Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Uma Noite no Museu 3 - O Segredo da Tumba
    Média
    4,1
    1269 notas e 213 críticas
    distribuição de 213 críticas por nota
    54 críticas
    53 críticas
    66 críticas
    33 críticas
    5 críticas
    2 críticas
    Você assistiu Uma Noite no Museu 3 - O Segredo da Tumba ?

    213 críticas do leitor

    anônimo
    Um visitante
    3,0
    Enviada em 17 de setembro de 2015
    Não tem nenhuma grande diferença dos outros dois filmes anteriores da franquia.A não ser,por conta de duas despedidas,Robin Williams e Mickey Rooney,duas lendas da comédia,que dão adeus nesse longa.O filme tem momentos engraçados,clichês,mas que ainda assim,é a grande atração do filme.Se tem algumas cenas bobas,e personagens mais ainda.Como é o caso da péssima aparição de Dan Stevens,que vive um Lancelot em um de seus piores dias.Ele contracena pouco tempo ao lado de Hugh Jackman,que participa de uma peça teatral,cujo o personagem é da mesma época que Lancelot.Temos ainda a adição de Rebel Wilson,que faz uma personagem maluca que já é sua cara,mas bem divertida.E a outra novidade é Ricky Gervais,mais um personagem sem muito espaço.O resto permanece fazendo as mesmas aparições.Os efeitos continuam bons,como os anteriores.O problema é a despedida de Williams no final,parecia que já sabia de algo.
    Eduardo F.
    Eduardo F.

    Segui-los 94 seguidores Ler as 157 críticas deles

    5,0
    Enviada em 31 de janeiro de 2015
    A história chega ao fim! Ben Stiller encarna pela terceira e ultima vez, Larry, o segurança do Museu de história natural de Nova York, dessa vez ele precisa ir ao Museu de Londres, para resolver o problema com a peça que faz os personagens do museu ganharem vida. mais uma vez com um ótimo elenco, o gênio Robin Williams retorna como Theodore Rosevelt, e faz aqui seu último filme antes de falecer, mesmo caso da lenda Mick Rooney, Dyck Van Dyke aparece mais uma vez como Cecil o antigo segurança, Owen Wilson está hilário mais uma vez como Jebidiah, ao lado de Steve Coogan como Octavius, Rebel Wilson é uma boa adição, e rende boas risadas ao lado de Laaa, Neandertal numa impagável interpretação de Ben Stiller, Hugh Jackman faz uma participação especial como ele mesmo, e Ben Kingsley como o Faraó, pai de Ahkmenhah. a direção é de Shawn Levy assim como nos dois primeiros filmes. Leve e divertido, ótimo filme para toda a família.
    Bruno Maschi
    Bruno Maschi

    Segui-los 265 seguidores Ler as 215 críticas deles

    4,0
    Enviada em 4 de abril de 2015
    Um ótimo final para a boa trilogia (Provavelmente não vão produzir mais um filme, isso fica claro com o final) Uma Noite No Museu! Normalmente o primeiro filme sempre é o melhor, o segundo é mais ou menos e o terceiro é desnecessário! Mas em alguns casos (Toy Story), isso muda! E com certeza nessa trilogia também podemos analisar de outra maneira, sem dúvidas foi o melhor filme de todos os três, engraçado, dramático, com um final não tão inesperado. Infelizmente um epílogo não tão agrádavel. Mas devo admtir que o conjunto é muito superior aos outros 2 longas produzidos. Possui também uma muito bem criativa com Hugh Jackman, uma pequena mas grande participação do ator, interpretando ele mesmo (na vida real). Infelizmente como todos os filmes da trilogia o clichê prevalece na maior parte do filme, inovando apenas em seus minutos finais, mas a magia do filme não se perde, e a comédia acaba sendo muito bem trabalhada! PS : A emoção aumenta quando Robin Willians fala suas últimas palavras no filme #RIP. The Magic Never Dies.
    Jessica Souto
    Jessica Souto

    Segui-los 12 seguidores Ler as 42 críticas deles

    2,0
    Enviada em 19 de janeiro de 2018
    Não sei porque resolvem criar continuação para coisas que não precisam de continuação! é legalzinho mas bem fraco, nada se compara ao primeiro!
    Rômulo L
    Rômulo L

    Segui-los 100 seguidores Ler as 208 críticas deles

    3,0
    Enviada em 8 de julho de 2017
    Minha maior curiosidade foi respondida neste terceiro capitulo da saga do vigia de museu que é placa de metal banhada de ouro que dar vida os personagens de cera. Como a placa foi feita e que século foi finalizada? Finalmente ela foi respondida em pouco segundos.
    Neto S.
    Neto S.

