Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Meu Malvado Favorito 3
    Média
    4,1
    907 notas e 41 críticas
    distribuição de 41 críticas por nota
    9 críticas
    10 críticas
    16 críticas
    5 críticas
    1 crítica
    0 crítica
    Você assistiu Meu Malvado Favorito 3 ?

    41 críticas do leitor

    Goretty Sousa
    Goretty Sousa

    Segui-los 2 seguidores Ler as 10 críticas deles

    5,0
    Enviada em 6 de julho de 2017
    Super divertido! Impossível não rir o filme inteiro. Os Minions, como sempre, arrasam. O lado paterno de Gru emociona, assim como aquele jeitinho de ser da Agnes. Adoro! Recomendo para todos os públicos. Excelente programa para a família toda.
    Ric Brandes
    Ric Brandes

    Segui-los 49 seguidores Ler as 102 críticas deles

    3,5
    Enviada em 9 de janeiro de 2020
    O carismático Gru e família retornam para sua terceira aventura nos cinemas, com Meu Malvado Favorito 3. Seguindo a linha dos filmes anteriores, as questões familiares são o mote do filme, agora apoiadas pelo aparecimento do irmão gêmeo de Gru: Dru. Novas questões são levantadas neste terceiro trabalho do estúdio Ilumination, novamente em versão 3D. Mas será que Gru conseguirá manter o sucesso dos seus trabalhos anteriores, em seu novo filme? Ele conta com a ajuda dos seus fiéis companheiros Minions, para dar a cereja do bolo para mais esta aventura. Desta vez, em uma participação um pouco reduzida, mas sem perder o brilho e a graça de sempre. E, é claro, não podia faltar um bom vilão na vida do casal Gru e Lucy, não é mesmo? Mas o temido Balthazar Bratt surge com planos malignos de vingança, contra Holywood e toda a sociedade que o abandonou no auge do sucesso, nos anos 80. Muitas aventuras e desafios surgem em Meu Malvado Favorito 3, causados pela problemática do vilão anos 80. Mas também não poderia faltar as fofas crianças, que agora vão ter Lucy como mãe em suas vidas. Conseguirá a amada e dedicada companheira lidar com as questões da maternidade? Além de enfrentar um Gru diferente, com a chegada de seu irmão gêmeo? O filme tem muitos acertos, nas questões apresentadas: família, maternidade, trabalho, desafios e descobertas. E, em uma das melhores cenas do filme, um Minion no chuveiro, relembrando o passado com seu chefe, traz à tona todo o sucesso e encanto dos dois filmes anteriores. A pequena Agnes também dá um show à parte, com sua fofura e pureza, em sua busca pelo unicórnio perdido. Agnes rouba a cena com suas peripécias e encantos! A questão do 3D também poderia ser melhor explorada. Nos dois primeiros filmes, a qualidade foi impecável. Mas neste terceiro, deixou um pouco a desejar. Os dubladores da versão brasileira também foram excelentes, fazendo um trabalho primoroso. E as músicas trouxeram ótimas lembranças para os pais, com o melhor dos anos 80 nas trilhas do vilão principal. Assista Meu Malvado Favorito 3 e descubra todas estas questões, com muita aventura, humor e ação no ritmo dos melhores clássicos dos anos 80! Por Ricardo Brandes
    Raquel A.
    Raquel A.

    Segui-los Ler a crítica deles

    5,0
    Enviada em 9 de julho de 2017
    Muito bom mesmo o filme Meu Malvado Favorito 3 recomendo este filme ja é bom o 1 2 Imagine o 3 eu do 5 ★★★★★ estrelas
    JR Costa
    JR Costa

