Meu AdoroCinema
Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola
Curiosidades, bastidores, novidades, e até segredos escondidos de "Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola" e da sua filmagem!

Trollados

Daniel Pimentel tomou choque de verdade durante a cena com o livro dentro da caixa. Mas ele não foi o único a cair em brincadeiras desse tipo! Rogério Skylab foi surpreendido ao comer biscoito com recheio de pasta de dente.

Feito por Danilo Gentili

Foi Danilo Gentili quem fez a logo do filme, a caveira na capa do caderno e os desenhos, além do layout dos cartazes. O cara está com tudo!

Quem mandou não falar alemão?

No prólogo do filme, a professora fala em alemão a seguinte frase: “Nada que você está lendo na legenda é o que eu estou falando aqui. Mas você é burro e não entende alemão, então dane-se”. Além disso, está escrito em alemão na lousa a frase: “Caso você entenda isso, sua mãe está na zona”.

Velhinhos

Com 17 anos, Daniel Pimentel é o mais velho dos atores que interpretam os alunos na sala de aula. Já Bruno Munhoz tinha 12 anos durante as filmagens. Apesar disso, os personagens de ambos os atores tinham 14 anos.

É, não está fácil para ninguém

Daniel Pimentel e Bruno Munhoz já foram reprovados na vida real e tiveram que repetir de ano.

O terror do colégio

Depois de tantas advertências no colégio, Bruno Munhoz acabou se mudando para a mesma escola do seu colega de filme, Daniel Pimentel.

Não, não é Fábio Porchart

Daniel Pimentel e Bruno Munhoz contracenaram com Danilo Gentili na cena do pedófilo.

Espontâneo

A cena do garoto urinando na cara de Pedro não estava no roteiro. Ela foi super espontânea, tendo sido feita de última hora.

Um detalhe que faz toda a diferença

O nome do personagem Pedro faz referência ao apóstolo Pedro, da bíblia (No filme, Pedro é apostólo do pior aluno do seu colégio). Outro nome com significado parecido é o de Bernado, que foi inspirado no ajudante do Zorro. Já o nome Ademar foi inspirado em um diretor de uma antiga escola em Santo André. Além disso, o sobrenome do diretor é "F. Melquior”, uma referência ao personagem Kiko, da série Chaves.

Uma pausa para falar do Kiko

Carlos Villagrán, nosso eterno Kiko <3,interpreta o diretor do colégio, que tem como sobrenome F. Melquior. O "F" é de Frederico e o "Melquior" é uma alusão ao malfeitor que o personagem Kiko, do Chaves, interpreta no episódio da festa da Boa Vizinhança.

Presente!

Os sobrenomes dos roteiristas do filme são mencionados durante a chamada feita pelo professor na sala de aula.

Espertinho

Bruno Munhoz não era ator, mas isso não impediu que o garoto fosse escalado para o elenco do filme. Tudo começou quando o ator mirim mandou uma foto e teste para o Instagram de Danilo Gentili.

Procura-se emprego

Joana Fomm publicou na internet que estava à procura de emprego. Foi aí que ela foi chamada para integrar o elenco.

Inspirado em eventos reais?

Danilo Gentili foi o pior aluno em sua época de colégio, e ele tem como provar isso! Ele realmente tem uma caixa com lembranças dessa sua época obscura, e alguns dos objetos contidos nela aparecem no filme. É o caso das revistas Mad e da bola de elástico. Além disso, assim como no filme, Gentili roubou a chave da diretoria - e guardou em sua preciosa caixa.

Inspiração

Baseado no livro Como Se Tornar o Pior Aluno da Escola, lançado em 2009, que foi relançado em 2017, com páginas extras e, claro, com a aparência que ele tem no filme.

Para tudo tem uma primeira vez

Primeiro filme que conta com a parceira Paris Filmes e Warner Bros.

Preparação

Foram criadas cinco histórias ao longo de quatro anos antes do roteiro ser escrito. Somente depois de decidirem qual delas seria a escolhida que o roteiro foi iniciado.

Polêmica

A princípio, o papel de Pedro ficaria com João, filho de Fábio Assunção. O ator e sua mãe leram o roteiro e concordaram com a empreitada, mas, no final, Fábio Assunção proibiu o filho de participar da produção, alegando que o filme e seus autores eram maus exemplos.

Ops!

É o próprio Danilo Gentili que joga sacos lixo na cara de Daniel Pimentel quando seu personagem começa a se imaginar como lixeiro.

Alô, Fábio Assunção!

O telefone do Fábio Assunção foi escrito na parede do banheiro e aparece na cena pós crédito.

Colaborando com o cenário

As máquinas de Pinball e JukeBox pertencem a Danilo Gentili.

Danilo Gentili deu o sangue pelo filme, literalmente

Na cena em que Pedro e o Pior Aluno brigam, o sangue que respinga no roupão do Pior Aluno é de Danilo Gentili. Durante a cena, ele cortou o dedo profundamente e ainda tomou um soco na cara de Daniel Pimentel.

Uns têm mudo de altura, outros, de barata

Uma das travessuras de Pedro e Bernardo é colocar baratas na caixa de giz da professora. Mas, para isso, o ator Daniel Pimentel precisou de dublê.

Vem mais por aí!

Na cena em que Pedro e Bernardo descem no ponto de ônibus, aparece um busdoor escrito "Exterminadores de Além”, que é o nome do próximo filme que contam com Danilo Gentili e Fabrício Bittar.
Curiosidades de filmes mais lidas dos últimos 30 dias
  • A Freira (2018)
  • Buscando... (2018)
  • O Mistério do Relógio na Parede (2018)
  • O Predador (2018)
  • A Primeira Noite de Crime (2018)
  • O Que de Verdade Importa (2015)
  • Um Pequeno Favor (2018)
  • Venom (2018)
  • Megatubarão (2018)
  • 22 Milhas (2018)
  • Vingadores: Guerra Infinita (2018)
  • Alfa (2018)
  • Sansão (2018)
  • Assassinato no Expresso do Oriente (2017)
  • Deus Não Está Morto - Uma Luz na Escuridão (2018)
  • Como Eu Era Antes de Você (2016)
  • Extraordinário (2017)
  • PéPequeno (2018)
  • Missão Impossível - Efeito Fallout (2018)
  • Hereditário (2018)
Back to Top