologiazinha dele ou que ele defende, tinha colocado 2 estreelas e meia, 1 e meia, mas fez questão de colocar meia estrela evidenciando o que eu disse, e o filme está longe de ser o que foi comentado na mesma redação! Tudo Porque hoje é praticamente obrigatório ser socialista/progressista quando vc faz jornalismo, publicidade, markenting e etc...
    • Júlio Cézar Tavares
      Você seu arrombado que é o lixo aqui, defender genocidas quando você não passa pelo que os povos escravizados por comunistas passaram é fácil, essa praga deveria ser exterminada do mundo junto com os seus simpatizantes
    • Pablo filho
      Para que mais pessoas no mundo possam conheçam o comunismo e suas desgraças, não importa muito a qualidade do filme, o importante é a mensagem. Mas para o redator deste site, falar mal do comunismo, ainda que seja uma obra impecável, terá nota baixa, alguém sabe o motivo?
    • Pablo filho
      Lixo é você que defende genocidas. Esquerdista é uma desgraça.
    • Vitor M.
      Um verdadeiro lixo de propaganda Norte Americana contra a antiga URSS. Como sempre tentam colocam a primeira nação a criar leis contra o racismo como a vilã. Porque não fazem um filme falando do racismo que existia no governo Ronald Reagan? Onde existiam parques públicos exclusivos para pessoas brancas? Onde quem era contra o KKK a pessoa era taxada de comunista? Isso não mostram né? Agr difamar o governo de Stalin vale mais a pena né? Não é a toa que tem tantas notas negativas essa bosta de filme
    Mostrar comentários
    Back to Top