Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Pais & Filhos
     Pais & Filhos
    27 de dezembro de 2013 / 2h 01min / Drama
    Direção: Hirokazu Kore-eda
    Elenco: Masaharu Fukuyama, Machiko Ono, Lily Franky
    Nacionalidade Japão
    Ver o trailer
    Imprensa
    3,6 8 críticas
    Usuários
    3,9 49 notas e 10 críticas
    Adorocinema
    4,0
    notar :
    0.5
    1
    1.5
    2
    2.5
    3
    3.5
    4
    4.5
    5
    Vou ver

    Sinopse e detalhes

    Esta é a história de um grande homem de negócios, obcecado pelo dinheiro e pelo sucesso. Sua vida sofre uma grande transformação quando ele descobre que está criando o filho de outro homem há seis anos, já que seu filho biológico foi trocado por engano na maternidade.

    Título original

    Soshite Chichi ni Naru

    Distribuidor IMOVISION
    Ver detalhes técnicos
    Ano de produção 2013
    Tipo de filme longa-metragem
    Curiosidades 1 curiosidade
    Bilheteria no Brasil 12 553 entradas
    Orçamento -
    Idiomas Japonês
    Formato de produção -
    Cor Colorido
    Formato de áudio -
    Formato de projeção -
    Número Visa -

    Críticas AdoroCinema

    4,0
    Muito bom
    Pais & Filhos

    Tempo de escolher

    por Roberto Cunha
    A falta de tempo ou as dificuldades que as pessoas criam para que ele se torne - cada vez mais - escasso, traz consequências terríveis, ainda mais quando o sinal de alerta é silencioso e vem dos pequenos. Pais & Filhos pega um tema polêmico como pano de fundo, para bater na tecla de que alguns adultos, pressionados pelo sistema, se anulam na competitividade do mundo moderno e esquecem que o dinheiro não é tudo. Mas aqui isso não é apenas uma frase batida, é uma porrada com luva de pelica.Executivo bem sucedido, Ryota (Masaharu Fukuyama) trabalha no ramo imobiliário e é um perfeito exemplar do workaholic do mundo capitalista. Sua relação com o filho Keita (Keita Ninomiya) se revela rígida e focada no "treinamento" para que o pequenino seja o melhor na escola e nas atividades paralelas que realiza, mesmo que a criança não aparente alegria. Uma transformação radical, porém, se inicia qu...
    Ler a crítica

    Trailer

    Pais & Filhos - Primeiro trailer legendado 1:42
    Pais & Filhos - Primeiro trailer legendado
    11 414 visualizações
    Pela web

    Elenco

    Masaharu Fukuyama
    Personagem : Ryota Nonomiya
    Machiko Ono
    Personagem : Midori Nonomiya (Ryota's wife)
    Lily Franky
    Personagem : Yudai Saiki
    Yoko Maki
    Personagem : Yukari Saiki
    Ficha completa

    Comentários do leitor

    Phelipe V.
    Phelipe V.

    Segui-los 154 seguidores Ler as 204 críticas deles

    4,5
    Enviada em 31 de outubro de 2013
    Filme excepcional. Não tenho nem muito o que dizer. Me pegou de jeito, me jogou no chão e me imobilizou. Roteiro excepcional, nocauteia de forma profunda. E é tão real... mostra uma verdadeira Escolha de Sofia dentro de uma sociedade patriarcal como a japonesa, e, mesmo assim, é um filme extremamente universal que funciona e sempre irá funcionar com o mundo todo. Concordo com o comentário geral sobre terminar a narrativa numa foto em ...
    Leia Mais
    Sidnei C.
    Sidnei C.

    Segui-los 54 seguidores Ler as 101 críticas deles

    4,0
    Enviada em 29 de junho de 2014
    Confesse que você deve torçer o nariz à hipótese de assistir um drama japonês moderno. Com exceção dos verdadeiros "Westerns Samurais" de Akira Kurosawa, o público tem o preconceito de achar que filmes orientais em geral são parados, monótonos e frios. Além disso, a temática de bebês trocados na maternidade já foi tão abordada em novelas mexicanas e brasileiras, que ninguém pode supor que um assunto assim possa render um filme ...
    Leia Mais
    Matheus A.
    Matheus A.

    Segui-los 22 seguidores Ler as 13 críticas deles

    4,5
    Enviada em 16 de janeiro de 2014
    Filme singelo e sensível, que emociona e nos faz refletir sobre temas de suma relevância, como as entidades familiares e o estabelecimento de seus laços e relações; no caso da película, em uma situação muito incomum e turbulenta, de forma muito bela e interessante. O elenco (tanto adulto quanto mirim) é excelente, especialmente Masaharu Fukuyama, que interpreta o patriarca da família Nonomiya: Ryota, um típico workaholic que mal passa ...
    Leia Mais
    Gabriela L.
    Gabriela L.

    Segui-los 2 seguidores Ler a crítica deles

    2,0
    Enviada em 26 de dezembro de 2013
    nãao tem a sessão para dia primeiro de janeiro deveria ter meu... pq vou no cinema nesse dia
    10 Comentários do leitor

    Fotos

    17 Fotos

    Curiosidade das filmagens

    Festival de Cannes

    Like Father, Like Son foi selecionado na competição oficial do festival de Cannes em 2013. O diretor Hirozaku Koreeda já tinha apresentado três outros filmes no festival: Tão Distante (2001), Ninguém Pode Saber (2003) e Boneca Inflável (2009). 

    Últimas notícias

    Caso de assassinato gera polêmica no trailer de O Terceiro Assassinato (Exclusivo)
    NOTÍCIAS - Pré-Produção
    sexta-feira, 16 de março de 2018
    Festival de Cannes 2015: Filme morno na estreia e a primeira decepção da mostra competitiva
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quarta-feira, 13 de maio de 2015
    O francês La Tête Haute e o japonês Umimachi Diary foram exibidos hoje para a imprensa mundial.
    Começa a mostra Melhores Filmes de 2014 no CCBB - RJ
    NOTÍCIAS - Festivais e premiações
    quarta-feira, 7 de janeiro de 2015
    Onze destaques do ano passado serão exibidos entre os dias 7 e 26 de janeiro.
    15 Notícias e Matérias Especiais

    Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

    Mais filmes similares

    Comentários

    • Senhor Ivan
      Nem todo final é feliz...Filme impressionante,que nos leva a uma história perfeitamente bem criada,usa bem todos seus personagens e emociona a cada instante.>Assistido em 07 de Fevereiro de 2019-Dou nota 8/10
    • etti1812
      Colocaria nas mãos de Deus e faria de tudo para não me afastar do filho que criei, pois o laço entre nós já estaria estabelecido, por causa de um erro não posso simplesmente apagar de uma hora para outra anos de carinho, amor e dedicação, as noites sem dormir. Mas, também iria querer saber do meu filho biológico. Faria o possível e impossível para ninguém sair machucado dessa história.
    Mostrar comentários
    Back to Top