Meu AdoroCinema
Cinderela Baiana
Cinderela Baiana
Data de lançamento desconhecida (1h 25min)
Direção:
Elenco: Carla Perez, Júlio César Cruz, Aurélio Teixeira mais
Gêneros Comédia , Família, Drama
Nacionalidade Brasil
Usuários
2,612 notas e 1 crítica
notar :
0.5
1
1.5
2
2.5
3
3.5
4
4.5
5
Vou ver

Sinopse e detalhes

Numa cidade da região metropolitana de Salvador, Bahia, vive uma família humilde. Em busca de melhores condições de vida, Raimundo se muda para a capital, pois arrumou um emprego perto do Pelourinho que pode ajudá-lo a cuidar melhor de sua esposa e filhos. Sua filha, Carla (Carla Perez), descobre a dança na capital e logo se torna uma dançarina famosa. Porém, mesmo depois de alcançar o estrelato, a moça decide se voltar para o lugar de onde veio para ajudar as crianças carentes através da dança.

Distribuidor -
Ver detalhes técnicos
Ano de produção 1998
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 4 curiosidades
Orçamento -
Idiomas Português
Formato de produção -
Cor Colorido
Formato de áudio -
Formato de projeção -
Número Visa -
Pela web

Elenco

Carla Perez
Personagem : Carla
Júlio César Cruz
Personagem : Zezé
Aurélio Teixeira
Personagem : Portuga
Alexandre Pires
Personagem : Alexandre
Ficha completa

Crítica de usuários

Todas as críticas de usuários
0% (0 crítica)
0% (0 crítica)
0% (0 crítica)
0% (0 crítica)
0% (0 crítica)
100% (1 crítica)
Você assistiu Cinderela Baiana ?
1 Crítica de usuários

Foto

Curiosidades das filmagens

Outra versão

É a primeira de duas adaptações para o cinema do livro escrito por José Mauro de Vasconcellos. A posterior foi Meu Pé de Laranja Lima (2013).

Pérola da internet

Fracasso de crítica e bilheteria, com a popularização da internet se tornou uma pérola trash no Brasil, com cenas do filme (selecionadas por seu humor involuntário) ganhando destaque em sites de streaming de vídeo, fóruns e blogs.

Participação de Lázaro Ramos

"Ganhei bem para fazer esse filme, que possibilitou que eu me dedicasse à minha vida de ator. Até então, junto com o teatro, eu trabalhava em hospital, porque sou técnico em patologia. Com o dinheiro que recebi, quase duzentas vezes mais que meu salário, consegui abandonar o emprego e me dedicar por inteiro ao teatro." - Lázaro Ramos, em entrevista à Casa de Cinema de Porto Alegre.
4 curiosidades

Últimas notícias

10 filmes tão ruins, mas tão ruins que viraram clássicos cults
NOTÍCIAS - Lançamentos
sábado, 27 de janeiro de 2018
10 cenas engraçadas que eram para ser sérias
NOTÍCIAS - Visto na Web
domingo, 22 de outubro de 2017
Quem nunca soltou aquela gargalhada em uma cena do clímax do filme?
Carla Perez faz piada e responde se Cinderela Baiana vai entrar no catálogo da Netflix
NOTÍCIAS - Lançamentos
quinta-feira, 21 de abril de 2016
Vai, Netflix, nunca te pedi nada nessa vida!
5 Notícias e Matérias Especiais

Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

Mais filmes similares

Comentários

  • Alessandro S.
    Um dos mais brilhantes filmes já feitos na história do cinema em todos os tempos. Uma emocionante história que conta com a atuação magistral grandes nomes da dramaturgia brasileira, destacando Carla Perez e Alexandre pires. Com direção impecável e um roteiroque parece inaugurar um novo estilo cinematográfico no cinema brasileiro “cinderela baiana” nos conduz a uma profunda reflexão existencial sobre o sentido da vida em sua relação profunda com a música e a dança. Carla Perez, exímia dançarina, cantora e interprete da música brasileira nos conta sua trajetória de uma forma singular, única, dotada de rara capacidade dramática que em vários momentos me lembrou a atriz Natalie Portman no filme “cisne negro”. Carla Perez nos conduz a um outro lugar na história da dramaturgia, unindo o trágico e o cômico, produzindo assim um verdadeiro espetáculo épico nas telas do cinema. Fica aqui registrada a indignação pelo fato de a mesma não terconcorrido aos prêmios do Oscar ou globo de ouro. Mas a academia é feita injustiças e a ausência desse filme nesses prêmios é uma grande prova disso. A película nos conduz ainda a uma cativante reflexão sociológica sobre a condição social brasileira, além de uma profunda inserção filosófica sobre o mundo da arte, do corpo e da dança. Mesmo partindo de um roteiro bastante complexo, já que o filme busca superar as estruturas neo-realistas inauguradas na história de nosso cinema provocando-nos o desvelamento de uma nova estética transcedental-idealista, nos prendemos em seu enredo do início ao fim. Ousado, criativo, brilhante, épico. Um filme que marca as fronteiras do nosso velho cinema.
  • Garota Estranha
    magnifico lindo.. eu chorei que cometario mais llindoo
Mostrar comentários
Back to Top