Notas dos Filmes
Meu AdoroCinema
    Ted 2
    Média
    4,0
    750 notas e 53 críticas
    distribuição de 53 críticas por nota
    14 críticas
    11 críticas
    14 críticas
    6 críticas
    4 críticas
    4 críticas
    Você assistiu Ted 2 ?

    53 críticas do leitor

    Jeferson Q.
    Jeferson Q.

    Segui-los Ler a crítica deles

    3,0
    Enviada em 5 de setembro de 2015
    Gostei desse filme mas, não sente a mesma pegada do primeiro. Nesse existe muitas falas e até é bom até quando você percebe, e se pergunta, Ted, você ta ficando sério? É claro ele não fica sério realmente mas a zoeira" que ele fazia ficou mas restrita, pois agora está casado, com uma louca. Sim! mas digamos, uma louca normal comparada ao Ted. Chegando na metade do filme você percebe que aquelas horas em que mostra Ted sendo pegador realmente não mais vai ter e será substituído pelas piadas sujas e maconha. (Não que eu não goste) Por fim, eles souberam bem criar essa sequência, apenas não colocaram um fator presente no primeiro, a surpresa o (what) que no primeiro filme existe, faltou aquela zoeira que daria um toque de mestre que faria relembram o primeiro apenas como uma sombra do segundo, pelo contrário deixou a lembrança de que isso foi a penas um remake.
    Daniel N.
    Daniel N.

    Segui-los 1219 seguidores Ler as 531 críticas deles

    4,0
    Enviada em 27 de setembro de 2015
    Bizarro mas engraçado. Quem se propõe a assistir sabe que é um filme com humor bem característico. Eu gostei.
    anônimo
    Um visitante
    1,0
    Enviada em 20 de agosto de 2016
    Filme 6 - Nota 2/10 Esse é um dos casos em que um só filme já bastaria. Esse segundo episódio,é de péssimo gosto.É cheio de piadas,é verdade,mas nada que assegure uma boa dose de risos. Na maioria das vezes,apelativo e o velho humor negro. Só que esse segundo filme erra em tentar unir assunto sério,em meio a tanto humor.Aqui temos a luta do pequeno Ted tentando formar sua família com sua recém-esposa.Não há como levar essa parte a sério. No mais,temos a adição de Amanda Seyfried e Morgan Freeman.Amanda bem abobalhada.Freeman o paizão de sempre,cheio de conselhos para dar,assim como muitos de seus personagens em outros filmes. 20/08/2016
    Neto S.
    Neto S.

    Segui-los 4367 seguidores Ler as 773 críticas deles

    3,0
    Enviada em 22 de dezembro de 2015
    Completamente apaixonado, Ted (voz de Seth MacFarlane) decide se casar com Tami-Lynn (Jessica Barth). Entretanto, não demora muito para que o casal entre em crise. Querendo evitar um possível divórcio, Ted resolve ter um filho. Tami-Lynn logo fica empolgada com a ideia, o que faz com que o casal inicie uma busca sobre quem poderia ser o doador de esperma ideal para o bebê. Seu grande amigo John (Mark Wahlberg) o ajuda na tarefa, mas logo Ted descobre que não pode ter um filho porque, legalmente, ele não é uma pessoa, e sim uma propriedade. Começa então uma batalha judicial em que o urso de pelúcia tenta provar que merece ser considerado um cidadão como qualquer outro ser humano.Legal, Foi Melhor que eu Imaginava, Mark Wahlberg e Amanda Seyfried Estao Otimos, Recomendo da Pra dar Boas Risadas. Nota 7.0
    Hugo D.
    Hugo D.

    Segui-los 321 seguidores Ler as 318 críticas deles

    2,0
    Enviada em 16 de dezembro de 2015
    Melhor que o primeiro, mas isso não quer dizer muita coisa. Alguns momentos de boas risadas e umas referências ao mundo geek, que salva boa parte do filme. No mais é totalmente dispensável e pouco inteligente e em alguns momentos apelativo para piadas sexuais.
    Sidney  M.
    Sidney M.

