Meu AdoroCinema
A Última Estrada da Praia
facebookTweet
Sessões Vídeos Créditos Críticas dos usuários Críticas da imprensa Críticas do AdoroCinema Fotos
Filmes Online Curiosidades Bilheterias Filmes similares Notícias
A Última Estrada da Praia
Data de lançamento 16 de setembro de 2011 (1h 33min)
Direção:
Elenco: Marcelo Adams, Miriã Possani, Marcos Contreras mais
Gêneros Drama, Aventura
Nacionalidade Brasil
Ver o trailer
Imprensa 3,7 3 críticas
Usuários 3,1 2 notas

Sinopse e detalhes

Esta adaptação livre de "O Louco de Cati", de Dyonelio Machado, traz a história de três grandes amigos, e também amantes: Leo, Norberto e Paula. Em uma viagem pelo litoral gaúcho, eles encontram um homem estranho, que não fala, e acaba, seguindo viagem com ele. Juntos, os quatro fazem novas descobertas.
Distribuidor -
Ver detalhes técnicos
Ano de produção 2011
Tipo de filme longa-metragem
Curiosidades 1 curiosidade
Orçamento -
Idiomas Português
Formato de produção -
Cor Colorido
Formato de áudio -
Formato de projeção -
Número Visa -

Elenco

Marcelo Adams
Marcelo Adams
Personagem : Léo
Miriã Possani
Miriã Possani
Personagem : Paula
Marcos Contreras
Marcos Contreras
Personagem : Norberto
Rafael Sieg
Rafael Sieg
Personagem : Desconhecido
Ficha completa

Crítica da imprensa

  • Cinética
  • Estado de São Paulo
  • Zero Hora
3 Artigos de imprensa

Fotos

Curiosidade das filmagens

Premiações

A Última Estrada da Praia recebeu prêmios no Festival do Ceará em 2011, e foi selecionado ao Festival Nouveau Cinéma, no Canadá.

Se você gosta desse filme, talvez você também goste de...

Mais filmes similares

Comentários

  • Okna P.

    A
    Última Estrada da Praia chega ao Rio de Janeiro
    O Instituto
    Moreira Salles recebe o longa-metragem de Fabiano de Souza
    O longa-metragem A
    Última Estrada da Praia - direção de Fabiano de Souza – chega ao Rio de
    Janeiro. O filme, realizado pela Okna Produções e a Rainer Cine,
    entra em cartaz no Instituto Moreira Salles (Rua Marquês de São Vicente,
    476 na Gávea) entre os dias 12 e 18 de outubro sempre em quatro horários
    diários (14h/16h/18h/20h).

    A inspiração vinda da obra O Louco do
    Cati - do escritor Dyonelio Machado - transformou-se, nas telas, em uma história
    de aventura existencial, que envolve três amigos e um homem estranho. Eles
    viajam pelo litoral do Rio Grande do Sul e, juntos, vivem experiências
    singulares.

     

    “O livro foi o combustível
    inicial para uma jornada em que o desejo pessoal sempre prevaleceu. E o desejo
    era misturar um sujeito desconhecido, misterioso, com um triângulo amoroso formado
    por personagens que são ‘gente como a gente’. A vontade era deixar a câmera
    solta, explorar os meandros dos atores e fazer a vivência conversar com a
    representação. A busca era voltar ao mistério e à plástica do litoral gaúcho
    para, num hui clos a céu aberto, erguer um último brinde à despedida
    da juventude”, declara o diretor Fabiano de Souza.

     

    Fabiano de Souza fala sobre sua
    expectativa com a exibição do filme. “Fico muito feliz que A ÚLTIMA ESTRADA DA
    PRAIA entre em cartaz no Rio de Janeiro. Quando foi exibido na Semana dos
    Realizadores, o filme teve uma resposta bem positiva. A gente espera
    continuar nessa vibração, mostrando uma praia diferente – ventosa e com
    água marrom - mas que, como todas, faz os corações pulsarem até o limite”,
    comenta. 

    A Última
    Estrada da Praia tem no elenco principal os atores Rafael Sieg
    (Velha dos Fundos), Marcos Contreras (Cão Sem Dono), Miriã Possani e Marcelo
    Adams, e conta com o apoio da RBSTV (afiliada da
    Rede Globo) e financiamento do Fumproarte - Fundo Municipal de Apoio à
    Produção Artística e Cultural de Porto Alegre.

    O filme - que estreou em três salas de
    cinema em Porto Alegre (capital do Rio Grande do Sul) e que se manteve por dois
    meses em cartaz - conquistou vários prêmios, entre eles: MELHOR DIREÇÃO,
    MELHOR ATOR (Rafael Sieg), MELHOR ATRIZ (Miriã Possani), MELHOR SOM e MELHOR
    ARTE no 4º Festival de Cinema de Triunfo (2011); e novamente MELHOR
    DIREÇÃO no 1º Festival Lume de Cinema (2011); e participou ainda do Festival
    Du Nouveau Cinema de Montreal (Canadá).

  • Thiago D.

    Muito bom filme, uma surpresa grata. Nos envolve o tempo todo colocando a prova toda essa liberdade que de certo modo deixamos escapar, a solidão, o caminhar e a busca são constantes. "Se você me perguntar por aonde andei enquanto você sonhava..."

Mostrar comentários