Meu AdoroCinema
Alien: Covenant
Média
3,3
619 notas e 83 críticas
6% (5 críticas)
19% (16 críticas)
27% (22 críticas)
23% (19 críticas)
11% (9 críticas)
14% (12 críticas)
Você assistiu Alien: Covenant ?

83 críticas do leitor

Paulo Renato R.
Paulo Renato R.

Segui-los 22 seguidores Ler as 53 críticas deles

4,5
Enviada em 11/05/17
Servindo de prólogo de "Alien - O Oitavo Passageiro" e uma continuação de "Prometheus","Alien - Covenant" traz nesse novo capítulo da franquia uma nova tripulação,que após inconveniências durante sua missão de colonização,precisam investigar uma misteriosa transmissão. O clima aqui soa bem familiar para fãs da franquia,que recheado de referências e fan-services,consegue servir bem aos adoradores do xenomorfo idealizado por H. R. Giger,fazendo um bom uso da mitologia construída ao redor do personagem,assim como serve de uma ótima apresentação aos novatos no universo de "Alien". Acompanhado de uma fotografia maravilhosa e uma trilha sonora empolgante que seguem o ritmo misterioso da trama,Ridley Scott apresenta um filme bem nostálgico e cativante,com uma tripulação racional,que foge de ações ilógicas como já havia ocorrido anteriormente na franquia,além das belas atuações por parte do elenco que trabalha da forma que pode com o material que tem,valendo um destaque para Michael Fassbender,que entrega aqui uma atuação convincente e emocionante,que ajuda a carregar o filme em certos momentos. Enfim,"Alien - Covenant" surpreende como um bom filme de suspense que remete às origens da franquia,assim como é uma boa continuação de "Prometheus" e se posiciona bem no universo em que se encontra,respondendo questões deixadas em aberto por seu antecessor,agradando aos fãs e entregando com sucesso o prólogo que esperávamos receber cinco anos atrás,ainda que não seja extremamente recomendado para aqueles que não gostaram dos conceitos apresentados por Ridley Scott em "Prometheus".
Wellington H.
Wellington H.

Segui-los Ler a crítica deles

0,5
Enviada em 14/05/17
zero,decepção total ,como os caras conseguem destruir uma continuação de um ,filme ,, pensei ,esperava mas ,,pra um boa continuação de PROMETEUS .. SO ficou a decepção de pagar caro no cinema para assist um filme ruim ..
Sidney  M.
Sidney M.

Segui-los 47 seguidores Ler as 956 críticas deles

4,0
Enviada em 11/05/17
Como um filme de horror é muito bom, sangrento, com bom ritmo na ação. Poderiam ter investido mais na tensão, mas no geral gostei pra caramba. A minha nota seria quase máxima, se o final não fosse tão previsível, mas curti muito. Nota 8
matarindo
matarindo

Segui-los Ler as 2 críticas deles

3,0
Enviada em 12/05/17
Filme muito ruim, com os astronautas mais burros de toda a história da ficção científica. A história é muito fraca e não é aprofundada pelo diretor em momento algum: nos trailers do filme, por exemplo, os Engenheiros aparecem muito mais e fica mais interessante a conexão com Prometheus onde, a meu ver , o filme poderia ter se desenvolvido. Ele tenta flertar com Ex-machina no início do filme sobre a construção do David, mas vai do nada à lugar nenhum, desperdiçando película que poderia ser melhor aproveitada na conexão da chegada de E. Shaw e David ao planeta, por exemplo. Quem adorou Prometheus (como eu) vai se decepcionar amargamente.
Anderson  G.
Anderson G.

