Meu AdoroCinema
Velozes & Furiosos 8
Sessões
Vídeos
Créditos
Críticas dos usuários
Críticas da imprensa
Críticas do AdoroCinema
Fotos
Filmes Online
Curiosidades
Bilheterias
Filmes similares
Notícias
Nota média
3,0
29 publicações
  • Cinepop
  • Almanaque Virtual
  • Cinema com Rapadura
  • Variety
  • The Playlist
  • Preview
  • Screen International
  • Papo de Cinema
  • Screen Rant
  • The Hollywood Reporter
  • Boston Globe
  • The Guardian
  • O Globo
  • CineClick
  • Cineplayers
  • Collider
  • Omelete
  • Veja
  • Ccine10
  • Rubens Ewald
  • Cinema em Cena
  • New York Times
  • Quarto Ato
  • Cineweb
  • ScreenCrush
  • Observatório do Cinema
  • Télérama
  • Critikat.com
  • Chicago Sun-Times

Cada revista ou jornal tem seu próprio sistema de avaliação, que será adaptado ao sistema AdoroCinema, de 0.5 a 5 estrelas.

29 críticas da imprensa

Cinepop

por Pablo R. Bazarello

O clima cartoon impera aqui. "Velozes e Furiosos 8" se assume mais como galhofa, como um desenho animado, no qual os personagens não morrem de verdade ou sequer sangram. Adentrar uma sessão do filme é estar disposto a aceitar que carros possam ser controlados à distância...

A crítica completa está disponível no site Cinepop

Almanaque Virtual

por Rodrigo Fonseca

Gray é especialista em subverter padrões éticos, investindo em heróis nas margens do delito [...]. De todos os realizadores que conduziram "Velozes & Furiosos", ele foi o que melhor sobre expandir (e tornear) a curva dramática de perfil dos protagonistas, delineando as angústias afetivas de Toretto.

A crítica completa está disponível no site Almanaque Virtual

Cinema com Rapadura

por Thiago Siqueira

Sem medo de abraçar o ridículo – vide uma ótima cena de ação no avião, envolvendo um dos momentos mais “fofos” da séries -, o ritmo cartunesco deste oitavo “Velozes” torna alguns dos seus pecadilhos [...] mais do que perdoáveis.

A crítica completa está disponível no site Cinema com Rapadura

Variety

por Owen Gleiberman

O oitavo "Velozes & Furiosos", com Charlize Theron como uma supervilã que coloca Vin Diesel sob seu comando, é um espectáculo de ação deslumbrante que prova que esta franquia está longe de perder seu gás.

A crítica completa está disponível no site Variety

The Playlist

por Kimber Myers

Frequentemente num elenco tão extenso e num filme tão grande, as personalidades se perdem, em especial para ceder espaço às cenas de ação. No entanto, o roteiro de Chris Morgan e o trabalho de cada ator definem as diferenças entre cada membro da equipe e como interagem um com o outro.

A crítica completa está disponível no site The Playlist

Preview

por Suzana Uchôa Itiberê

O cineasta fez um filmaço de ação para lembrar o público por que "Velozes e Furiosos" se tornou sinônimo de carros envenenados e adrenalina nas alturas. Essa é a essência da série.

A crítica completa está disponível no site Preview

Screen International

por David D'Arcy

O espetáculo proporciona ação suficiente vinda nomes famosos o suficiente para sustentar a energia de seu legado. [...] Ele irá se conectar ao seu público atual e, ainda, conseguir mais alguns.

A crítica completa está disponível no site Screen International

Papo de Cinema

por Robledo Milani

"Velozes e Furiosos" é uma série esperta o suficiente para não se sustentar apenas no charme das máquinas, mas também no carisma daqueles que estão nos volantes. É o conceito de “família”, tão propagado em seus discursos e em suas tramas, que envolve a história.

A crítica completa está disponível no site Papo de Cinema

Screen Rant

por Sandy Schaefer

"Velozes & Furiosos 8" inclui reviravoltas que funcionam no contexto do filme, mas prejudicam personagens centrais dos filmes anteriores, e entram em conflito com os temas da família que têm sido privilegiados pela franquia.

A crítica completa está disponível no site Screen Rant

The Hollywood Reporter

por John DeFore

"Velozes 8" entrega exatamente o que seus fãs esperam, de melhor e de pior. [...]  O resultado não se trata de uma grande uma mudança como alguns fãs esperavam após a morte de Paul Walker.

A crítica completa está disponível no site The Hollywood Reporter

Boston Globe

por Tom Russo

Apesar do enorme caos, "Velozes 8" oferece ação com uma precisão visual mais consistente do que nos últimos dois filmes, conforme o recém-contratato diretor F. Gary Gray acessa o talento trazido de "Uma Saída de Mestre", de 2003.

A crítica completa está disponível no site Boston Globe

The Guardian

por Gwilym Mumford

No fim das contas, o futuro da série repousa sobre a sua capacidade de encontrar novas formas de fazer carros se esmagarem em forma de romance. Por enquanto, ele está conseguindo fazer isso - e o alargamento da paleta de ação da franquia é uma maneira sensata de manter o frescor.

A crítica completa está disponível no site The Guardian

O Globo

por Mário Abbade

Acompanhamos Dom enfrentando seus velhos comparsas em cenas que alternam humor e sequências de ação de fazer inveja a James Bond — com aquele exagero e a canastrice habitual. O talentoso cineasta F. Gary Gray assume seu lado cara de pau...