    Segui-los 4360 seguidores Ler as 1 067 críticas deles

    3,5
    Enviada em 11 de fevereiro de 2016
    Ted 2 continua zoado, e cheio daquele humor negro, mais achei essa continuação mais interessante e divertida.
    Melissa V
    Melissa V

    Segui-los 40 seguidores Ler as 12 críticas deles

    3,0
    Enviada em 12 de outubro de 2015
    Não sou fã de comédia, mas ri bastante. Legalzinho.
    Alan David
    Alan David

    Segui-los 2700 seguidores Ler as 685 críticas deles

    4,0
    Enviada em 5 de setembro de 2015
    Não me incomodo com as piadas politicamente incorretas e as zoeiras, o filme esta mais divertido que o primeiro, mesclou mais zoeira com história e diminuíram as piadas internas que só os americanos entendem, me divertido muito com o filme.
    cinetenisverde
    cinetenisverde

    Segui-los 5099 seguidores Ler as 1 122 críticas deles

    2,0
    Enviada em 17 de janeiro de 2017
    Personagens tão carismáticos em um filme tão disposto a comprar a ideia de um urso de pelúcia com vida adulta não poderia gerar uma continuação mais chata, mecânica e automática das comédias pastelonas.
    Ricardo M.
    Ricardo M.

    Segui-los 2194 seguidores Ler as 692 críticas deles

    4,0
    Enviada em 7 de março de 2016
    Fofinho é ca***** Surgido como algo inesperado no cinema, o longa Ted, escrito, produzido e dirigido por Seth MacFarlane tinha um protagonista que de simpatia tinha só a aparência, pois a conduta do bicho de pelúcia e seu dono são politicamente incorretos ao extremo, algo que se manteve em sua continuação. Ted é um bicho que ganhou vida de forma insossa, pois foi fruto de um desejo de seu dono. O que ninguém esperava era o comportamento que ele teria em sua fase, supostamente, adulta. Assim como no primeiro filme, ele fala palavrões, fuma maconha, fala abertamente de sexo e pornografia, além de uma série de condutas nada convencionais. Por falar em pouco convencional, o filme já tem início com o casamento de Ted com sua namorada (humana) Tami-Lynn (Jessica Barth), e isso com todos os arranjos tradicionais como vestido de noiva, e afins. Pois bem, após casados é que começam os problemas, não os tradicionais, pois o urso de pelúcia começa a ter seus benefícios e direitos legais caçados, pois ele passa a ser considerado uma propriedade, não um cidadão comum. Pensando nisso, ele o seu dono John (Mark Wahlberg) começam uma saga em busca de um advogado que possa reverter a situação, o que os leva a encontrar a também amalucada Samantha Jackson (Amanda Seyfried); esta última a que guia a dupla de desesperados em busca do defensor perfeito para a "humanização" de Ted. Como é de se imaginar, há uma festival de piadas envolvendo de tudo um pouco: sexo, drogas, cultura nerd, cinema, pessoas famosas e por aí vai, sempre tentando buscar uma boa risada em situações que não dependem propriamente ter sentido. Certamente é algo que Deadpool elevou exponencialmente, embora neste Ted 2 há um propósito maior do que vingança, que soa até mais humano e sentimental do que esperado. O elenco encabeçado por Wahlberg ainda tem a ajuda de grandes personalidades do cinema e TV, tais como Giovanni Ribisi que retorna como o vilão Donny; Morgan Freeman como o respeitável advogado Patrick Meighan; John Carroll Lynch como empresário da Hasbro; Lian Neeson como um cliente paranoico mas que aparece para dosar um pouco mais o humor ácido e sem noção de MacFarlane. A presença do ursinho em cena não tem nada de meigo, embora a aparência ainda conquiste a atenção do público feminino, pois é um macho alfa que faz questão de provar isso, e os efeitos visuais caprichados dão um tom ainda mais impressionante ao personagem, o que deixa as interações fantásticas. Usando a feira Comic Con como palco do terceiro ato, sem dúvidas uma jogada genial (e nerd) do diretor e roteirista, TED 2 aposta na fórmula que consagrou o original nas bilheterias e ainda serve de vitrine para os fãs identificarem a todo instante personagens (cosplayers) na feira em questão, certamente um fato que amplia ainda mais o resultado da diversão ser incontestável nesta ótima comédia.
    Quer ver mais críticas?
    • As últimas críticas do AdoroCinema
    Back to Top