Segui-los 46 seguidores Ler as 217 críticas deles

3,5
Enviada em 17/05/17
Tentando se desculpar por Prometheus -Que eu não acho de todo ruim- Ridley Scott volta ao comando de Alien para consolidar a mudança de foco da película novamente, Já foi terror, depois virou ação, hoje é puramente ficção cientifica, "Alien: Covenant" é um filme sobre uma inteligencia artificial orgânica com resquícios de megalomania, endeusamento e superioridade, eu entendo a mudança de foco, até gosto dela , mas a essência se perde completamente e é compreensível o desagrado dos fãs. Se passando 10 anos apos os acontecimentos de Prometheus, uma nave colonizadora é atraída para o planeta LV-223 apos receber um chamado, ao chegar no planeta, descobrem que o enviador do chamado não é quem diz ser. O roteiro é menos criativo que prometheus, ele segue uma estrutura comum de toda a franquia, e até toca em pontos legais, como a colonização de planetas, ou o conceito de amor das maquinas, senso de dever, uma analogia a criação nem sempre ser algo divino, e por isso a criação ser corrompida, e até uma busca de indenidade e conceitos de amor relativos ao nascimento e criação, mas todos esses pontos são tocados de uma maneira extremamente vaga, são apenas pinceladas que rapidamente são trocadas por cenas de ação. Tecnicamente, o filme agrada, apesar de ter sido prometido ser bem mais "8 passageiro" que "Prometheus", ficou na promessa, o designer de produção é muito clean, e até em cenas noturnas, é tudo muito bonito, apesar de não ser extremamente detalhista e perfeita, a direção de arte é competente, se utilizando de uma fotografia com tons claros, poucos angulos abertos, bons efeitos visuais, uma ótima mixagem e edição de som, e um ritmo bem pautado, algo que chama muita atenção no filme é sua trilha sonora, lotada de sonoplastia, a mesma não chega a conter musicas de suspense, mas contem muito musica erudita, e quando toca Wagner é arrepiante, não apenas pela musica, mas por todo o contexto. Em termos de atuação o grande primor fica por conta de Michael Fassbender, que faz dois papeis, que por incrível que pareça, mesmo sendo dois androids, são bem diferentes entre si, Interpretando Walter, um android com um grande senso de dever e sem maldade que começa a questionar o conceito de amor, e David, um android já com traços mais humanos, e portador de uma malicia, sentimentos confusos e megalomania, David tenta criar uma especie para tentar sentir o amor de sua criação, Fassbender está muito bem interpretando os dois papeis, o mesmo consegue fazer um estrilo de atuação robótica num e mais humana no outro, ele pega as miúças de seu personagem, e impressiona, mas infelizmente Fassbender é o único destaque em termos de atuação aqui,Carmen Ejogo até tem uma carga dramática bem legal, mas não consegue ter imponência nas cenas de ação. Por fim "Alien: Covenant", é "8 passageiro" apenas no argumento, pois o resto é "Prometheus", o Alien em si pouco aparecer é um problema aqui, pois mesmo tendo aparecido ainda menos no "8 passageiro", ao menos lá, ele era o foco do filme, aqui não, temos alins carniceiros que pouco dão medo e que são completamente plano de fundo para a historia, alem de alguns furos de roteiros, e algumas coisas que me incomodaram, como por exemplo o encerramento do filme, a onde no final é passado um relatório explicando o que acabamos de ver e deixando um gancho que todo mundo já percebeu, se o filme tivesse acabado um minuto antes seria o melhor encerramente da franquia "Alien", mas ainda sim é um filme legal,e é uma complementação sagaz para essa franquia que é tão amada e importante da cultura pop.
Rodrigo G.
Rodrigo G.

Segui-los Ler a crítica deles

5,0
Enviada em 12/05/17
Gostei muito. Ridley teve coragem de inovar, soltar a agressividade da criatura e terminar diferente do gosto popular. São 3 filmes então paciência pessoal a Juguernalt chegará no lugar certo.
Andre D.
Andre D.

Segui-los Ler a crítica deles

0,5
Enviada em 05/07/17
O pior de todos... Simples assim... Sem graça, fraco, chato, parece filme de drama... Na boa, com predador na achei a mistura ruim, assistivel, agora esse... Credo...
maria madelon g.
maria madelon g.

Segui-los Ler a crítica deles

1,0
Enviada em 25/05/17
QUE FILMINHO RUIM MEU DEUS, NÃO SEI SE NÃO E O PIOR FILME DA SAGA. DEMORA HORA S PARA ACONTECER ALGUMA COISA BOA, DEPOIS APARECE NOSSO AMIGO UMAS VEZES Y PRONTO MORRE DA MANERA MAIS IDIOTA,UMA VERGONHA
Caique B.
Caique B.

Segui-los 7 seguidores Ler as 8 críticas deles

3,5
Enviada em 24/05/17
Faltou o filme ser sobre alien hahaha , atriz sem nenhum medo na presença de um alien , aí não né ...
Rodrigo Gomes
Rodrigo Gomes

Segui-los 24 seguidores Ler as 356 críticas deles

0,5
Enviada em 16/05/17
Lixo. Por favor....cadê Sigourney Weaver? Precisamos dela aqui pra fazer isso dar certo. Um roteiro chato e cansativo, com final péssimo. Deixou muito a desejar.
Quer ver mais críticas?
  • As últimas críticas do AdoroCinema
Back to Top