A crítica completa está disponível no site O Globo

CineClick

por Daniel Reininger

"Velozes E Furiosos 8" é exatamente o que você espera da franquia a essas alturas. Ação descontrolada, sem o mínimo compromisso com o realismo e momentos bastante divertidos em meio a roteiro raso e narrativa frenética.

A crítica completa está disponível no site CineClick

Cineplayers

por Heitor Romero

A espinha dorsal permanece na necessidade da velocidade, na iminência da fuga, na simbólica figura do carro possante como representação de poder e juventude, porém seu entorno se mostra cada vez mais diversificado e sempre assimilando tendências do cinema comercial.

A crítica completa está disponível no site Cineplayers

Collider

por Haleigh Foutch

Se você está esperando músculos, mulheres atraentes e cenários luxuosos, vai ficar satisfeito com o oitavo filme da longa franquia. Se você passou os últimos dezesseis anos interessado na família e suas configurações, deve ficar um pouco decepcionado.

A crítica completa está disponível no site Collider

Omelete

por Marcelo Hessel

Uma demonstração ostensiva e francamente extenuante de todas as formas com que veículos se destroem na prática e no computador, e é também uma divertida sessão de piadas e provocações entre atores.

A crítica completa está disponível no site Omelete

Veja

por Miguel Barbieri Jr.

Depois de alguns deslizes, a franquia reencontrou a boa fórmula da ação incessante [...] nos episódios 6 e 7 [...]. Mas eis que, após dois filmes espetaculares, "Velozes e Furiosos 8" frustra. Há dois problemas: um roteiro metido a complexo e a falta de sequências de deixar a plateia boquiaberta.

A crítica completa está disponível no site Veja

Ccine10

por Igor Pinheiro

"Velozes e Furiosos 8" é mais do mesmo, e isso não é ruim, o único questionamento que fica é a necessidade de desperdiçar conteúdo e dinheiro com uma produção que não oferece nada realmente inovador. Mas como franquia de ação e entretenimento, o longa cumpre seu papel.

A crítica completa está disponível no site Ccine10

Rubens Ewald

por Rubens Ewald Filho

Alguns fãs da série podem achar que este capitulo não tem “stunts” do mesmo padrão do filme anterior (de arranha-céu para arranha-céu!). E algumas delas não fazem sentido (Hobbs foge da prisão, ao lado inimigo Deckard Shaw, Statham).

A crítica completa está disponível no site Rubens Ewald

Cinema em Cena

por Pablo Villaça

Criando sequências que só poderiam ser descritas como “Guerra Mundial Z com carros no lugar de zumbis” e “um carro-Wolverine sendo atingido por vários arpões”, "Velozes e Furiosos 8" é mais longo do que deveria [...], tem personagens em excesso [...] e não entende que certas piadas já se desgastaram...

A crítica completa está disponível no site Cinema em Cena

New York Times

por Manohla Dargis

Marcado por grandes estrondos, o filme se aloja no lugar comum de um blockbuster, como um pequeno momento de exposição seguida por uma cena de ação e, logo depois, mais uma exposição seguida novamente por uma cena de ação ainda maior, mais ruidosa.

A crítica completa está disponível no site New York Times

Quarto Ato

por Gustavo Nery

Com início colorido (gravado em Cuba), muitos close-ups, explosões em excesso na tela, tecnologia avançada [...], carros extravagantes estilo Hot Wheels, frases de efeito e outros fatores que embalam uma mensagem de filme infantil, o novo "Velozes e Furiosos" não traz nada relevante...

A crítica completa está disponível no site Quarto Ato

Cineweb

por Alysson Oliveira

É, primordialmente, um filme de carros perseguindo uns aos outros, mas também é um suspense geopolítico com ogivas nucleares [...]. Há cenários, personagens e perseguições demais, resultando em 136 minutos – fazendo com que este “Velozes e Furiosos” não seja tão veloz assim.

A crítica completa está disponível no site Cineweb

ScreenCrush

por Erin Whitney

A introdução do cyber terrorismo e da tecnologia à franquia "Velozes & Furiosos" não é apenas algo que já temos visto em todas as outras franquias recentes, mas também diminui muito do charme original da série.

A crítica completa está disponível no site ScreenCrush

Observatório do Cinema

por Giovanni Rizzo

O exagero acrobático de "Velozes e Furiosos 8" faz com que muito pouco daquele universo seja crível, ou que contenha alguma importância real para quem assiste, no final das contas só os carros salvam o filme.

A crítica completa está disponível no site Observatório do Cinema

Télérama

por Nicolas Didier

Durante uma hora, o filme é mesquinho em motores e pródigo nos diálogos. Apesar de algumas boas ideias - os carros-zumbis, andando sem motorista -,  as cenas de ação carecem de estilo.

A crítica completa está disponível no site Télérama

Critikat.com

por Adrien Dénouette

Mais do que as mulheres ou os elementos gráficos, é com as máquinas que os homens interagem, e de sua união nascem as crianças. Nostalgia do fantasma da autoprocriação, ou da empatia homem-máquina, que relembra Schwarzenegger em "O Exterminador do Futuro" e "Junior".

A crítica completa está disponível no site Critikat.com

Chicago Sun-Times

por Richard Roeper

O problema dessa vez é que o enredo é particularmente idiota, as piadas supostamente sarcásticas não funcionam e aparecem em momentos inapropriados - além tudo ser entregue em um pacote extremamente inchado.

A crítica completa está disponível no site Chicago Sun-Times
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top