    Segui-los 17019 seguidores Ler as 773 críticas deles

    2,0
    Enviada em 10 de novembro de 2015
    O segurança Larry Daley (Ben Stiller) segue com seu inusitado trabalho no Museu de História Natural de Nova York. Determinado dia, descobre que a peça que faz os objetos do museu ganharem vida está sofrendo um processo de danificação. Com isso, todos dos amigos de Larry correm o risco de não ganharem mais vida. Para tentar salvar a turma, ele vai para Londres pedir a orientação do faraó (Ben Kingsley) que está em exposição no museu local.esperava mais , bem fraquinho, poucas cenas engraçadas,filme tem até boas atuações, mais é chatinho , o pior da trilogia. Nota 4/10
    Luis R.
    Luis R.

    Segui-los 14261 seguidores Ler as 759 críticas deles

    2,0
    Enviada em 24 de setembro de 2015
    Fraco!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Sandro P.
    Sandro P.

    Segui-los 5099 seguidores Ler as 572 críticas deles

    2,5
    Enviada em 23 de fevereiro de 2016
    Um pouco melhor que o segundo, dá para rir em alguns momentos, mas já cansou. Espero que não inventem mais uma continuação... Destaque para os efeitos especiais!
    Almir S.
    Almir S.

    Segui-los 166 seguidores Ler as 214 críticas deles

    2,5
    Enviada em 19 de julho de 2015
    REGULAR, Foi melhor que o chatinho segundo filme, mas mesmo assim ficou a desejar em relação ao primeiro filme. Perderam a oportunidade de continuar a franquia futuramente com a Rebel Wilson no museu de Londres, no fim do filme ela volta com a pedra pra Nova York, ficou chato o fim da série.
    Ricardo M.
    Ricardo M.

    Segui-los 8633 seguidores Ler as 697 críticas deles

    3,0
    Enviada em 13 de julho de 2016
    Vivendo de Cera. Ben Stiller volta ao personagem Larry Daley, agora com um reconhecimento maior no museu em que trabalha, já que responde até mesmo pela organização de eventos que precisem alavancar o interesse popular pelo que está exposto no local. Durante uma reinauguração, uma série de coisas fogem do controle, gerando inclusive a descoberta de que a placa que dá vida aos ocupantes do museu está "morrendo". Sem muitas opções para retroceder o desgaste da placa, Larry descobre que os criadores do artefato estão sendo expostos em um museu britânico, o que leva-o com alguns antigos conhecidos para o velho continente. Embora a presença de novos "habitantes" gerem momentos curiosos, a fórmula continua a mesma das produções anteriores, até mesmo com um novo esqueleto de dinossauro que se comporta como um cachorro domesticado. O vilão da vez surge sem pretensões e, do nada, resolve virar o algoz do protagonista, mas ainda sim paira como desculpa para existir um lado mal. Não há dúvidas que a presença de Robin Willians em sua última atuação é que deixa a produção mais interessante, principalmente quando vemos que há um desfecho em que o personagem se despede dando a impressão que não voltará. Há alguns momentos interessantes, como o quadro subjetivo que abusa dos giros de câmera para realçar a confusão que aquele ambiente produz e também a rápida aparição de Hugh Jackman como ele mesmo, inclusive esta é a cena mais hilária do longa e nada tem a ver com a essência do filme. UMA NOITE NO MUSEU 3 - O SEGREDO DA TUMBA conclui a série que se desgastou e pouco acrescentou ao longo de três filmes. Chega a divertir sim, mas deixa a sensação de que se trata apenas de um trecho do filme original.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top