    Segui-los Ler as 62 críticas deles

    3,0
    Enviada em 5 de julho de 2017
    Lançado em 2010, Meu Malvado Favorito já não era assim um filme excelente, mas cumpria bem o seu propósito de entreter, com o dificultador e o frescor de não ser baseado em livros, HQs, séries de TV, videogames ou linha de brinquedos. Mais do que isso, conseguiu conquistar relevância cultural ao apresentar os, agora queridinhos, Minions. Era natural que em sua segunda continuação direta (além de um spin-off só com os malvadinhos favoritos amarelos) a coisa esfriasse e as ideias se tornassem mais desgastadas. Em Meu Malvado Favorito 3 as poucas passagens realmente engraçadas ainda são as protagonizadas pelos Minions, embora nem todas as cenas protagonizadas pelos Minions sejam realmente engraçadas. Os roteiristas utilizam um recurso batido de continuações: introduzir um personagem próximo do protagonista - um filho, um pai, um par amoroso, um irmão... No caso, este último. Pois o penúltimo já gastaram no filme anterior. Um novo vilão também é apresentado, mantendo a tradição de um vilão por filme. O que é um alento e evita o erro, por exemplo, da já esquecível franquia "rival" Era do Gelo, que foi apenas aumentando seu rol de personagens a ponto de não ter onde mais encaixar tanta gente (ou bicho) em pouco mais de uma hora de história. Uma evidência clara desta opção, foi terem tirado de cena o auxiliar de Gru, Dr. Nefário, em uma divertida referência a O Império Contra-Ataca (porque também é difícil uma referência a Star Wars não ser divertida). Os demais personagens estão lá, sendo um pouco mais do mesmo, com histórias paralelas que pouco se desenvolvem e que se fecham com resoluções corriqueiras. O uso de 3D não acrescenta em nada à narrativa nem à experiência do espectador, mas também não atrapalha. A dublagem nacional merece reconhecimento, primeiramente pelo bom trabalho de Leandro Hassum (em papel duplo) e Maria Clara Gueiros. Em segundo, é reconfortante notar já nos créditos iniciais que foi respeitado e mantido o trabalho original de Pierre Coffin como a voz dos Minions. Por último, mas não menos importante, foi extremamente feliz a escolha de Evandro Mesquita para o papel do vilão que tem os dois pés nos anos 1980. O ator-cantor carioca se mostra bem à vontade com o material e ainda tem a oportunidade de se auto referenciar com um "OK, você venceu, batata frita". Mesmo quase parecendo uma desculpa para vender mais centenas de milhares de produtos, o filme garante facilmente a diversão das crianças e não deixa os pais se entendiarem, especialmente com as inúmeras referências visuais e musicais oitentistas. E qualquer produção que usa Money for Nothing no seu clímax garante ao menos uns pontinhos a mais. padecin.com
    Gustavo S.
    Gustavo S.

    Segui-los 1 seguidor Ler as 9 críticas deles

    3,0
    Enviada em 9 de julho de 2017
    não é um filme muito legal, podemos definir como diverto e engraçado talvez, dublagens impecáveis, otima animaçao e eu recomendo para crianças ate 10 anos ...
    Ricardo A.
    Ricardo A.

    Segui-los Ler as 2 críticas deles

    3,0
    Enviada em 9 de julho de 2017
    O filme não é uma grande produção. Achei que faltou algo mais. Poderia ter mais animação e melhor história. Não foi o que pensava ser.
    Nelson J
    Nelson J

    Segui-los 6489 seguidores Ler as 1 172 críticas deles

    5,0
    Enviada em 3 de julho de 2017
    Franquia em ótima forma, com os Minions detonando, assim como as filhas e esposa do Gru, incluindo ainda seu irmão Dru. Excelente sequência. Diversão para toda a família.
    Daniel N.
    Daniel N.

    Segui-los 1127 seguidores Ler as 531 críticas deles

    4,5
    Enviada em 3 de setembro de 2017
    Mesma fórmula, sem erro. As tramas secundárias são melhores que a principal. Agnes é uma personagem sensacional.
    Luiz Antônio N.
    Luiz Antônio N.

    Segui-los 3696 seguidores Ler as 1 142 críticas deles

    3,5
    Enviada em 1 de julho de 2017
    O ex-ator mirim e astro de TV, Balthazar Bratt, foi um típico malvado bem-sucedido nos anos 80 e agora está de volta à ativa. Ele vai aterrorizar a vida de Gru, Agnes, Margo, Edith, Dr. Nefario e os atrapalhados Minions. Em meio a tudo isso, Gru também vai encontrar o seu irmão gêmeo, Drew. não tem nem o que dizer sobre Meu Malvado Favorito, animação sempre supera qualquer expectativa, nesse ainda melhor já que agora eles estão em dose dupla 🌟🌟🌟⭐
    Luis R.
    Luis R.

    Segui-los 3321 seguidores Ler as 735 críticas deles

    3,5
    Enviada em 18 de setembro de 2017
    As piadas aparecem de todas as formas,algumas são visuais,outras em texto ou ainda como referências aos anos 1980,o filme é uma diversão leve e despretensiosa que consegue entreter.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top